COM DIVERSAS INCONFORMIDADES COM A LEGISLAÇÃO, MOTOS SÃO APREENDIDAS PELA PM DE JAGUARARI

Dando continuidade a operação "Cidade Silenciosa", a 3ª Companhia de Polícia Militar em Jaguarari, sob o comando do Capitão PM Crishwelber, policiais militares fizeram a apreensão de várias motocicletas com descargas modificadas, tipo kadron, visando manter a ordem pública, o cumprimento da legislação de trânsito e, coibir a perturbação do sossego, principalmente de pessoas idosas e com comorbidades. Desde a chegada do novo Comandante, a cidade tem sentido a ampliação da atuação da PM, melhorando a sensação de segurança e maior confiança no trabalho da PM.

Com a atuação da PM na sexta-feira (25), na sede, onde foi dada a devida orientação a proprietários de sons na praça dos quiosques, o resultado foi imediato: o excesso sonoro que outrora espantava o público, agora está controlado.

O Capitão PM Crishwelber, enfatiza que a "Operação Cidade Silenciosa" visa reprimir abusos praticados, em número crescente, na cidade de Jaguarari, Distrito de Pilar e toda Zona rural pertencente ao município, no tocante à perturbação do sossego alheio. O enfrentamento aos infratores da legislação ambiental está sendo desenvolvido por meio de operações integradas, envolvendo as Guarnições de serviços ordinário e extraordinário, com apoio da Companhia Especial Tático Operacional do Sexto Batalhão. A fiscalização está sendo feita em bares, restaurantes, residências, som automotivos e motocicletas com descarga alteradas, objetivando alcançar os praticantes da desordem e encaminhá-los à Justiça.


Ainda serão realizadas palestras sobre as legislações que tratam da perturbação do sossego alheio. Paralelo às operações, comissões envolvendo Gestor Público, Câmara de vereadores Ministério Público, Judiciário, Polícia Civil, Conselho Comunitário de Segurança Pública, imprensa e  Sociedade em geral estarão reunidas para avaliações dos resultados e para, se for o caso, mudar ou ampliar as estratégias.

Com informações da ASCOM da 3ª CIA