Descumprimento de lei perdura e servidores da saúde seguem sem receber o salário de dezembro!

Na manhã da última sexta-feira (22/01/2021), o Sindicato dos Servidores Públicos de Jaguarari participou de uma reunião com o governo municipal, e mais uma vez cobrou solução urgente à situação crítica vivenciada pelos servidores públicos lotados na secretaria de saúde do município. Tais servidores estão sem receber o PMAQ e o salário de mês de dezembro, direitos que não tiveram sua data limite de pagamento respeitada pelo Poder Público deste município.
Na oportunidade, a Diretoria do SINDSPUJ, sua assessoria jurídica e os servidores presentes exigiram solução para a situação. Vale destacar que os funcionários da saúde vêm sofrendo uma tortura psicológica por estar na linha de frente no combate a pandemia do coronavírus, e para piorar, agora, mais esse abalo emocional da falta de salário. Diga-se de passagem, salário é meio de sobrevivência. São centenas de pais e mães de família que estão sem poder honrar seus compromissos, por conta do arreganho de descumprimento de lei na Prefeitura Municipal de Jaguarari, especificamente, do final de dezembro de 2020 aos dias atuais. Repudiamos!
Com relação a proposta do governo, foi anunciado que estaria se antecipando o salário do mês de janeiro, e que este seria pago no mesmo dia da referida reunião. Tal anúncio foi recebido com pouco entusiasmo pelos os presentes, pois o problema principal do pagamento do PMAQ e do salário do mês de dezembro 2020, continua sem solução. A atual gestão alega não poder pagar tais despesas, devido a falta de documento que comprove "os restos a pagar", deixado pela gestão anterior. Se assim o for, a desorganização do Poder Executivo Municipal para com a folha de pagamento salarial é sem precedentes.
O SINSPUJ exige que o governo municipal solucione definitivamente o impasse, pois a proposta apresentada pela gestão tem efeito paliativo, já que a situação dos pagamentos atrasados segue sem previsão de solução. Todavia, faz-se oportuno dizer, que a equipe do governo sugeriu e agendou para próxima quarta – feira (27/01/2021) uma nova reunião para tratar do assunto.
Entretanto, devido a incerteza do desfecho dessa problemática, o sindicato estará convocando uma assembleia extraordinária virtual, visando deliberar as possíveis ações sindicais que poderão ser acionadas, caso a situação não seja resolvida com urgência.
Portanto, servidores da saúde fiquem atentos à breve convocação!
Firme na luta pela efetivação do direito,
Diretoria Executiva do SINDSPUJ