A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e o CrediBahia promoveram, na quinta-feira (06/5), uma palestra para apresentar as alterações do programa que visa facilitar e aumentar o crédito de milhares de empreendedores formais e informais em Jaguarari.

 

Durante o evento, que seguiu todos os protocolos de segurança em prevenção à pandemia da Covid-19, as agentes de crédito Lívia Barreto e Itala Oliveira anunciaram que, nos 100 dias do Governo Cuidando da Nossa Gente, a Prefeitura de Jaguarari reduziu a taxa de inadimplência no CrediBahia de 30% para 1,46%, resultando na liberação do processo de cadastramento de novos clientes no programa, um importante estímulo para a geração de renda no Município.

 

A parceria entre a Prefeitura de Jaguarari e o CrediBahia vem desde as primeiras gestões do prefeito Antônio Nascimento e abrange 24 comunidades locais, entre povoados e distritos. De acordo com os dados apresentados durante o evento, cerca de 237 pessoas já foram beneficiadas com programa de microcrédito em Jaguarari, sendo que 74,33% delas é composto por mulheres que investem os recursos, principalmente, na abertura e manutenção de algum tipo de comércio.    

 

A expectativa agora é de que, com créditos que variam de R$500 a R$21 mil, com taxa de juros de 2% para empréstimos a clientes individuais ou em grupo, surjam novos pequenos negócios no Município. “O CrediBahia é mais uma das ferramentas que temos para ajudar o empreendedorismo local, disse o chefe de gabinete, Erasmo Morgado, em nome do prefeito Antônio Nascimento, que, em março, assinou o Termo de Adesão ao Programa Cidade Empreendedora do Sebrae e autorizou a revitalização das Salas do Empreendedor em Pilar e na sede de Jaguarari, mais um incentivo àqueles que querem abrir o próprio negócio.

 

Feliz com as novidades, a secretária municipal de Desenvolvimento Social, Letícia Duarte, comemorou a conquista e ressaltou o papel da secretaria no incentivo dado aos usuários dos programas desenvolvidos a tornarem-se clientes do CrediBahia e futuros empreendedores.

 

 

 

Assessoria de Comunicação Social

Na madrugada deste sábado, 08, Ivanilda Batista da Silva, 29 anos, foi assassinada com golpes de arma branca, tipo faca, na Estrada Nova, próximo ao contorno Zé Gonçalo, região do distrito do Junco, no município de Jacobina. 

Segundo informações, Ivanilda discutiu com uma mulher de prenome Nilma em um bar, sendo que um homem que estava no local lhe defendeu e tomou um canivete da assassina. Na sequência, Nilma foi até sua casa e retornou com uma faca, atacando Ivanilda que morreu no local. 

A Guarda Municipal esteve no local, porém, a acusada do assassinato, que pode ter motivação passional já havia evadido. O corpo foi levado para o DPT de Jacobina e após passar por necropsia liberado para o sepultamento. 

A Polícia Civil investiga o caso. 

Fonte: Augusto Urgente

Por volta das 08hs da manhã deste domingo, 09 de maio de 2021, uma tragédia ceifou a vida de um jovem e deixou pelo menos outras três pessoas feridas na estrada que liga Bonfim a Andorinha. 

Fato ocorrido na BA 220, altura do km 283, trecho do povoado de Pereiros, interior de Senhor do Bonfim, quando o motorista ALEXIS COELHO BORGES, 29 anos, morador do bairro Casas Populares em Bonfim, dirigia um veículo Ford Ka, cor branca, placa NZH1F46, sentido Bonfim a Andorinha, perdeu o controle do carro, próximo um quebra-molas, saindo da pista e indo de encontro contra um Caminhão de cor branca, placa JFI6C60, que estava estacionado, Alexis ficou preso nas ferragens indo a óbito no local, outras três pessoas sofreram ferimentos e foram socorridos apelo SAMU até a UPA 24hs de Bonfim. 

Blog do Netto Maravilha

O Governo do Estado decidiu prorrogar a restrição da locomoção noturna de pessoas das 21h às 5h, em toda a Bahia, até o dia 17 de maio. A medida, que tem como objetivo conter a disseminação do novo coronavírus, foi publicada neste domingo (9) na versão on-line do Diário Oficial do Estado (DOE). 

