EM NOVO DECRETO, PREFEITO IMPÕE MAIS LIMITAÇÕES AO COMÉRCIO JÁ ESTAGNADO

O prefeito de Jaguarari, Everton Rocha, publicou na última terça-feira (7.4.2020) o Decreto 0140/2020 impondo mais restrições ao cambaleante e estagnado comércio. O gestor, que em sua passagem frente da gestão municipal não tem acertado em nenhuma decisão, que pudesse ter melhorado a situação e evitado os prejuízos dos comerciantes, agora impôs a obrigatoriedade do uso de álcool em gel ou em estado a líquido a 70% para a limpeza das mãos dos clientes, bem como carrinhos, cestas, esteiras dos caixas e balanças, como se a disponibilidade e preço do produto estivesse de fácil acesso.


Ao passo em que o gestor torna obrigatoriedade o uso do álcool a 70% nos estabelecimentos comerciais, grande parte dos profissionais da saúde, que são de sua inteira responsabilidade, trabalham sem epi’s adequados, sem álcool em gel ou líquido, segundo denúncias chegadas a nossa redação. Um descaso.


No Decreto ainda consta a recomendação para que a população use, ao sair de casa, máscaras, porém, na atual situação, este item está cada mais difícil de ser encontrado, ou caro demais, fora que a maioria das pessoas não estão conseguindo se quer comprar o que comer, já que o prefeito, eleito com promessas mirabolantes, não tem tido a competência de aliviar a fome dos que mais necessitam de apoio alimentar.


Diante de tanto dinheiro gasto com futilidades, sem amparar os mais necessitados, o prefeito de Jaguarari segue na contramão de todo político que possui o senso humanitário. Basta ver as micro cestas básicas.