Agentes de Endemias de Senhor do Bonfim reforçam as ações de combate e bloqueio à leishmaniose no município.

Os Agentes de Endemias estiveram nessa segunda-feira (15) na comunidade da Fazenda Maravilha, atendendo denúncias de moradores e proprietário de animais suspeitos de leishmaniose. A região sofre uma escalada da doença que atinge os cães, também conhecida como calazar. 

Os municípios da região norte encontram-se todos em alerta para possíveis surtos da doença, e por isso, Senhor do Bonfim já se move tomando as medidas preventivas com ações que vão dos testes rápidos e coleta sanguínea em animais a borrifação em áreas de risco, no combate a proliferação do mosquito palha. A doença é transmitida pela picada do mosquito palha infectado.

As áreas  consideradas de risco pelos Agentes de Endemias vem recebendo uma atenção especial para o combate ao vetor da leishmaniose, sendo feito a aplicação de inseticida com um bloqueio.

Durante os meses de fevereiro e março, os Agentes estarão intensificando as ações de borrifação além das localidades que já receberam a visita. Muito em breve, outros bairros receberão esse trabalho preventivo de uma forma mais efetiva.  


ASCOM - PMSB - Governo "O Novo Futuro"