O Comitê de Crises e Contingências da Mineração Caraíba S/A (MCSA) recebeu comitiva da Prefeitura Municipal de Jaguarari (BA), na tarde do dia 27/04/2020, segunda-feira.

Estiveram presentes a diretoria da MCSA e membros do Comitê, além do prefeito do município, Everton Rocha, Secretário de Saúde, Rodrigo Cruz e demais membros da comitiva.

Na ocasião, a MCSA entregou aos representantes municipais a doação de 01 respirador mecânico, 1.000 kits para testagem (COVID-19), além de diversos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). Estes materiais serão utilizados no enfrentamento do coronavírus em nosso município.

A MCSA reitera o compromisso em zelar pela saúde de todos. Para vencermos esta luta contra o coronavírus é imprescindível juntarmos forças. Estamos ao lado dos nossos colaboradores e comunidades.

Todos contra o coronavírus.


A deputada federal, Lídice da Mata (PSB-BA) informou que pedirá ao secretário Mauricio Barbosa (SSP) uma investigação para o atentado contra o radialista Fábio Márcio apresentador do Jornal Livre, da Rádio Aymore FM, no município de Piritiba.

Fábio Marcio prestou queixa na delegacia local e relatou que sofreu tentativa de homicídio após terminar o programa.

Em depoimento, ele contou que seu carro foi alvejado por desconhecidos quando trafegava pela BA-131.

Lídice afirmou ainda que também acionará os sindicatos dos radialistas e de jornalistas para dar um suporte ao profissional.

Ascom Dep.Fed. Lídice

A Câmara Municipal de Vereadores de Jaguarari, em cumprimento a Lei federal de n.º 13.979, de 6 de fevereiro de 2020, ao decreto Municipal n.º 100, de 17 de março de 2020, aos decretos estaduais e as declarações da OMS - Organização Mundial de Saúde de pandemia da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Decretos estes que impossibilitam a realização das sessões presenciais, mas os trabalhos e as atividades da casa não param, os vereadores por sua vez tem fiscalizado todas as ações de combate ao Covid - 19, e a outras demandas, os vereadores tem prestado assistência aos moradores do município e promovido ações independente, e, ou em conjunto. Caso haja necessidade de convocação dos vereadores para realizar sessão extra-ordinária, onde esteja em pauta a votação de projeto que venha beneficiar a população jaguarariense, os vereadores serão convocados, conforme publicado em decreto legislativo de número 005, de 23 de março de 2020. 
          A casa legislativa continua funcionando internamente, com quadro de funcionários reduzido atendendo das 08h. às 12h. Funcionários de grupos de risco não são obrigados a exercer suas funções. Muitas das atividades da câmara estão sendo feitas internamente, ou em home Office.  Nesse período crítico a Câmara Municipal de Jaguarari continua a exercer suas funções com responsabilidade, honrando os seus compromissos, e elaborando projetos a serem inseridos nesse período critico e no processo pós pandemia. Estamos juntos, porém distantes; vereadores, funcionários e contratados trabalhando da forma mais humana possível. 


Câmara Municipal de Vereadores de Jaguarari

Jaguarari confirma o primeiro caso de Covid-19 no município. A informação foi divulgada de forma oficial pelo prefeito Everton Rocha durante entrevista concedida a radio local nesta terça-feira (28). O paciente de 36 anos é do sexo masculino e reside no distrito de Pilar, desde o dia 22 de abril encontrava-se sob o monitoramento pela vigilância epidemiológica do município, quando o mesmo foi submetido a teste rápido em laboratório particular. 
“Assim que fui informado pelo Secretário de Saúde solicitei que fossem tomadas todas as providências para a proteção do infectado pelo Covid-19 e toda a sua família assim como toda população do Distrito do Pilar consequentemente de todo município de Jaguarari, o momento de atenção total, a vida em primeiro lugar. Faremos tudo que seja necessário para proteção do nosso povo”, destacou o prefeito Everton Rocha.
Após o resultado do teste que confirmou o contato do paciente com o vírus, a secretaria de saúde realizou o teste Swab naso-orofaríngeo, enviando o mesmo para o Laboratório Central – Lacen BA, que confirmou o resultado positivo para SARS-Cov2. Diariamente estão sendo coletadas informações a respeito do quadro do paciente e sobre os contatos domiciliares e próximos.
“A secretaria de saúde está tomando todas as medidas protetivas de isolamento das pessoas suspeitas através de monitoramento diário, como também de pessoas próximas. Peço a toda população que permaneçam em isolamento social para que sejam minimizadas as chances de contaminação, como também evitem viagens a cidades com transmissão comunitária”, destacou o secretário de saúde Rodrigo Cruz.

