SEM O REPASSE DO REAJUSTE DE 12,84% DO MAGISTÉRIO, PREFEITO DE JAGUARARI SEGUE CAUSANDO PREJUÍZOS AOS PROFESSORES DA REDE MUNICIPAL


O piso salarial dos profissionais da rede pública da educação básica em início de carreira foi reajustado em 12,84% para 2020, passando de R$ 2.557,74 para R$ 2.886,24. O reajuste foi confirmado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, em 16 de janeiro.

O acréscimo está previsto na chamada Lei do Piso (Lei 11.738), de 2008. O texto estabeleceu que o piso salarial dos professores do magistério é atualizado, anualmente, no mês de janeiro. A regra está em vigor desde 2009, ano em que o valor de R$ 950,00 foi o ponto de partida para o reajuste anual.

Com a omissão do prefeito de Jaguarari, Everton Rocha, o prejuízo a cada professor poderá ultrapassar o valor de R$ 4.270,50 (quatro mil, duzentos e setenta reais e cinquenta centavos), além das perdas nas contribuições das aposentadorias.

O desrespeito com reajuste de servidores é uma prática comum na administração atual, fato que também aconteceu em 2017.