Em 227 municípios (ver lista abaixo), o toque de recolher vale das 20h às 5h. Já nos municípios integrantes de região de saúde em que a taxa de ocupação de leitos de UTI vier a se manter igual ou inferior a 75%, por cinco dias consecutivos, a restrição na locomoção será válida das 22h às 5h. Por ter alcançado esta meta, o toque de recolher em Salvador está em vigor das 22h às 5h. 

Fica proibida, em todo o território do Estado da Bahia, a venda de bebida alcoólica em quaisquer estabelecimentos, inclusive por sistema de entrega em domicílio (delivery), das 18h de 14 maio até às 5h de 17 de maio. 

Para a venda de bebida alcoólica aos finais de semana, continua a valer a determinação de que as regiões de saúde precisam alcançar a taxa de 75% ou menos de ocupação de leitos de UTI por cinco dias consecutivos. Por isso, em Salvador, segue permitida a venda de bebidas alcoólicas durante o final de semana. 

A realização de shows e festas, independentemente do número de participantes, também continua proibida até 17 de maio. Esta medida vale para toda a Bahia sem exceção, nem mesmo para Salvador. 

Aulas 

As unidades de ensino públicas e particulares podem manter as atividades de forma semipresencial. Para que isso ocorra, é necessário que a taxa de ocupação de leitos de UTI Covid esteja abaixo de 75% por cinco dias consecutivos nas regiões de saúde. Para Salvador, o Governo do Estado já havia autorizado o retorno das aulas, respeitando tais critérios, e segue mantido. 

Além disso, as atividades letivas devem ficar condicionadas à ocupação máxima de 50% da capacidade de cada sala de aula e ao atendimento dos protocolos sanitários estabelecidos. 

Transporte 

A circulação dos meios de transporte metropolitanos continua suspensa no período das 22h30 às 5h, até 17 de maio. 

A circulação do ferry boat também segue suspensa das 22h30 às 5h de 10 de maio a 14 de maio de 2021, ficando vedado o seu funcionamento nos dias 15 e 16 de maio. 

Até 17 de maio, a circulação das lanchinhas deverá ser suspensa das 22h30 às 5h. Nos dias 15 e 16 de maio, ocupação das embarcações fica limitada ao máximo de 50% da capacidade. 

Municípios com toque de recolher das 20h às 5h: 

