COMUNICADO


O SINDSPUJ – Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Jaguarari, comunica aos seus associados que o Dr. Elói Correia Júnior, assessor jurídico deste sindicato, está dando plantão, nesta quinta (29/07/2021), das 8h30 às 15h30. Os servidores interessados deverão ficar atentos a esta data e a este horário, para se dirigir à nossa sede, localizada na Travessa José Amaro, nº 02, nas proximidades da Agência do INSS, no centro de nossa cidade.

Lembramos que o atendimento presencial deste sindicato, segue as normas oficiais de segurança para o combate ao COVID-19.

Portanto, se você é servidor público, se proteja e compareça! O seu direito é a nossa causa.
      
Atenciosamente, 



DIRETORIA EXECUTIVA DO SINDSPUJ

O Sindicato dos Servidores Público Municipais de Jaguarari realizou Assembleia Geral Extraordinária em 22/07/2021, com participação expressiva de seus associados. Na oportunidade, se discutiu a respeito do descaso do governo municipal para com as reivindicações deste sindicato que desde fevereiro vem solicitando reunião para tratar do cumprimento da lei de data base de reajuste salarial, mas o referido governo, nem ofício responde. São mais de 40 categorias com o salário defasado.  O desrespeito contra servidor é total! 

A assembleia também discutiu sobre as perseguições que servidores vêm sofrendo por conta de remoções arbitrárias e a retirada de direitos. Diante da plenária, foi oportuno lembrar, que no início da gestão do governo “Cuidando da Nossa Gente”, os motoristas que atuam na Saúde do município, foram retirados do setor de trabalho de forma arrogante e sem nenhuma explicação (na ocasião foram removidos como se tivessem cometido algum crime). Também foi oportuno lembrar, de que somando a esse ato retaliatório, o governo anulou progressão, enquadramento de professores e estabilidade econômica de profissional da Educação e de outro setor. A prepotência do governo, cada vez mais deixa os servidores estarrecidos.  

No decorrer da assembleia, os servidores expressaram indignação e revolta por conta da perseguição do governo, da retirada de direitos e dos direitos negados. Além disso, professores relataram a falta de assistência do governo no apoio às aulas virtuais que estão sendo transmitidas para os estudantes da rede municipal. Os professores estão com seus equipamentos sucateados, computadores queimando, celulares pifando, internet a custo alto e o governo não toma nenhuma medida para socorrê-los.  

Diante do exposto, a assembleia deliberou pela realização de paralisação de 24, 48 e/ou 72 horas para fazer com que o governo atenda as reivindicações do SINDSPUJ. De urgência: a revisão salarial (cumprimento da lei de data base) para as categorias que estão sem reajuste salarial em 2021, reajuste do quinquênio e o fim da perseguição a servidores. Também deliberou denúncia no Ministério Público, em favor do pagamento urgente do PMAQ/2020.

Assim, pedimos aos servidores que permaneçam atentos, pois se o governo não mudar de postura, em breve estaremos convocando uma paralisação pra fazer cumprir os direitos negados.

Firme na defesa dos direitos,

DIRETORIA EXECUTIVA DO SINDSPUJ

Uma carreta carregada com óleo, derramou parte do produto em uma das pistas da BR 407, altura do Km 112, próximo ao povoado de Catuni da Estrada, zona rural de Jaguarari e ocasionou um acidente de pequena proporção com uma picape. O fato aconteceu na noite desta terça-feira (20/07), por volta das 19h.

De acordo com informações, a carreta Volvo FH, placas de Candeias (BA), seguia sentido Senhor do Bonfim - Jaguarari, quando ocorreu um problema no tanque, ocasionando o derramamento do óleo sobre a pista, em seguida trafegava uma picape Fiat Strada, licença de Juazeiro (BA), que o motorista perdeu o controle ao passar sobre o produto e acabou saindo da pista e parando no meio do mato. Não há informações de feridos.

