Presidente da Câmara de Jaguarari, Márcio Gomes, tem suas contas referentes a 2018 aprovadas pelo TCM

Os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia analisaram e aprovaram, embora com ressalvas, na sessão desta terça-feira (03/12), as contas do exercício de 2018 de gestores de 24 câmaras de vereadores do estado. Alguns dos presidentes de câmaras não tiveram ressalvas graves, consideradas passíveis de multa, mas apenas formais. Outros foram punidos com multas de valor entre R$1 mil a R$3,5 mil, em razão de irregularidades, equívocos e omissões que foram constatadas quando da análise dos relatórios apresentados, pelos auditores do TCM e pelos conselheiros relatores.

O presidente da Câmara de Jaguarari, Márcio José Gomes de Araújo teve as contas aprovadas, referentes ao exercício financeiro de 2018.


Cabe recurso das decisões.