Abaíra, Acajutiba, Adustina, Alagoinhas, Alcobaça, América Dourada, Anagé, Andaraí, Angical, Antas, Aporá, Araçás, Aracatu, Aramari, Baianópolis, Banzaê, Barra, Barra da Estiva, Barra do Choça, Barra do Mendes, Barreiras, Barro Alto, Belmonte, Belo Campo, Boa Vista do Tupim, Bom Jesus da Lapa, Bom Jesus da Serra, Boninal, Bonito, Boquira, Botuporã, Brejolândia, Brotas de Macaúbas, Brumado, Buritirama, Caatiba, Caculé, Caém, Caetanos, Caetité, Cafarnaum, Caldeirão Grande, Canápolis, Canarana, Candiba, Cândido Sales, Capim Grosso, Caraíbas, Caravelas, Cardeal da Silva, Carinhanha, Catolândia, Catu, Caturama, Central, Cícero Dantas, Cipó, Cocos, Condeúba, Contendas do Sincorá, Cordeiros, Coribe, Coronel João Sá, Correntina, Cotegipe, Crisópolis, Cristópolis, Dom Basílio, Encruzilhada, Entre Rios, Érico Cardoso, Esplanada, Eunápolis, Fátima, Feira da Mata, Firmino Alves, Formosa do Rio Preto, Gentio do Ouro, Guajeru, Guanambi, Guaratinga , Heliópolis, Iaçu, Ibiassucê, Ibicoara, Ibicuí, Ibipeba, Ibipitanga, Ibiquera, Ibirapuã, Ibitiara, Ibititá, Ibotirama, Igaporã, Iguaí, Inhambupe, Ipupiara, Iraquara, Irecê, Itabela, Itaberaba, Itaetê, Itagimirim, Itaguaçu da Bahia, Itamaraju, Itambé, Itanagra, Itanhém, Itapebi, Itapetinga, Itapicuru, Itarantim, Itororó, Ituaçu, Iuiu, Jaborandi, Jacaraci, Jacobina, Jandaíra, João Dourado, Jucuruçu, Jussara, Jussiape, Lagoa Real, Lajedão, Lajedinho, Lapão, Lençóis, Licínio de Almeida, Livramento de Nossa Senhora, Luís Eduardo Magalhães, Macajuba, Macarani, Macaúbas, Maetinga, Maiquinique, Mairi, Malhada, Malhada de Pedras, Mansidão, Marcionílio Souza, Matina, Medeiros Neto, Miguel Calmon, Mirangaba, Mirante, Morpará, Morro do Chapéu, Mortugaba, Mucugê, Mucuri, Mulungu do Morro, Muquém do São Francisco, Nova Canaã, Nova Redenção, Nova Soure, Nova Viçosa, Novo Horizonte, Novo Triunfo, Olindina, Oliveira dos Brejinhos, Ouriçangas, Ourolândia, Palmas de Monte Alto, Palmeiras, Paramirim, Paratinga, Paripiranga, Pedrão, Piatã, Pindaí, Piripá, Piritiba, Planalto, Poções, Porto Seguro, Potiraguá, Prado, Presidente Dutra, Presidente Jânio Quadros, Quixabeira, Riachão das Neves, Riacho de Santana, Ribeira do Amparo, Ribeira do Pombal, Ribeirão do Largo, Rio de Contas, Rio do Antônio, Rio do Pires, Rio Real, Ruy Barbosa, Santa Cruz Cabrália, Santa Maria da Vitória, Santa Rita de Cássia, Santana, São Desidério, São Félix do Coribe, São Gabriel, São José do Jacuípe, Sátiro Dias, Saúde, Seabra, Sebastião Laranjeiras, Serra do Ramalho, Serra Dourada, Serrolândia, Sítio do Mato, Sítio do Quinto, Souto Soares, Tabocas do Brejo Velho, Tanhaçu, Tanque Novo, Tapiramutá, Teixeira de Freitas, Tremedal, Uibaí, Umburanas, Urandi, Utinga, Várzea da Roça, Várzea do Poço, Várzea Nova, Vereda, Vitória da Conquista, Wagner, Wanderley e Xique-Xique. 

Secom

Foram registrados 19 novos casos de Covid-19 nesta segunda-feira (10/5), em Jaguarari. Dez pacientes são da sede do Município, dois do Distrito de Pilar, cinco de Juacema, um da Fazenda Lagoinha e um da Fazenda Lagoa do Mato. A Secretaria Municipal de Saúde calcula 1.826 casos confirmados de coronavírus. O número de casos ativos aumentou para quarenta. Sessenta pessoas estão em monitoramento domiciliar e nove estão internadas. Sete pessoas aguardam o resultado dos exames pelo Lacen. Casos curados somam 1.747. O número de óbitos se mantém em 39.


   Assessoria de Comunicação Social

“Combate ao desmatamento, defesa às ameaças ambientais, proteção das áreas coletivas tradicionais de fundo de pasto, envolvendo e beneficiando todas as famílias dentro do respectivo projeto, com facilidade de acesso às diversas políticas públicas, a exemplo do PRONAF, são alguns dos benefícios que os agricultores familiares terão ao serem contemplados com a implantação do Projeto Ambiental no Cadastro Estadual Florestal de Imóveis Rurais”, disse o analista ambiental do Projeto Pró-Semiárido da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), Nielsen Souza, durante reunião de apresentação do projeto estadual de Regularização Ambiental das Comunidades Tradicionais de Fundo de Pasto, que aconteceu no último dia 6, na Secretaria de Agricultura e Recursos Hídricos de Jaguarari.