O 2º Subgrupamento de Bombeiros Militar foi acionado para realizar a limpeza da pista. Os bombeiros juntamente com uma equipe da prefeitura espalhou areia, onde a carreta derramou o óleo, sendo que parte do produto chegou a invadir uma propriedade rural, diante da situação uma equipe de limpeza da empresa responsável foi ao local na manhã desta quarta-feira (21), onde tomou as providências para deixar o local mais seguro para os condutores, e removeu o óleo da propriedade rural. 

Portal Jaguarari

Um caminhão que transportava aproximadamente 700 caixas com galinhas vivas tombou no Km 77, da BR 407, próximo ao povoado de Flamengo, zona rural de Jaguarari. O acidente aconteceu na madrugada desta quarta-feira (21/07), por volta das 03h.

De acordo com o motorista do caminhão Mercedes Benz Atego, placa de Minas Gerais, informou a reportagem do Portal Jaguarari, ele saiu do estado de Goiás com destino a cidade de Pesqueira, em Pernambuco, quando trafegava em baixa velocidade após passar pelas lombadas no perímetro urbano do povoado de Flamengo, ele conseguiu desviar de um cavalo solto na pista, momento em que um dos pneus traseiros estourou e o caminhão tombou fora da rodovia.

O motorista lamentou o acidente, mais agradeceu a Deus por estar vivo. Ele sofreu apenas escoriações leves pelo corpo. Ainda não se sabe quantos animais morreram no acidente.



Portal Jaguarari

CONVOCAÇÃO

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Jaguarari, no uso de suas atribuições, vem convocar todas as categorias de servidores deste município que ainda estão sem o reajuste salarial 2021, a participar de uma Assembleia Geral Extraordinária Virtual nesta quinta (22/07/2021), às 09:00hs em primeira chamada e às 09:30hs em segunda e terceira chamada. Esta assembleia será transmitida pelo Google Meet e o link será disponibilizado no Facebook deste sindicato.

Pauta Principal:

1. Reajuste salarial 2021 e retroativo devido;

2. Descumprimento da lei de data base e não concessão do reajuste do quinquênio;

3. Perseguição sofrida por servidores;

4. Pagamento do PMAQ – 2020;

5. Precatório do FUNDEF e possível volta das aulas presenciais;

6. Decisões, medidas e encaminhamentos urgentes.

Portanto, você servidor público envolvido na problemática enumerada acima, participe, delibere e exerça seu direito!

Contamos com a participação em massa! Não perca!

Atenciosamente!

DIRETORIA EXECUTIVA DO SINDSPUJ


Jaguarari, 20 de julho de 2021

Um homem morreu, após o veiculo que conduzia sair da pista e capotar na BR 407, nesta sexta-feira (16/06), no município de Jaguarari. 

De acordo com informações da PRF, o acidente aconteceu no Km 82, próximo ao povoado de Lajedo do Flamengo. Acredita-se que o fato se deu na madrugada, por volta das 4h, mas os policiais só foram acionados por usuários da via, às 10h. 

Ainda segundo informações a vítima identificada como Daniel Gama da Silva, 29 anos, conduzia um veículo VW Gol, de cor preta, que por motivos desconhecidos teria perdido o controle da direção, saiu da rodovia e capotou, parando no meio da caatinga. 

A Polícia Rodoviária Federal registrou a ocorrência e comunicou o Departamento de Polícia Técnica, que removeu o corpo para o IML de Senhor do Bonfim.

Portal Jaguarari

Foram registrados três novos casos de Covid-19 ontem (sábado, 17/7) em Jaguarari. A  Secretaria Municipal de Saúde calcula 2.186 casos confirmados de coronavírus. O número de casos ativos aumentou para 16. Vinte e oito pessoas  estão em monitoramento domiciliar e oito estão internadas. Duas pessoas aguardam os  resultados dos exames pelo Lacen. Casos curados somam 2.122. O número de óbitos se mantém em 48.

Ascom Jaguarari


Convite ao Novenário de São Cristóvão

Convidamos a toda comunidade Cristã para rezarmos mais um Novenário em louvor a São Cristóvão, na Comunidade Odilon Gonçalves, em Jaguarari-Ba.

