Bahia tem primeiro Roteiro da Biosfera da Mata Atlântica no Brasil



A Bahia tem agora o primeiro Roteiro da Biosfera da Mata Atlântica no Brasil, que está situado na Costa dos Coqueiros, no Litoral Norte. O lançamento aconteceu durante o Seminário Nacional de Turismo e Mata Atlântica, realizado pelo Conselho Nacional da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica (CN-RNMA) nesta quinta-feira (8), em Praia do  Forte, município de Mata de São João.

O Roteiro da Costa dos Coqueiros é inicialmente formado por 10 Postos Avançados da região, são eles: Centro de Ecologia de Conservação Animal; Parque das Dunas; Fundação Terra Mirim; Parque Klaus Peters; Projeto Tamar; Espaço Baleia Jubarte; Reserva Sapiranga; Parque Sauípe; Ecoparque da Mata e a RPPN Lontra.

“É muito importante o lançamento desse trabalho piloto que será desenvolvido na região, porque demonstra o total empenho da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) e do Comitê Gestor da Área de Proteção Ambiental do litoral Norte, com o CN-RNMA. O Roteiro da Costa dos Coqueiros é um ótimo exemplo para construirmos uma agenda ambiental positiva com a área do turismo, e que tem tudo para ser reaplicado em outras regiões do Brasil", destacou o titular da Sema, João Carlos Oliveira.

Os Roteiros da Biosfera são circuitos compostos por atrativos turísticos que atuam em conformidade com os princípios da sustentabilidade e atende a critérios em acordo com os conceitos e funções da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica. “Seu objetivo é promover de forma integrada e participativa um turismo da sustentabilidade que valorize a paisagem, a conservação dos recursos naturais, os produtos e serviços associados à natureza e cultura regionais”, explicou a representante do Comitê da Biosfera da Mata Atlântica da Bahia, Adriana Lucia Batista.

O Seminário Nacional de Turismo e Mata Atlântica contou também com a participação do presidente da CN-RNMA, Clayton Ferreira; do representante da Convenção da Diversidade Biológica, Oliver Hillel; e de representantes da Secretaria de Turismo da Bahia, Ministério Público, da Prefeitura de Mata de São João e de instituições ligadas ao meio ambiente.