APÓS DENÚNCIA DE VEREADORES, TCM FARÁ AUDITORIA EM CONTRATO DA PREFEITURA DE JAGUARARI


Acostumado com a “normalidade” em inúmeros processos licitatórios, mesmo sendo eles aberrantes à opinião pública, desta vez o prefeito de Jaguarari, Everton Rocha (PSDB), poderá ter complicações sérias quanto a licitude com que conduziu a contratação de uma empresa de publicidade e propaganda (Lei aqui), da cidade de Feira de Santana, onde no referido contrato consta o valor de R$ 1.400.000,00 (um milhão e quatrocentos mil reais).

Após os vereadores José Gonçalves (Zé Galego), Valdemilson Vieira (Val do Jacunã) e Marcos Paulo (Quito da Santa Rosa) denunciarem ao Ministério Público e Polícia Civil (ainda não se manifestaram) e também ao Tribunal de Contas dos Municípios, este último se posicionou, segundo informações, pela realização de uma auditoria no Processo de Concorrência Pública e também nos pagamentos.