ASCOM – Prefeitura de Jaguarari

Visualização da imagemEstá em fase final a segunda etapa do Programa Água Doce (PAD) na Bahia, com a conclusão das obras de instalação de mais 40 sistemas de dessalinização de água salobra no semiárido baiano, totalizando 295 dessalinizadores, em 56 municípios. Para honrar compromissos já assumidos durante a segunda etapa e conclusão das obras, o secretário do Meio Ambiente, João Carlos Oliveira, descentralizou recursos na ordem de 3,9 milhões, provenientes dos rendimentos do programa, para a Companhia de Engenharia Hídrica e Saneamento da Bahia (Cerb), unidade executora do programa na Bahia.

Na última semana, o superintendente de Políticas Ambientais da Sema, Claudemir Nonato e membros da coordenação do PAD/Bahia se reuniram com o diretor-presidente da Cerb, Antônio Matos, para definirem um calendário de finalização das obras. “A nossa proposta é que até o final do ano todos os dessalinizadores estejam prontos, levando em consideração as dificuldades administrativas e de logística impostas pela pandemia do coronavírus. Teremos que adiar apenas a pactuação da gestão do sistema com a comunidade beneficiada, pois estão proibidas reuniões que provoquem aglomerações de pessoas”, explicou Claudemir.

Novo Plano Estadual

A Sema irá pleitear junto ao Ministério do Meio Ambiente a formalização de novos convênios para 2020/2029 que prevê a implantação de mais 400 sistemas de dessalinização. O valor aproximado para esta nova fase do PAD na Bahia está estimado em R$ 200 milhões.

“Atualmente, no semiárido baiano, temos 232 comunidades pré-diagnosticadas em 66 municípios, aptas para implantação do programa, segundo sua metodologia (considerando: IDH, vazão do poço, número de famílias, qualidade da água, pluviometria, mortalidade infantil e acesso à água). Além desses municípios, temos mais 46 em condições de serem diagnosticados para atendimento ao programa”, explicou a coordenadora do PAD/Bahia, Luciana Santa Rita, ressaltando ainda que as comunidades serão novamente avaliadas para saber se já são beneficiárias de outros programas de acesso à água.

Nessa nova fase do programa, os sistemas contarão com energia solar para atender ao bombeamento do poço e também à unidade de dessalinização. Fator de extrema relevância, uma vez que em localidades no interior do estado há dificuldade na oferta de energia convencional e muitos problemas são pertinentes a instabilidade na rede elétrica. O sistema com energia solar permitirá ao PAD atender a comunidades mais remotas e carentes.

Dentro da proposta, o novo plano estadual do PAD prevê que dos 400 novos sistemas, 10 deles serão “Unidades Demonstrativas”, sistemas de dessalinização que além da oferta de água de qualidade para consumo, oferece também agregação de renda através da criação de animais (a exemplo de peixes e camarões) nos tanques de concentrado, e cultivos de vegetais adaptados a considerável nível de salinidade na água para irrigação.

Outra novidade ambiental, pensada pela SEMA, como fator inovador ao programa trata-se da restauração florestal da caatinga nas proximidades dos sistemas onde serão contemplados com Unidades Demonstrativas. A ideia será de uma restauração florestal nos moldes de agrofloresta resistente a áreas salinas/salobras, com espécies de uso econômico.

  Atenciosamente,

Intensificando a luta pelo 60% do precatório do FUNDEF, direito constitucional dos professores que atuaram na Rede Municipal de Ensino de Jaguarari no período de 1998 a 2006, o SINDSPUJ disparou ação judicial pedindo o bloqueio e o rateio respectivo. Tal ação, foi disparada antes do início da reforma das escolas deste município, pois estas devem ser melhoradas com os 40% deste precatório, mais de seis milhões disponíveis para o município. É dinheiro pouco? Não bastaria?   
   
