Do auge ao fracasso: Francisco Prolepses, ex-sindicalista, rejeitado nas urnas, desempenha papel de “garoto propaganda” da prefeitura de Uauá

O ex-sindicalista da cidade de Uauá, Francisco Prolepses, não conseguiu convencer a população uauaense, como candidato a Prefeito nas eleições de 2020, que seria a melhor opção para governar aquele Município, onde queria ser, em suas palavras, como o prefeito de Colatina. Depois de receber uma votação, diga-se de passagem, vexatória, Prolepses agora tenta chamar a atenção da família Lobo ao se tornar uma espécie de “garoto propaganda” da administração municipal.

Acompanhando as informações pela imprensa uauaense, o ex-sindicalista recebeu tratamento respeitoso pela gestão do prefeito Lindomar Dantas, que não obteve êxito nas eleições de novembro passado, não necessitando realizar nenhum protesto, como outrora costumava fazer à frente da instituição ora defendida. Segundo consta nas fontes de pesquisas utilizadas por nossa equipe, entre 2017 e 2020 as principais reivindicações dos servidores municipais eram atendidas, o que teria tornado a relação Prefeitura x APLB mais harmoniosa, diferente do que acontecia em tempos passados, mas com a entrada do então sindicalista ao mundo da política, a postura parece ter mudado, e o que antes eram críticas e cobranças, hoje, em menos de um mês de gestão, sem nem ao menos saber, o que de fato os servidores e os munícipes enfrentarão, Prolepses Guerreiro, como é conhecido, não para de tentar denegrir a imagem do ex-prefeito Lindomar Dantas, que antes o elogiava, e usa das redes sociais para enaltecer toda e qualquer obrigação da função do gestor atual, Marcos Lobo. Seria uma tentativa de ser visto na política local? Ou estaria querendo “se encaixar” no grupo atual, já que, em uma das postagens cogitou que o atual prefeito tem projeto pra se manter no poder por mais de 16 anos?

Se o intuito de Prolepses for chamar a atenção da população, como alternativa e terceira via na política local, está seguindo o caminho inverso, pois se submeter a esse papel, diga-se de passagem, de “bajulador”, é no mínimo vexatório para um ex-sindicalista, que outrora mirava toda a sua repudia ao ex-prefeito e agora quase prefeito de Uauá, Marcos Lobo. Ao que parece, Prolepses ainda não conseguiu ser notado pela atual administração que, ganha um “divulgador” de suas ações e críticas ao ex-prefeito a bel prazer do ex-sindicalista que não perde oportunidade de querer se manter no centro das atenções.