Esse ano, o nosso lema é: São Cristóvão e São José , ensina-nos a caminhar com Cristo e acolher o Espírito Santo

Por isso, seguindo os protocolos de saúde, nos reuniremos em oração, homenageando o pai adotivo de Cristo e aquele que nos guia para a redenção, nosso padroeiro do Motorista, que tanto nos mostra os caminhos certos aos Senhor.

Missa de Abertura aconteceu ontem às 18h na Capela de São Cristóvão

Uso de máscara e Álcool em Gel foi seguido pelos fiéis.

O fornecimento de água nos municípios de Senhor do Bonfim, Andorinha e Jaguarari foi afetado hoje (13) após o rompimento de trecho da adutora de água tratada do Sistema Integrado Ponto Novo - Senhor do Bonfim.

Técnicos estão realizando serviços de manutenção na adutora e devem concluir os trabalhos até as 22h de hoje (13). Após a conclusão, o abastecimento de água será reiniciado com atendimento gradativo. Moradores cujos imóveis possuem reservação adequada e suficiente poderão sentir menores efeitos da interrupção, mas é recomendável que todos economizem água neste período.

Atenciosamente,

Assessoria de Comunicação da Embasa

Um homem morreu após um confronto com policiais militares da 3ª CIA, na tarde desta segunda-feira (12/07), no povoado de Flamengo, zona rural de Jaguarari. Na ação a PM apreendeu drogas e duas armas de fogo.

De acordo com informações, a PM foi informada por volta das 14h15 que havia um grupo de homens armados em frente a uma residência, próxima a praça central, ao chegar no local, um indivíduo em situação suspeita, ao avistar a viatura, tentou fugir e de posse de uma arma de fogo teria disparado tiros contra os policiais, que revidaram. O homem foi atingido e socorrido pelos militares para o Hospital Municipal de Jaguarari, onde não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

O homem foi identificado como Jonathan Alves do Santos, 29 anos, vulgo "Juquinha", com ele os policiais encontraram:

- 01 Revólver, marca Rossi, calibre .38, com 3 munições deflagradas e 2 intactas; 

- Uma arma de fabricação caseira calibre .12;

- 06 pedras aparentemente crack;

- 44 "trouxinhas" análoga a maconha;

- 587 pinos para acondicionamento de cocaína vazios;

- 02 pinos com substância aparentando ser cocaína.

Todo material foi apresentado na Delegacia Territorial de Jaguarari, para as devidas providências. O corpo de Jonathan Alves será encaminhado para o IML de Senhor do Bonfim. 

Portal Jaguarari

Foi registrado mais um caso de Covid-19 nesta segunda-feira (12/7) em Jaguarari. O paciente reside na sede do Município. A Secretaria Municipal de Saúde calcula 2.179 casos confirmados de coronavírus. Permanece em 18 o número de casos ativos. Quarenta pessoas estão em monitoramento domiciliar e sete estão internadas. Nove aguardam os resultados dos exames pelo Lacen. Casos curados somam 2.114. Passa para 47 o número de óbitos.
Ascom Jaguarari 

Por volta das 17h57 de domingo 11, a guarnição da 2ª Cia/Andorinha, foi acionada pelo chefe da GCM de Andorinha, informando que havia recebido uma ligação da vítima, relatando uma possível briga. A guarnição deslocou ao local, onde a vítima relatou que estava em sua casa jogando dominó com amigos e de repente um homem, chegou lhe ameaçando de morte com uma arma na cintura, os dois entraram em luta corporal e a vítima conseguiu tomar a arma do homem, o acusado evadiu-se do local, a Guarnição realizou diligência a fim de localizar o acusado, porém sem êxito, a vítima foi orientada a registrar um BO na Depol. 

A arma apreendida, um revólver, cal. 22, com numeração suprimida, 07 (sete) cartuchos, sendo 05 (cinco) intactos e 02 (dois) deflagrados, serão apresentados na Depol.

PMBA, uma Força a serviço do cidadão!

