MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL NOTIFICA PREFEITO DE JAGUARARI E MAIS TRÊS PESSOAS


Após analisarem documentos do processo licitatório, que tinha como objeto a contratação de empresa de Engenharia civil ou arquitetura para reconstrução, remodelagem, reforma, das 38 (trinta e oito) unidades de ensino da rede pública municipal do Município de Jaguarari, a um custo de quase 10 (dez) milhões de reais aos cofres da Prefeitura, os vereadores José Gonçalves Filho (Zé Galego) e William Rogers de Souza Santos (William da Gameleira), o MPF – Ministério Público Federal notificou os acusados por supostos vícios na Concorrência Pública nº 03/2020 que podem implicar em crimes licitatórios e atos de improbidade administrativa. São eles, os denunciados: Prefeito municipal de Jaguarari, Everton Carvalho Rocha, ex-Secretário municipal de infraestrutura e obras públicas, Fábio Vieira Marques, o Diretor Administrativo da Secretaria municipal de infraestrutura e Obras e atual secretário municipal de infraestrutura e Obras, Samuel Atanázio Rodrigues Guedes de Souza, e o pregoeiro oficial do município, Getro Oliveira Amaral. Ambos terão o prazo de 10 (dez) dias para se defenderem.