Seguindo as recomendações sanitárias de prevenção ao novo coronavírus, a reunião contou com a participação do secretário de Agricultura, Valdemilson Vieira (Val do Jacunã), do secretário de Meio Ambiente, Antônio Carlos Xavier, do assessor de Políticas Públicas do Pró-Semiárido PSA/CAR, Yon Fontes, da coordenadora geral do SINTRAF, Joseane Bonfim, como também, das equipes técnicas das referidas secretarias.

 

A apresentação teve o intuito de mostrar aos agentes públicos presentes, de forma detalhada, o projeto de Regularização Ambiental, objetivando-se assim, efetivar pactuação de parcerias com o governo municipal para realização do processo de cadastramento, identificação e regularização ambiental dos agricultores de Jaguarari no CEFIR.

 

Dentro do foco estratégico institucional da gestão “Cuidando da Nossa Gente”, foram abordadas possíveis ações conjuntas, que visam fortalecer o processo de integração das políticas públicas no município, voltadas para o desenvolvimento rural, em parceria com o Governo do Estado da Bahia, através da CAR, vinculada à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural.

 

O CADASTRO – O principal ponto do projeto de Regularização Ambiental é a inscrição de pessoas que possuem propriedades rurais no Cadastro Estadual Florestal de Imóveis Rurais (CEFIR), um registro eletrônico, de natureza declaratória e obrigatória para todos os imóveis rurais. O principal objetivo do cadastro é a formação de um banco de dados de informações que servirão para o controle, o monitoramento e o planejamento ambiental econômico do estado da Bahia. É como um retrato do território que mostra onde tem mata (Área de Preservação Permanente, Reserva Legal e Vegetação Nativa), e área de uso comum das comunidades, tais como: roças, plantações, pastos, casas, e outras especificações.

 

Diante do que foi exposto, os secretários de Agricultura e de Meio Ambiente se reunirão com o prefeito Antônio Nascimento para discutir o projeto de Regularização Ambiental e como será executado no Município, de modo a beneficiar os agricultores de Jaguarari.

 

Além dos benefícios já apontados, a inscrição no CEFIR possibilita o planejamento, uso e ocupação adequada do solo; permite a comprovação de regularidade ambiental do imóvel rural; amplia a segurança jurídica das comunidades tradicionais e dos produtores rurais, uma vez que está previsto na legislação ambiental e fomenta o acesso ao crédito agrícola, detalhou o Yon Fontes.

 

 

Assessoria de Comunicação Social

Foram registrados três novos casos de Covid-19 nesta quinta-feira (06/5) em Jaguarari. Os pacientes residem no distrito de Pilar, na sede e em Juacema. A Secretaria Municipal de Saúde calcula 1.799 casos confirmados de coronavírus. O número de casos ativos diminuiu para 41. Sessenta e cinco pessoas  estão em monitoramento domiciliar e nove estão internadas. Quatorze aguardam os resultados dos exames pelo Lacen. Casos curados somam 1.719. O número de óbitos se mantém em 39.


 

  Assessoria de Comunicação Social

A Prefeitura de Jaguarari, Governo Cuidando da Nossa Gente, por meio da Secretaria de Administração, conseguiu junto ao Departamento Nacional de Obras Contra a Seca, do Ministério do Desenvolvimento Social, verba no valor de R$ 50 mil que será  empregada em ações de combate à estiagem no Município.

O secretário municipal da SEAD, Adenir Bonfim (Neném do Catuni), esteve nesta terça-feira (04/5), em Salvador, em reunião com o deputado federal Otto Alencar Filho (PSD/BA). O deputado se comprometeu a destinar o recurso oriundo de emenda parlamentar via DNOCS.

As novidades não param por aí. O secretário de Administração esteve ainda na Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI) para buscar a inclusão de Jaguarari no projeto Conecta Bahia, que visa implantar internet Wi-Fi gratuita e de alta qualidade em praças de diversos municípios do interior da Bahia.

"O saldo foi positivo para o nosso Município. Qualquer investimento em recursos hídricos é substancial no enfrentamento da estiagem. O deputado Otto Filho foi solícito e destinou parte de uma de suas emendas para atender Jaguarari. No campo da tecnologia, é fundamental colocar nossa cidade entre os contemplados no programa Conecta Bahia. Isso significa inclusão e democratização digital em favor dos nossos munícipes", disse Neném do Catuni.

