Servidores contratados pela Prefeitura de Jaguarari estão sendo demitidos por telefone

Imagem relacionada
O caos instalado no Município de Jaguarari após as decisões atrapalhadas do prefeito municipal, que suspendeu praticamente todos os serviços públicos, bem como o comércio local, está afetando toda a população, que se encontra ilhada, com fome, sem dinheiro e passando necessidades, pois não conta, ainda, com a assistência social.

Para piorar a situação, em especial da população mais carente, as casas lotéricas, bancos e correspondentes bancários estão proibidos por Decreto Municipal (0116 e 0118/2020) de receberem pagamentos e depósitos, o que inviabiliza o atendimento aos beneficiários dos programas sociais e prejudica os comerciantes.

As decisões impostas ao povo jaguarariense pelo gestor sem preparo, está tornando a população cada vez mais necessitada e abandonada por um executivo lotado de investigações e denúncias de cometimento de crimes diversos.

Se não bastasse impor a fome e a miséria ao povo, por medidas intempestivas e desastrosas, o projeto inacabado de prefeito, por meio de seus subordinados, estão demitindo servidores contratados por telefone (relataram à nossa reportagem várias pessoas que pediram sigilo da fonte com receio de retaliação), deixando mais pais e mães desempregados justamente no momento em que eles mais precisam de dinheiro para alimentar suas famílias e cumprirem com seus compromissos, coisa que aparentemente o prefeito não sabe o que é: CUMPRIR COM SEUS COMPROMISSOS.

Segundo algumas fontes, parte dos vereadores que apoiam politicamente este cidadão que recebeu mais de 9 mil votos de confiança, estão "cuspindo fogo" por conta das picaretagens associadas a gestão do prefeito intitulado "prefeito do pão", principalmente porque estas decisões equivocadas e sem justificativa aparente, respingarão nos vereadores que ainda insistem em apoiá-lo.