Inclusive, nunca houve morosidade do SINDSPUJ para com a defesa do 60% referido, nem por qualquer outro direito! A competência e o compromisso deste sindicato é algo que vem se comprovando há décadas! Por qual motivo seríamos omissos na luta pela partilha devida deste precatório, se a própria Constituição Federal nos dar este respaldo? Nunca foi postura deste sindicato, dizer uma coisa e fazer outra. Porém, fazemos cada coisa no seu tempo devido e sempre com base na lei e no consenso de nossas assembleias. 

Jamais faltaria credibilidade dos servidores para com o trabalho do SINDSPUJ! Se um entre eles, julgou que este sindicato estaria omisso na causa do precatório em comento (a ponto de perder essa credibilidade), faltou com a verdade. Julgar sem o conhecimento da verdade, no mínimo é desleal! 

Descredibilidade seria, chegar numa assembleia (ou em qualquer outro ambiente), iludindo os servidores com discurso favorável para agradá-los, depois agir incoerentemente contra seus direitos. Se alguém já viu o SINDSPUJ agir de tal forma, se manifeste publicamente!  

Em relação ao reajuste salarial dos servidores que ainda não tiveram o direito efetivado no ano em curso (incluindo o Piso do Magistério), estamos atuando incansavelmente da forma possível, mesmo diante das determinações da OMS – Organização Mundial da Saúde por conta do avanço da Pandemia em escala global. Inclusive, de público, pelos meios possíveis na conjuntura atual, temos defendido veementemente tais direitos e continuamos nesta defesa! Muito em breve, outras ações possíveis serão concretizadas em prol destes direitos que gritam por efetivação.

Repudiamos o descumprimento de lei em qualquer tempo! Se o município não cumpre a lei de data base e a lei do piso, a arbitrariedade é dele e não do SINDSPUJ que o alertou desde o início de fevereiro, o mês da data base. Continuamos na luta! Não abriremos mão de nenhum direito! 

Oportuno dizer, que a nossa assessoria jurídica está trabalhando mesmo em quarentena, inclusive a ação judicial em defesa do 60% supracitado, foi disparada em tal período. Foi consenso de assembleia, que o SINDSPUJ e tal assessoria, saberiam o momento exato de disparar esta ação e assim o fizemos. Estamos trabalhando sempre, porém, utilizando as ferramentas não presenciais, até que a conjuntura local (e a mundial) seja revertida para sua normalidade. 

Se não fosse a pandemia referida, já teríamos executada várias paralisações em prol do reajuste em foco, incluindo o piso do Magistério. Como não está sendo possível aglomerar pessoas no momento, outras medidas serão adotadas, conforme dito.

O histórico e a trajetória de luta deste sindicato no passado e no presente, também comprova e continuará comprovando que ofícios protocolados em prol de direitos além de ser a forma de comunicação oficial, são documentos imprescindíveis para enriquecer denúncias e ações judiciais quando estas se fazem necessário para efetivar direitos negados na via administrativa. No contexto atual não seria diferente. 

Além do mais, busca-se o diálogo até em meio uma greve, e isso não impede a concretização do direito pelo qual se luta. Falamos isso por experiência própria! Quem não se lembra?

Assim, estaremos sempre abertos às críticas construtivas, a possível avaliação do nosso trabalho na condução das atividades do SINDSPUJ, em todos os aspectos pertinentes, em qualquer tempo. Mas toda avaliação precede de autoavaliação! Se não, é pura injustiça. 

Em breve faremos convocação para informações mais detalhadas, para possíveis decisões e encaminhamentos necessários! O diálogo será online, mas na forma mais interativa possível! Fiquemos atentos!

Nada nos tiraria o entusiasmo de lutar pelos direitos dos servidores que representamos de forma legítima! Nosso discurso condiz com a nossa prática e o nosso trabalho é transparente. 

Sigamos em frente! Continuemos a luta! Só assim os direitos serão efetivados! 

