Após notificação judicial, Prefeito Everton Rocha tem prazo de 15 dias para apresentar defesa

O Prefeito de Jaguarari, Everton Rocha (PSDB) foi notificado pela Primeira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Bahia, onde é Réu e responde processo proposto pelo Ministério Público, que requereu o afastamento do gestor do cargo de chefe do executivo, devolução de mais de 1,4 milhão de reais e até mesmo o pedido de prisão preventiva.

O Desembargador Pedro Augusto Costa Guerra, que após decorrido prazo, 6 de março, poderá ou não acatar os pedidos do MP contra o Prefeito Everton Rocha.