No município de Jaguarari, dezenas de servidores públicos vêm sofrendo com a perda salarial resultante de Processos Administrativos movidos pelo governo “Cuidando de Nossa Gente”. A cada decisão, direitos são retirados. A opressão não cessa e o descalabro é total.

Por mais estranho que seja, em nenhum processo a defesa dos servidores foi acolhida pelo governo, ficando claro que em processo administrativo, servidor público não tem vez. Que tipo de apuração é essa? Será que só a caneta arrogante do prefeito é o que vale? 

As decisões do referido governo assustam até os servidores que não estão respondendo a processo administrativo. As perdas em relato causam desequilíbrio no salário e nos compromissos salariais dos servidores a todo momento. O SINDSPUJ repudia tanta opressão!

Inclusive, ao tomar suas decisões no âmbito destes processos, o governo desrespeitou leis municipais e tentou se respaldar em lei federal, mesmo não sendo possível. Ignorou a documentação de defesa juntada nos autos por cada servidor e descartou depoimentos de testemunhas das quais foi cabido arrolar nessa defesa. Por que continuar prejudicando servidores desse jeito? Um governo jamais poderia agir de tal maneira! Aonde vai tanta prepotência? 

Sabemos do quanto é difícil para os servidores lidarem com tamanho desmonte salarial, mas é preciso erguer a cabeça, acionar a justiça e reverter a situação. É preciso lutar! Para isso, a nossa assessoria jurídica está aberta para atender a todos. Inclusive, esta assessoria já disparou processos pra resgatar direitos de alguns destes servidores (continuará disparando), pois, de certo, na justiça, nenhuma defesa será tratada com desdém.

E a frente dessa luta, o SINDSPUJ continuará sempre a disposição da categoria, com a referida assessoria jurídica que não medirá esforços na defesa dos direitos em questão. Para recuperá-los através da justiça, quanto mais urgente, melhor. 

Medidas cabíveis estão sendo tomadas por este sindicato, para que os direitos adquiridos sejam restabelecidos. 

Não abriremos mão dos direitos!

Firme na luta,

Diretoria Executiva do SINDSPUJ

Alunos da Faculdade ages de senhor do Bonfim -Ba do 5ª período do curso de direito criam um e-book na área de Direito Digital com o seguinte tema : “ MANUAL PARA CONSUMIDORES E FORNECEDORES ON-LINE .” O objetivo principal do e-book é informar de maneira didática aos consumidores e fornecedores acerca de seus direitos e obrigações.

EQUIPE:Andie Yasmin Moreira Lopes; Anderson José de Souza Lins; Andressa Martins dos Santos; Bianca dos Santos Silva; Bianca Malta de Souza Vieira; Cleidiane Souza de Almeida; Ana Caroline Leite de Castro; Dailma Costa Almeida da Silva; Decite Jhulyana Martins Alves; Deivid José dos Santos Nascimento; Fernanda Raniery Silva dos Santos; Kelven de Sena Moreira Lima

Professores : Joelson Martineli
Roniel Oliveira

 
 
 
 
 
 
 

Faleceu nesta quinta-feira, 1 de julho, em São Paulo, o Padre Vidal Moratelli, vítima de complicações decorrentes da Covid-19. O missionário da Consolata catarinense tinha 60 anos de ordenação e 86 anos de vida

Era um homem muito ativo e prático, defensor das causas sociais. Um grande missionário comprometido com a vida e o meio ambiente. A evangelização, para ele, deveria sempre contribuir para mudar as estruturas sociais e melhorar as condições das comunidades.

Padre Vidal nasceu em Rio do Oeste (SC) no dia 12 de janeiro de 1935. Ingressou com 12 anos no Seminário São Francisco Xavier no dia de São José, 19 de março de 1947. Estudou em Erechim (RS) e São Manuel (SP), onde fez a faculdade de Filosofia. O Noviciado foi feito em Sorocaba (SP) onde emitiu a primeira profissão religiosa no dia 02 de março de 1956. Os estudos de teologia os realizou em Turim na Itália, berço do Instituto Missões Consolata. Foi ordenado padre no dia 18 de março de 1961. Este ano celebrou 60 anos de ordenação sacerdotal.