Na firme defesa dos direitos,

DIRETORIA EXECUTIVA DO SINDSPUJ

Curaçá – Depois de testar positivo da Covid-19 juntamente com pai, caminhoneiro alerta os colegas pelo WhatsAppUm áudio e uma mensagem de texto publicado nos grupos de WhatsApp composto por moradores de Pilar distrito de Jaguarari e do município de Curaçá, uma pessoa informava aos companheiros de trabalho que havia feito exame do Covid-19 e recebeu o resultado naquele momento e tinha dado positivo.
No áudio e no texto, a pessoa demonstrava preocupação com os colegas com quem teve contato nos últimos dias e pedia que eles procurassem um médico caso apresentassem qualquer coisa, “por mais besta que seja, meus sintomas foram normais e o médico que procurei primeiro havia diagnosticado como gripe e depois de insistir com o médico, foi coletado o material, enviado ao LACEN (Laboratório Central de Saúde da Bahia) e resultado deu positivo”, escreveu a pessoa.
Tocador de áudio
Este gesto de preocupação com as pessoas com quem teve contato e alertando para os riscos do novo coronavírus, levou o Calila Noticias a identificar este cidadão e no final da tarde desta quinta-feira, dia 23, o localizamos e recebemos dele a autorização para divulgar seu nome e sua história. Ele é sexto caso positivo de covid-19 nos últimos cinco dias no município de Curaçá.
Edson Júnior, 32 anos, caminhoneiro, casado, contou ao CN que na semana passada, choveu na região “e me molhei no trabalho e ao chegar em casa percebi meu corpo mole, sintomas de febre, tosse seca e tomei uma dipirona. No outro dia, fui ao médico e ele disse que era gripe, mas não me dei por satisfeito e pedi para fazer o exame da Covid-19 e o resultado deu positivo, porém não estou sentido absolutamente nada”, contou Júnior ao CN exatamente ás 17h10 desta quinta-feira.
Ele contou que seu pai, Edson Pereira, 66 anos, também fez o exame e deu positivo, mas também não está sentido nada de anormal. “Os sintomas do meu pai foram os mesmos que sentir, por isso coletamos também o material dele”, relatou Júnior.
Casado há 10 anos, a esposa do caminhoneiro está grávida de 09 meses e o parto esta previsto para o dia 01 de maio. “Ontem (quarta-feira), colhemos o material dela e estamos aguardando o resultado e se Deus quiser vai dar tudo normal”, disse Junior bastante otimista.
Atualmente Junior e seu pai estão de quarentena da família, enquanto a esposa foi pra casa da mãe dela. O local de trabalho de Júnior é uma mineradora localizada em Juazeiro distante 45 km de Curaçá, onde mora Júnior e grande parte dos operários.
No boletim epidemiológico sobre a situação do novo coronavírus divulgado pela Secretaria de Saúde de Curaçá nesta quinta-feira, confirma o registra de mais três casos confirmados, sendo uma jovem de 17 anos, um homem de 32 anos e um senhor de 66 anos. Eles se encontram em isolamento domiciliar e estão sendo acompanhados pela equipe de saúde.
O município tem ainda o registro de 26 notificações, com 10 exames já descartados e 10 em análise pelo Laboratório Central (LACEN) em Salvador e declarou transmissão comunitária na quinta-feira passada dia 16, com isso, não é mais possível identificar a origem do vírus no município.
Em nota, a Prefeitura, através da Secretaria de Saúde, reforça a necessidade de permanecer do isolamento social, orientando para que todos permaneçam em casa.

Fica ESTABELECIDA, no âmbito municipal, a reabertura de parte dos estabelecimentos comerciais e de serviços de Jaguarari, pelo período de 12 (doze) dias, contados do dia 23 de abril de 2020 (quinta—feira) até o dia 04 de maio de 2020 (segunda-feira), com a consequente adoção de restrições e medidas obrigatórias de prevenção e combate ao novo Coronavírus (COVID 19) seguintes alterações, ficando:

MANTIDO A PROIBIÇÃO DE CULTOS, MISSAS, E O FECHAMENTO DE BARES, LANCHONETES, RESTAURANTES, AGÊNCIAS DOS CORREIOS, HOTÉIS, POUSADAS, CLUBES, SINDICATOS, ASSOCIAÇÕES, ACADEMIAS E CASAS NOTURNAS;

AGÊNCIAS BANCÁRIAS, LOTERIAS E CORRESPONDENTES BANCÁRIOS, inclusive os denominados “CORRESPONDENTE CAIXA” na SEDE e nos DISTRITOS DE GAMELEIRA, PILAR e SANTA ROSA, podendo ser realizado todos os tipos de transações bancárias relacionadas com serviços essenciais, pagamentos de programas sociais, água, luz, boletos bancários, depósitos e retiradas;