 

Assessoria de Comunicação Social

O processo de implantação da Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis de Jaguarari está avançando a cada dia. Na terça-feira (04/5), a equipe da Secretaria Municipal de Meio Ambiente esteve em Pilar para tratar de pontos importantes sobre o processo de implantação da coleta seletiva no distrito.

 

Durante a reunião, os secretários municipais de Meio Ambiente, Antônio Carlos Xavier, de Administração Distrital, Marcos Quito, e o diretor de Bioma Caatinga José Patrício Alves dialogaram com a diretoria da Cooperativa Recicla Jaguarari sobre: condições de trabalho, organização e estrutura do local onde funciona o lixão de Pilar.

 

Os representantes da Cooperativa se propuseram a iniciar a coleta seletiva nas ruas e comércio do distrito e solicitaram equipamentos de proteção individual, toldos que serão utilizados para a separação dos materiais a serem recolhidos, assim como, a disponibilização de vigilantes para manter a segurança e controle da entrada e saída de pessoas e veículos no local. Todos os pedidos foram anotados para análise de viabilidade por parte da Prefeitura Municipal de Jaguarari.

 

A SEMMA e a Recicla Jaguarari também se reuniram com o presidente do Rotary Club Pilar, Antônio Carlos da Silva, que anunciou cessão de uso, para a Cooperativa, de cinco carrinhos de coleta seletiva. “Com esta ação, o senhor Antônio Carlos reafirmou o compromisso da entidade com as questões sociais e ambientais, principalmente aos catadores e a reciclagem de resíduos sólidos que podem ajudar na renda de várias famílias e na preservação do meio ambiente. A parceria com a sociedade e as entidades é imprescindível nesse processo”, disse agradecido Xavier.

 

 

Assessoria de Comunicação Social

O SINDSPUJ entrou com o pedido de bloqueio do recurso resultante do Precatório do FUNDEF, dinheiro que pertence aos professores de Jaguarari que trabalharam na época de vigência deste fundo. Para justificar tal pedido, levou à Justiça o arreganho de gastos deste recurso, ocorrido até dezembro de 2020. Um verdadeiro descalabro que corroeu o 60% desse recurso que há tempo deveria estar na conta dos professores referidos.
 
No mínimo é contraditório para o governo passado! Ao passo que afirmava publicamente estar em conta o 60% de R$ 15.810.000,00 (quinze milhões, oitocentos e dez mil reais) do precatório pra rateio, gastava este montante, como se o 40% respectivo não lhe bastasse. Até para pagamento salarial o 60% em comento foi utilizado! Que absurdo! Agindo de tal forma, o governo referido gastou mais de cinco milhões que não lhe era de direito. Por que prejudicar os professores dessa forma?

Deixamos claro! Não abriremos mão de nenhum centavo do 60% do precatório do FUNDEF pertencente aos professores: nem do que foi gasto, nem do que há em conta e nem do que está por vir! E se o governo atual tentar gastar o que resta em conta, de imediato, a justiça será acionada pela terceira vez! 

Se há uma lei que determina o rateio do 60% deste precatório para quem lhe é de direito, por qual motivo o governo “Cuidando da Nossa Gente” não recebe o SINDSPUJ para resolver o impasse? Nem ofício responde? Que silêncio nocivo é esse? Será que há intenção de gasto do que resta na conta do Precatório do FUNDEF? Se houver, vai aqui uma alerta: não gaste nenhum centavo! Chega de prejuízo!

Estamos acreditando que a Justiça dará sentença favorável aos professores em comento, e mediante processo movido por este sindicato em 2020, obrigará o rateio dos mais de nove milhões que lhes é de direito constitucional! Aí vamos ver quem cala e quem grita! Quem ajudou a gastar e agora é defensor! Quem defende e quem é contra o direito do professor!
É bom que todos abram os olhos e vejam que tanto o governo passado como o atual, nunca se dignaram a fazer o rateio em foco. Repudiamos! 