Trabalhou como assistente e professor no Seminário de São Manuel, como vigário paroquial no Rio de Janeiro, e em Roraima, na Missão Surumu. Em 1965 partiu para Moçambique, com o padre Gelindo Scottini, sendo os dois primeiros missionários da Consolata brasileiros a trabalharem naquele país. Em Moçambique, trabalhou com Padre Adriano Prado, que também faleceu vítima de Covid-19, em 20 de maio passado.

Guardava lembranças muito fortes do país, principalmente durante o tempo da guerra pela independência que aconteceu em 1975. Amante da prática de esportes, quando a revolução socialista restringiu as atividades religiosos, Padre Vidal se tornou um professor e dava aulas também de futebol. Santista de paixão era treinador e disputava campeonatos com seu time jovens moçambicanos.

O “HOMEM DA ÁGUA”

De volta ao Brasil em 1983, foi pároco em Curitiba no Paraná, no início da presença IMC no Seminário e na Paróquia Santa Marida. Trabalhou alguns anos em Zé Doca no Maranhão, diocese onde Dom Walmir Valle, IMC, era bispo. Por mais de 20 anos acompanhou as inúmeras comunidades de Jaguarari e Monte Santo no Sertão da Bahia onde se tornou conhecido como o “homem da água”.

Tinha o dom da radiestesia (técnica que avalia as vibrações energéticas de pessoas, ambientes, animais e objetos) e apontava os veios de água com suas “varinhas” e suas implicações na energia das pessoas e locais. Utilizava esse conhecimento raro que desenvolveu com estudos e na prática, buscando água no subsolo para matar a sede da população no Sertão.

Em abril de 2012, durante a Semana Santa, estive em Monte Santo para ajudar nas celebrações em preparação para a Páscoa. Encontrei o padre Vidal empenhado nos projetos dos poços e cisternas. Vale a pena resgatar a matéria que escrevi na época, sobre a luta pela água.

A LUTA PELA ÁGUA NO SERTÃO

Para conviver com o semiárido, padre Vidal Moratelli, que há 20 anos enfrenta a questão da água nos municípios de Jaguarari e Monte Santo, a 300 km de Salvador, BA, vê a necessidade de ultrapassar a mentalidade da dependência tanto religiosa, quanto política. “O povo da região da seca, de tanto sofrimento e derrota com a plantação e criação de animais, e enganado pelas promessas de políticos, se tornou manso – vive conformado com a situação. Isso tira a capacidade de organização e manifestação pública”. O padre observa que a expressão mais usada é: “se Deus quiser, vai chover”. Para ele, outro provérbio seria mais adequado: “Deus ajuda a quem se ajuda”. Isso para explicar que Deus ajuda com a chuva, “mas se o povo quiser enfrentar a situação, deve usar a inteligência para desenvolver projetos e exigir seus direitos a fim de que o poder público cumpra com os seus deveres”.

Hoje existem muito mais recursos do que em outras épocas, tais como a aposentadoria dos camponeses, as cisternas, o Bolsa Família, Bolsa Escola, Bolsa Safra, a energia elétrica com o Programa Luz Para Todos, entre outros. A situação é grave, mas não é mais uma tragédia como antigamente, quando muitos abandonavam o campo. Por outro lado, esses benefícios podem acomodar o povo que não exige mudanças estruturais para soluções permanentes. Especialistas afirmam que acabar com a seca é quase impossível. Então, a melhor maneira é conviver com o semiárido que tem uma média de chuvas que varia entre 300 e 750 mm ao ano.

A MISSÃO DA IGREJA É DEFENDER A VIDA

A Paróquia São João Batista, em Jaguarari, tem 80 comunidades e desde 1985, conta com a presença dos missionários e das missionárias da Consolata. Naquela região já foram perfurados centenas de poços. São dezenas de quilômetros de tubos condutores. Além disso, o Centro Cultural da paróquia já construiu mais de 800 cisternas para produção e consumo humano. Os projetos iniciados pelo padre Vidal continuam através do Centro Cultural e da prefeitura. Para coordená-los foram criadas 45 associações locais ligadas a uma Central de Associações em Jacobina, que dá assistência técnica.

