Bonfim chega a 80 mortes por Covid-19 e filhos, nora e equipe da saúde de Jaguarari participam de aglomeração

O "fique em casa" não vale para "filhinhos de papai", tampouco para secretários e funcionários da saúde.  O que vimos nas redes sociais de familiares do prefeito de Jaguarari, Antônio Nascimento - PT, é a encarnação da hipocrisia e o desprezo pela vida dos que perderam suas vidas para o Covid-19. Na noite em que Senhor do Bonfim registrou o alarmante 80° caso de morte pelo vírus pandêmico, estavam na inauguração do um ambiente aglomerável o filho do prefeito de Jaguarari, André Nascimento, sua esposa, sua irmã, a secretária de saúde Raquel Bonfim, o diretor da vigilância Sanitária, Vinícius Guirra e vários outros servidores da saúde. Todos expostos ao risco de contaminação por variantes do vírus, sem máscaras. E na segunda-feira todos estarão atendendo os moradores de Jaguarari, pondo em risco vidas que deveriam ser protegidas por estes que ganham salários que beiram 6 mil reais.

Até quando a justiça e o legislativo local assistirão todas aberrações que acontecem aqui sem nenhuma atitude?

Será se não temos mais ninguém neste município que tenha um pingo de moral para chamar o chefe do executivo para por limites aos seus "bebês" que insistem em expor nosso município ao ridículo?

E a população, continuará calada, omissa, engolindo tudo isso na maior naturalidade?

A pandemia acabou?

O uso da máscara deixou de ser obrigatório?

O distanciamento e as aglomerações deixaram de ser necessárias?

Postar que o Governo federal é genocida pode ser feita também com estes irresponsáveis?