PRESTAÇÃO DE TRANSPORTES INDIVIDUAIS (MOTO): Será permitida e mantida somente para entregas de materiais e produtos, ficando proibido o transporte de pessoas;

VELÓRIO: O acesso continua limitado a 15 (quinze) pessoas, conferindo-se a preferência aos parentes mais próximos do de cujus;
MANTIDA A PROIBIÇÃO DA REALIZAÇÃO DE FEIRAS LIVRES na SEDE do Município de Jaguarari aos sábados; no Distrito de PILAR às quintas-feiras; no Distrito de GAMELEIRA às quintas-feiras; no Distrito de SANTA ROSA às quartas—feiras; no Distrito de JUACEMA aos domingos, com a ratificação das demais determinações do DECRETO N.º 0120, de 24 de março de 2020 e da PORTARIA Nº 004, de 20 de março de 2020, publicada no Diário Oficial do Município.
Autorizada a reabertura dos BOXES DA FEIRA LIVRE DA SEDE DO MUNICÍPIO, que se situam na área de alimentação, para a venda exclusiva de cereais, queijos, requeijões, etc., mantido o fechamento dos demais boxes (restaurantes) e continuando permitida a venda por delivery.
PODERÃO FUNCIONAR OS SERVIÇOS ESSENCIAIS COMO: CLINICAS MÉDICAS, LABORATÓRIOS, FARMÁCIAS, POSTOS DE GASOLINA, SERVIÇOS DE DISTRIBUIÇÃO DE GÁS, SERVIÇOS DE DISTRIBUIÇÃO DE AGUA MINERAL, PADARIAS, ESTABELECIMENTOS DE FORNECIMENTOS DE INSUMOS MÉDICOS, DE ENFERMAGEM E DE HIGIENE, MERCADOS, AÇOUGUES, OPERAÇÕES DE DELIVERY E LOJAS DE PRODUTOS DE ANIMAIS;

FICA AUTORIZADA, COM RESTRIÇÕES, A ABERTURA DOS SEGUINTES ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS E DE SERVIÇOS: OFICINAS MECÂNICAS, BORRACHARIAS, CASAS DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO; LOJAS EM GERAL, TAIS COMO DE ROUPAS, CAMA, MESA E BANHO, PRESENTES, TECIDOS, CONFECÇÕES, SAPATOS, MÓVEIS E ELETRODOMÉSTICOS, UTENSÍLIOS, PAPELARIAS, ÓTICAS, PERFUMARIAS, SALÕES DE BELEZA, BARBEARIAS, CELULARES E ACESSÓRIOS, EMBALAGENS PLÁSTICAS, LOJAS DE SERVIÇOS, ETC...

FICA ESTABELECIDO PARA TODOS OS ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS, QUE ESTIVEREM EM FUNCIONAMENTO COM RESTRIÇÕES OU NÃO, AS SEGUINTES MEDIDAS OBRIGATÓRIAS A SEREM ADOTADAS:

Intensificar os procedimentos de LIMPEZA E HIGIENE do estabelecimento com ÁLCOOL 70%; Adotar mecanismos de RESTRIÇÃO DE ACESSO AO PÚBLICO e o distanciamento entre as pessoas; disponibilizar aos empregados e colaboradores equipamentos de proteção individual, LUVAS E MÁSCARAS; Deverão ser retiradas todas as CADEIRAS DE ESPERA;

PROIBIDA à entrada e atendimento de pessoas (CLIENTES) em todos os estabelecimentos comerciais, feiras livres e filas SEM O USO DE MASCARAS.
Os estabelecimentos que COMERCIALIZAM CALÇADOS deverão fornece PROTETOR PARA OS PÉS descartáveis aos consumidores que desejam “PROVAR” a mercadoria antes de sua aquisição;
PROIBIDOS, nos estabelecimentos que comercializam confecções, a prova de roupas em qualquer circunstância;
A VIOLAÇÃO DO PRESENTE DECRETO N.º 0155 de 20 de abril de 2020, aplicação de multa de R$10.000,00 (dez mil reais), Interdição temporária até a Interdição Definitiva com a consequente cassação do alvará de funcionamento;
QUALQUER CIDADÃO PODERÁ DENUNCIAR o descumprimento do determinado DECRETO através dos TELEFONES (74) 9 9976-4748 (74)-99948-0045.

POrtall Gameleira

MARI themes

Tecnologia do Blogger.