Com mais de 140 comunidades, a Paróquia Sagrado Coração de Jesus em Monte Santo foi assistida pelos missionários da Consolata entre 1987 e 2018. Depois passou para a Diocese de Bonfim. Especialista em prospecção no subsolo, Moratelli é conhecido como o “padre da água”. O religioso explica que a região se encontra num sistema de semiárido provocado pelo ser humano que desmatou sem controle. O processo de desertificação está num estágio em que a natureza sozinha não pode se recuperar. Mesmo que chova até 700 mm anuais o solo não retém a água. Na opinião do padre é urgente “armazenar a água nos períodos chuvosos e construir barreiros, espécie de pequenos açudes, para os animais”. Sugere ainda que, em todos os povoados “o governo invista em poços artesianos e transforme a água salobra em água potável, através de aparelhos dessalinizadores, com a colaboração da comunidade. Para isso, se poderia adotar um cartão eletrônico onde cada um pagaria pela quantidade de água processada”. Além disso, cada fazenda de gado deveria ter seu poço artesiano para o rebanho. “Esse investimento valorizaria a propriedade e salvaria o gado”, avalia.

TRABALHO EM TODAS AS FRENTES

O Aquífero Tucano, segundo maior do Brasil, está a 100 km de Monte Santo. O apelo das comunidades é que o governo invista num projeto de água potável seguro e permanente como ponto de referência com adutoras para abastecer a cidade e os povoados. “Isso evitaria que a água, que é vida para o ser humano e os animais, se tornasse fonte de doença, como vem ocorrendo no momento. A água que é trazida atualmente é imprópria para o consumo”, alerta padre Vidal. “A notícia sobre o número de municípios em estado de emergência parece um triunfo, ou ocasião para receber verbas milionárias, em vez de ser vista como uma vergonha pela falta de organização e interesse em evitar situações críticas que se repetem ano após ano. Enquanto uns carregam imagens para o altar do sertão, outros cá embaixo no bem público passam a mão”, afirma indignado.

A eletrificação rural foi um grande acerto do governo. A energia beneficiou o campo e aqueceu o comércio. “Por que a questão da água no campo não é tratada com a mesma organização e seriedade?”, questiona padre Vidal e complementa: “acontece que a seca continua sendo um trunfo para a promoção de políticos que administram carros-pipas em troca de poder. O investimento do governo aboliria o carro-pipa, o que para os políticos locais seria um péssimo negócio à indústria da seca”, conclui. A vida está sendo ameaçada pela seca e a Igreja precisa agir. Por isso se envolve na luta pela água.

A vida no sertão gira em torno da água que geralmente é administrada pela mulher. Hoje o povo percebe que é importante ter uma cisterna ao alcance para garantir a boa qualidade da água e consequentemente, da vida. A água ao lado da casa evita longas caminhadas e alivia o trabalho da mulher que dedica mais tempo para os filhos e para a própria casa. Os poços asseguram as famílias na roça e as cisternas produtivas possibilitam uma pequena horta familiar. Com isso verifica-se uma diminuição das doenças nas crianças e idosos.

Esta era a visão de evangelização e promoção humana para a transformação do ambiente e a promoção da vida. Essa forte característica na vida e na missão de Padre Vidal está em plena sintonia com o carisma herdado do Bem-aventurado José Allamano.

Padre Vidal queria muito voltar para as missões da África, tanto é que antes da pandemia ele estava se preparando para passar um tempo com o grupo de missionários na Angola onde pretendia fazer poços d’água. Não conseguiu viajar. Sua última missão foi embelezar o jardim da Casa Regional IMC, deixando como legado flores coloridas e alegres como ele também era. Agora descansa em paz no jardim celeste.

*Por Padre Jaime C. Patias, IMC, é Conselheiro Geral para América. Com a colaboração de Maria Emerenciana Raia, Revista Missões.

MARI themes

Tecnologia do Blogger.