MINISTÉRIO PÚBLICO ACOLHE DENÚNCIA E VOTAÇÃO DAS CONTAS DO EX E TAMBÉM ATUAL PREFEITO PODERÃO SER ANULADAS

Imagem relacionadaO Ministério Público da Bahia recebeu denúncia contra o ex-prefeito, Antônio Nascimento (PT), o atual prefeito, Everton Rocha (PSDB) e os vereadores Reginaldo Gabriel e Márcio Gomes, ambos do PSDB, acusados dos crimes de conluio e ato de improbidade administrativa.

Segundo a denúncia, o vereador Reginaldo Gabriel, em seu pronunciamento na Tribuna, teria revelado um suposto esquema, onde vereadores ligados ao prefeito Everton Rocha teriam votado, junto com os colegas ligados ao ex-gestor, e rejeitado o parecer do TCM, que reprovou as contas do ex-prefeito “Seu Antônio”, referentes ao exercício de 2016 (ano eleitoral), em que o excesso de contratação de funcionários elevou o índice de pessoal a 65,87% da receita, bem superior ao permitido em Lei. Irritado com os colegas aliados a Antônio Nascimento, que não cumpriram com o combinado, que seria a retribuição do voto, só que desta vez nas contas do exercício financeiro de 2017, sob responsabilidade do prefeito Everton Rocha, o vereador conhecido como Reges do Joel, sem perceber a gravidade que estava falando, acabou entregando o suposto esquema apontado pelo denunciante.


Os argumentos e provas apresentados serão minunciosamente analisados pela Justiça, e caso fique comprovada a “troca de favores”, para a aprovação das contas dos denunciados, os Decretos de aprovação deverão ser anulados e as contas retornadas à Câmara para nova análise e julgamento pelo legislativo; além que os envolvidos poderão responder por legalmente.


Mesmo após a divulgação da denúncia pelo “Jornal da Top”, da rádio Top Fm, nenhum dos citados se manifestaram até a publicação desta matéria.