SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS DE JAGUARARI SE MANIFESTA APÓS REUNIÃO SOBRE REAJUSTE SALARIAL

Informe!

Informamos a todos os servidores públicos com matrícula na Prefeitura Municipal de Jaguarari, que apresentamos a 1ª Pauta de Reivindicação do SINDSPUJ e fizemos a defesa de todos os seus pontos, na reunião deste sindicato com representantes do governo na última quinta-feira (24/02/2022). 
   
No tocante a revisão salarial conforme data base, o governo fez uma proposta para todos as categorias de servidores com exceção do professor. Tal proposta a ser concedida com o retroativo de direito, haja vista que fevereiro se aproxima do fim. Diante da argumentação do SINDSPUJ e da lógica dos 25% reivindicado, os representantes do governo ficaram de repensar e de propor formalmente uma nova proposta, mediante consulta ao Prefeito e demais pastas relacionadas. 
   
Em relação ao Piso do Magistério, a informação foi de que a SEMEC está calculando o impacto de 33,24% na Folha da Educação. De imediato a Diretoria do SINDSPUJ enfatizou mais uma vez o volume de recurso que há para o cumprimento urgente deste piso, e fez alerta ao governo de que a categoria não aceita valor a menos do que lhe é de direito. 
   
Referente ao piso dos ACE e dos ACS, o chefe de gabinete (representando o prefeito na reunião em foco), disse que há piso federal no valor de R$ 1.750,00) e este será cumprido assim que o recurso for compatível. Todavia, nenhum representante do governo na reunião em relato, contestou o argumento do sindicato de que em lei municipal a reposição da inflação é garantida aos agentes supracitados, a partir de janeiro de cada ano, caso não haja legislação obrigando cumprimento do piso. Quanto ao recurso para se cumprir este piso, o SINDSPUJ fará pesquisa minuciosa com a melhor das intenções para com o direito da categoria.
   
Sobre quase todos os pontos da pauta de reivindicação, houve argumentação do governo na reunião em foco. Portanto, tudo será avaliado pelos servidores na próxima convocação do SINDSPUJ. 
   
E ainda sobre o Piso do Magistério, deixamos claro que nenhuma proposta abaixo de 33,24% (com o retroativo de direito) será aceita. Se o governo não cumprir a lei respectiva, será acionado com urgência o que foi deliberado na última assembleia geral do SINDSPUJ, sem dúvida. Estamos acreditando que a SEMEC vai cumprir com o dever, pois recurso há de sobra!
 
Quanto a proposta do governo para as demais categorias, todos os detalhes serão dados no plenário da próxima assembleia, e mediante ao que for decidido, o primeiro passo será informar ao governo e a toda a população. 
 
O SINDSPUJ está lutando de forma incansável e garante que tudo o que for legítimo será feito para que todos os servidores tenham os direitos efetivados, urgentemente! Chega de salário defasado! 
 
Fiquemos atentos! Uma convocação será anunciada em breve!
 
Firme na luta,
       

Diretoria Executiva do SINDSPUJ