DIANTE DO RISCO DO NÃO RATEIO DO QUE AINDA RESTA DO PRECATÓRIO, SINDSPUJ EMITE NOTA DE REPÚDIO CONTRA ANTIGA E ATUAL GESTÃO DE JAGUARARI

Atenção professores que trabalharam no período de vigência do FUNDEF! Nota!

O governo "Cuidando de nossa Gente" declarou publicamente a intenção de utilizar indevidamente o montante restante do precatório do FUNDEF pertencente aos professores de Jaguarari que atuaram no período de vigência deste fundo.
 
Agindo de tal modo, o referido governo descumpre a lei nº 14057/2020, e na mesma linha do governo anterior, mostra claramente que não respeita o direito de rateio dos professores.
 
Pra impedir mais um descalabro, o SINDSPUJ reitera o compromisso de defesa do referido precatório, sem abrir mão de nenhum centavo do 60% dos R$ 15.810,000,00, direito incontestável dos professores supracitados!

Repudiamos essa tentativa ilegítima de gasto do restante do recurso do precatório em foco (R$ 4.257.080,02), pois este dinheiro, sem dúvida, pertence aos professores que já amargam prejuízos de mais de cinco milhões gasto ilegalmente até dezembro de 2020! 

Medidas cabíveis continuarão sendo adotadas!

Não abrimos mão do direito!


              Diretoria Executiva do SINDSPUJ