A MCSA foi contemplada no 22º Prêmio de Excelência da Indústria Minero Metalúrgica


A Mineração Caraíba S/A foi contemplada no 22º Prêmio de Excelência da Indústria Minero Metalúrgica Brasileira 2020, organizado pela Revista Minérios & Minerales. A MCSA concorreu ao prêmio na categoria Meio Ambiente e Comunidades com o Projeto Cadeia Produtiva da Caprinovinocultura.

O Projeto Cadeia Produtiva da Caprinovicultura surgiu em 2017 com base no Diagnóstico Socioambiental realizado em 2011, através de investimentos sociais da MCSA. Um importante objetivo do projeto é organizar e fortalecer a base desta cadeia produtiva de maneira sustentável, além de estabelecer um legado positivo na interação entre a empresa e as comunidades da área de influência da MCSA, no Vale do Rio Curaçá (BA).


Destacamos que o Projeto contribui para a adoção de melhores práticas ambientais, proporcionando conhecimento aos grupos comunitários no processo de organização da cadeia produtiva de forma profissional. Atualmente, são 250 produtores participantes das atividades no processo de estruturação e adequação das propriedades, além de 02 laticínios que processam 1.500 litros de leite/mês com a produção de 150 Kg de queijo/mês, com grande potencial de crescimento e viabilidade econômica.


O Laticínio Mãos do Campo recebeu a certificação estadual (SIE) da Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB), em novembro de 2019 e receberá o selo nacional ARTE, o que permitirá a comercialização em todo o território brasileiro. Por sua vez, o Laticínio Sabor do Sertão está com todas as inspeções da ADAB aprovadas, rumo agora aos selos estadual e nacional.


A MCSA parabeniza a equipe técnica vencedora do prêmio: André Germani, Gerente de Sustentabilidade; Maria do Carmo de Brito, Consultora Socioambiental; Marailza Gomes e Uandilei Gonçalves, Analistas de Meio Ambiente e Comunidade; Hercules Félix, Técnico Agrícola e Rafael Sene, Médico Veterinário da Consultoria Sertanejo.


Fonte