Professores baianos lançam livro sobre metodologias de pesquisa em Educação

Professores da rede estadual de ensino vão lançar um livro sobre suas experiências formativas no campo de pesquisas na área de Educação e, consequentemente, abordando a formação contínua para educadores e pesquisadores. A obra intitulada “(Episte) Metodologias no pensar/Fazer pesquisa em Educação - Experiências formativas de professores (as) e pesquisadores (as)” foi organizada pelos servidores José Jackson Reis dos Santos, Ademar Sousa dos Santos e Maria José Firmino da Silva. A primeira edição será lançada durante o Congresso Virtual da Universidade Federal da Bahia (UFBA), no dia 25 de fevereiro. O livro, publicado pela  Editora da UFBA (EDUFBA), com 239 páginas, foi dividido em seis capítulos e estará disponível na Editora da UFBA e nos sites Estante Virtual e Amazon.

Um dos organizadores da obra, José Jackson Reis dos Santos, é pós-doutorando pela Universidade de São Paulo (USP) e doutor em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). De acordo com o professor, que trabalha como docente na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB),  a obra de origem sertaneja envolve pesquisadores do Brasil, Espanha e Portugal. “O livro é uma possibilidade concreta de reafirmação de profissionais da Educação na condição de autores dos processos educacionais nos mais diversos espaços sociais. O sertão, demarcado na capa da obra, representa nossos lugares de partidas, de chegadas e de construções, entrelaçados com a vida das escolas no âmbito da Educação Básica”.

Para Maria José Firmino da Silva, doutoranda em Educação pela UFBA e mestra em Educação pela Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), o livro apresenta possibilidades de caminhos metodológicos de pesquisa para os docentes. “Falamos do lugar de professores e professoras que, ao observar a realidade das instituições formativas, fazem-se questões para as quais buscam respostas. O mais importante, nesse livro, porém, não é achar as  respostas, mas traçar as itinerâncias metodológicas de pesquisa pelas quais buscamos respostas. É uma obra que analisa a forma como vamos nos constituindo em pesquisadores em Educação”, avaliou Maria José, que é professora do Colégio Estadual Luís Eduardo Magalhães, em Tucano.

Ademar Sousa dos Santos tem doutorado em Educação pela UFBA e está lotado no Colégio Estadual Luís Eduardo Magalhães como professor de Sociologia. Segundo o educador, o livro busca inspirar novos profissionais que queiram se dedicar ao campo da pesquisa educacional. “O objetivo da obra não é servir de modelo para aqueles que se aventuram no mundo da pesquisa educacional, mas inspirar novos sujeitos a perceberem a sistematização, com rigor e vigor, de processos investigativos em Educação”.


Foto: Divulgação


--
Assessoria de Comunicação
Secretaria da Educação do Estado da Bahia
Contato: (71) 3115 9026
www.educacao.ba.gov.br