Inclusive, não há meio termo para governo que governou ou está governando na conjuntura que marca o período da entrada e do gerenciamento desse precatório neste município. Ou se é contra ou se é a favor ao rateio! E para provar que se é a favor, só o fazendo na forma da lei! Haveria empecilho?

Oportuno dizer, que em 2020, ao dispararmos ação judicial na defesa do 60% do precatório do FUNDEF para quem lhe é de direito, pedimos bloqueio e rateio desta parte. Sem dúvida, uma sentença estar por vir! A expectativa é de que venha promovendo justiça em todas as suas dimensões. Chega de opressão!

E junto ao pedido recente de bloqueio do recurso resultante da conta do precatório do FUNDEF, o SINDSPUJ também incluiu a lei federal n° 14057/2020 que garante 60% deste precatório aos professores em foco. O direito é constitucional! Sempre foi.

Lutaremos até efetivá-lo!

Firme na luta,

DIRETORIA EXECUTIVA DO SINDSPUJ

Jaguarari registra até o momento 39 óbitos em decorrência da Covid-19, mas isso parece não ter importância para alguns servidores da saúde municipal. No último sábado, 1° de maio, denúncias levaram a Polícia Militar ir até uma residência na Rua do Engenho averiguar uma suposta festa onde a maioria dos presentes são funcionários da secretaria de saúde, inclusive, segundo informações, com a presença da diretora do Hospital Municipal, Coordenadora de Enfermagem do Hospital, Coordenadora da Central de Marcação, Diretor de Cultura, filha do prefeito municipal e até mesmo a esposa de um dos vereadores da base aliada ao gestor atual.

A aglomeração causou revolta e espanto na população jaguarariense, haja vista a situação crítica vivida pelo município e também pela importância dos cargos ocupados pelos presentes. 

Segundo informações, a Polícia Militar abordou a responsável pela aglomeração. Em sua defesa, disse que se tratava de um almoço em família. 

Em contato com o atual prefeito e também com a secretária de saúde, ambos foram enfáticos que todos os envolvidos serão punidos no rigor da Lei. O Decreto 62/2021 prevê multa e processo administrativo para servidor público que não cumprir com as normas e decretos vigentes. 

Vale salientar que tal prática é inaceitável, mas não exclusiva. Em 2020, um ex-secretário e um diretor da secretaria de educação foram denunciados por promoverem aglomerações desrespeitando os decretos vigentes à época. Em ambos os casos, nenhuma punição fora aplicada pelo ex-prefeito. 


Em decisão desta terça-feira (4), o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) enviou um processo contra o ex-prefeito de Jaguarari, no Piemonte Norte do Itapicuru, Everton Rocha, para a Justiça local. Conforme o relator do caso no tribunal, desembargador Pedro Augusto Costa Guerra, Rocha perdeu o foro especial [foro privilegiado], uma vez que não é mais o prefeito da cidade. 

O desembargador aplicou o que é determinado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) desde maio de 2018. O entendimento é que políticos só têm direito ao foro especial quando estiverem na função, e os fatos sejam referentes ao mandato.

Everton Rocha é acusado em ação penal do Ministério Público do Estado (MP-BA) de promover gastos exagerados no São João de 2017. À época, o município tinha em vigor um decreto de situação de emergência, o que recomendava gastos reduzidos. Ainda conforme a denúncia, os festejos ocorreram durante cinco dias e consumiram mais de R$ 2,5 milhões. Um dos shows foi feito pelo cantor Leonardo. 

No ano passado, Everton Rocha tentou se reeleger, mas foi derrotado pelo candidato "Seu Antônio".

Fonte: Bahia Notícias

Cerca de 1.300 produtores rurais de Jaguarari serão beneficiados com horas gratuitas de aração de terras. O benefício é oferecido pela Prefeitura de Jaguarari, Governo Cuidando da Nossa Gente, por meio da Secretaria de Agricultura e Recursos Hídricos (SEAGRI).

