Caso 27ª Ciretran de Senhor do Bonfim; MP denunciou 13 pessoas


O Ministério Público de Senhor do Bonfim, denunciou na semana passada, onze pessoas que foram presas na operação da 27ª Ciretran, realizada no dia 21 de novembro, acusadas de estarem comercializando Carteira Nacional de Habilitação, com envolvimento de funcionários do órgão, e proprietários e instrutores de autoescolas. Também o MP denunciou um delegado, e um agente da policia civil.

Na denuncia contra o delegado, Edilzo, consta que ele tinha ligação com o vereador, Arlivan Gonçalves, e atuava para beneficiar o parlamentar, principalmente na liberação de presos e de veículos. Já o policial civil, William, segundo a denuncia do MP, teria atrapalhado as investigações, informado ao delegado, sobre o trabalho que a policia estava realizando.

A documentação já foi encaminhada para a justiça, cabe agora, o juiz decidir se aceita ou não a decisão, caso aceite, os acusados serão citados, e terão mais dez dias para apresentarem suas defesas, que mais uma vez serão analisadas pelo Ministério Publico, que terá mais cinco dias para se posicionar.

Ainda na denuncia, o Ministério Pública solicita que a Polícia Civil dê continuidade as investigações.

Fonte: ivansilvanoticia