Projeto - SALVANDO AS VEIAS DO SÃO FRANCISCO: a luta para recuperar rios e nascentes nas serras de Jaguarari/BA.

Temos a imensa satisfação de apresentar mais um passo importante, na luta para salvar nossas serras!

A Associação de Mulheres da Serra dos Morgados, em parceria com o Comitê da Bacia do Rio São Francisco (CBHSF), deram os primeiros passos para recuperarem a dinâmica ecológica do Rio Estiva e as nascentes das Serras que agonizam. Desmatamentos, atividades minerárias, perfuração de poços artesianos ilegais, instalação de torres eólicas, entre outras ações, juntos, são responsáveis pelo ecocídio que pode condenar os rios do Semiárido para sempre.
O Movimento Salve Serras (SAS) tem buscado desenvolver ações para proteger os olhos d´águas que estão, sobretudo, nas áreas altas do Sertão. Este documentário registra a primeira visita coletiva (SAS, Associação de Mulheres, CBHSF, Secretaria de Meio Ambiente e de Agricultura de Jaguarari, COBRAPE, ALMA e Agência Peixe Vivo) para o nascimento desse projeto, que tem como meta a melhoria da recarga hídrica das Serras da Berinjela e do Morgado, o reflorestamento das margens do Rio Estiva e das principais nascentes localizadas nessas comunidades. Ele mostra um sonho coletivo de, um dia, ver correr pelas belas serras do Sertão aquele que foi uma das veias mais pulsantes do São Francisco: o Rio Estiva!
PROPONENTE: Associação de Mulheres Agricultoras e Artesãs de Serra dos Morgados.
FINANCIADOR: Comitê da Bacia Hidrográfica do São Francisco (CBHSF)
APOIO: Movimento Salve as Serras, Fundo Casa Socioambiental, Sociedade Brasileira de Ecologia Humana e Programa de Pós-Graduação em Ecologia Humana e Gestão Socioambiental da Universidade do Estado da Bahia (UNEB).
Sociedade Brasileira de Ecologia Humana - SABEH