 

A ação teve início nesta segunda-feira (03/4) em propriedades rurais de Juacema e Gameleirinha e será realizada progressivamente nas demais localidades cadastradas. Ao todo serão contempladas, com 2 horas/máquina por produtor, 38 comunidades da zona rural de Jaguarari, que realizam o plantio de feijão e milho.  

 

A aração de terras consiste na preparação do solo arenoso, nas quais as chuvas de inverno são mais intensas, de forma a estimular a produtividade, fomentando a agricultura familiar e estimulando a geração de renda no Município.

 

 

 

Assessoria de Comunicação Social

Foram registrados 14 novos casos de Covid-19 nesta terça-feira (04/5) em Jaguarari. Seis pacientes são do distrito de Pilar e cinco da sede. A Secretaria Municipal de Saúde calcula 1.793 casos confirmados de coronavírus. O número de casos ativos diminuiu para 57. Oitenta e uma pessoas estão em monitoramento domiciliar e oito estão internadas. Quatorze aguardam os resultados dos exames pelo Lacen. Casos curados somam 1.697. O número de óbitos se mantém em 39.


 

  Assessoria de Comunicação Social

Um homem foi encontrado enforcado, na manhã de domingo (02/05), na comunidade de Sitio do Meio, zona rural de Campo Formoso. A localidade faz divisa com o município de Jaguarari. 

O corpo de Donizete José da Silva, natural de Jaguarari, foi recolhido por uma equipe do Departamento de Polícia Técnica (DPT) e encaminhado para o IML de Senhor do Bonfim, após os procedimentos de praxe, o corpo foi liberado para família realizar o sepultamento. 

A Polícia Civil investiga o caso.

Portal Jaguarari

COMUNICADO

         

         O SINDSPUJ – Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Jaguarari, comunica aos seus associados que o Dr. Elói Correia Júnior, assessor jurídico deste sindicato, estará dando plantão, nesta quinta (29/04/2021), das 08:30h às 15:30h. Os servidores interessados deverão ficar atentos a esta data e a este horário, para se dirigir à nossa sede, localizada na Travessa José Amaro, nº 02, nas proximidades da Agência do INSS, no centro de nossa cidade.

 

       Lembramos que o atendimento presencial deste sindicato, segue as normas oficiais de segurança para o combate ao COVID-19.

 

       Portanto, se você é servidor público, se proteja e compareça! O seu direito é a nossa causa.

     

       Atenciosamente,

 

  

DIRETORIA EXECUTIVA DO SINDSPUJ

 

               

                                                              

                                                           Jaguarari, 28 de abril de 2021


Sobre a informação veiculada na última quinta-feira (22/4), no programa Bonfim Notícias, baseada em vídeos que circulam nas redes sociais, que apontam a Prefeitura de Jaguarari como responsável pela distribuição de água às populações de Gameleira e adjacências, faz-se necessário destacar que a informação está equivocada.

Por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Recursos Hídricos (Seagri), a Prefeitura de Jaguarari esclarece que o abastecimento de água, nas regiões de Gameleira, Jacunã e adjacências, é feito pela Central das Águas de Jacobinae não pelo Município.

Portanto, qualquer indagação concernente à qualidade da água distribuída às referidas localidades deve ser direcionada ao prestador de serviço acima citado.   

No entanto, sensível ao problema dos moradores de Gameleira e adjacências, a Secretaria de Agricultura tem cobrado da Central, melhorias na qualidade da água oferecida aos moradores daquela região.

Ainda sobre o ocorrido, o secretário municipal da Seagri, Valdemilson Vieira (Val do Jacunã), entrou em contato com o operador da Central das Águas de Jacobina e foi informado que o funcionário responsável pela distribuição deveria ter descartado a água, imprópria para o consumo, que estava no reservatório e acabou liberando-a para as residências. Contudo, como foi informado ao secretário pela Central das Águas de Jacobina, o problema já foi resolvido.

Por fim, a Prefeitura Municipal de Jaguarari solicita à imprensa que, para assegurar a veracidade dos fatos a serem informados, antes de qualquer veiculação, certifique-se, procedendo com a checagem, a fim de evitar a desinformação.   

 

 

Assessoria de Comunicação Social

MARI themes

Tecnologia do Blogger.