Na próxima segunda-feira (18), os titulares de linhas móveis pré-pagas que não atualizaram seus cadastros após terem recebido notificação das prestadoras terão as linhas bloqueadas na Bahia e em mais 16 estados.

A medida vale além da Bahia para consumidores de Alagoas, Amazonas, Amapá, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul,  Rio de Janeiro, Roraima, Sergipe e São Paulo. Menos de 1% dos 91 milhões de celulares pré-pagos dessas regiões apresenta alguma pendência cadastral.

Esta é última fase da campanha de comunicação aos consumidores com cadastros desatualizados, realizada pelas prestadoras Algar, Claro, Oi, Sercomtel, Tim e Vivo, dentro do Projeto Cadastro Pré-Pago, acompanhado pela Anatel. O objetivo da iniciativa é garantir uma base cadastral correta e atualizada, a fim de evitar a ocorrência de fraudes de subscrição (linhas associadas indevidamente a CPFs) e, dessa forma, ampliar a segurança dos consumidores.

A terceira fase da primeira etapa termina no dia 18 de novembro e alcança os demais estados do Brasil. Segunda e terceira etapas. Em 2020, serão iniciadas a segunda e a terceira etapas do Projeto Cadastro Pré-Pago. Além da disponibilização, prevista para o dia 6 de janeiro, de um Portal de Consulta de Linhas por CPF (em construção), serão realizadas outras medidas para melhoria dos procedimentos de habilitação de novos chips.

Como atualizar o cadastro. Quem tiver a linha pré-paga bloqueada poderá proceder à atualização dos dados cadastrais junto à sua prestadora por meio dos canais de atendimento disponíveis, como call center e espaço reservado ao consumidor na internet. Nesse contato, devem ser informados o nome completo e o endereço com o número do CEP. 

No caso de pessoa física, é necessário informar o número do CPF e, para pessoa jurídica, o CNPJ. Também poderão ser solicitadas informações adicionais de validação do cadastro.

Para garantir que o SMS de solicitação de recadastramento recebido foi, de fato, encaminhado pela prestadora contratada, o consumidor pode conferir os números utilizados pelas prestadoras para envio destas mensagens na página Cadastro Pré-Pago, no portal da Anatel na internet.

Em comemoração ao Dia do Professor, nesta terça-feira (15), a prefeita de Itaíba, Regina Cunha, presenteou hoje a categoria com a assinatura do Projeto de Lei que garante o pagamento de 60% dos Precatórios do Fundef aos Professores da Rede Municipal de Ensino. A assinatura aconteceu no gabinete da prefeita e hoje mesmo o PL foi encaminhado para a Câmara de Vereadores que deverá votar o projeto na sessão desta quinta-feira (17).

Depois de aprovada pela Câmara, a lei será sancionada pela Prefeita e junto ao Sindicato dos Servidores Públicos de Itaíba será encaminhada para homologação judicial, para, assim que a Justiça decidir, será feito o rateio com o magistério da rede pública de 60% dos precatórios do governo federal no antigo Fundef (Fundo Nacional de Desenvolvimento do Ensino Fundamental).

A lei foi fruto de um acordo da prefeita, juntamente com o Secretário de Educação, Júnior Brandão, com o sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itaíba e vai garantir cerca de R$ 7 milhões para rateio com os professores e professoras efetivos do município.

“Estamos cumprindo hoje mais uma promessa de nosso governo. Desde o início de nosso mandato que temos avançando na educação, seja nos índices do IDEB e IDEPE, como na valorização do magistério. E agora, assinamos a lei que vai garantir aos professores o que sempre consideramos seus direitos, os 60% dos precatórios do Fundef. Caberá após a aprovação apenas a justiça para que tudo seja homologado”, afirmou Regina.


Da assessoria de Imprensa do Município de Itaíba

Após ser denunciada por suposto tratamento desumano que teria cometido contra servidores da área de serviços gerais, a direção da Escola Municipal João Ferreira Matos (veja aqui), emitiu uma "nota de esclarecimento", com a intenção de tentar desmentir a denúncia aonde foi publicada em redes sociais. Acontece que a nota, que diz ser em nome da equipe gestora da referida escola acabou expondo erros grotescos, como por exemplo pontuação, acentuação, concordância e até mesmo o nome da secretaria de educação foi escrito de maneira errada, erros que a maioria dos alunos do ensino fundamental não costumam cometer.

Já no cabeçalho da "nota" a palavra "DEPORTO" aparece no lugar de DESPORTO, mesmo assim, a secretaria usa o termo "ESPORTE" e não desporto.

Palavras como por exemplo: EQUÍVOCO, TOMARÍAMOS, TAMBÉM, DÚVIDA, PRINCÍPIOS, CARÁTER, FARÍAMOS, HIPÓTESE e DISCÓRDIA, aparecem sem a acentuação gráfica, um erro primário raramente cometido por pessoas instruídas.

A "nota" também deixa transparecer que quem a escreveu não conhece a simples regra do singular/plural, observado no trecho "QUAISQUER ATITUDE QUE VIOLASSE OS DIREITOS DOS NOSSO FUNCIONÁRIOS". O correto não seria "quaisquer atitudes ou qualquer atitude"? E "homenagear aos professores", aprenderam em qual regra?

A concordância também foi "assassinada". Quando a "nota" diz: "SOMOS EDUCADOS PARA TRATAR O FAXINEIRO DA MESMA FORMA QUE TRATAMOS O PRESIDENTE, POIS PARA NÓS, O VALOR HUMANO ESTÁ NO CARATER (escrito sem acento na 'nota') E NÃO NO TRABALHO QUE REALIZAM", realizamos seria o correto para a concordância do sujeito oculto "nós" com o verbo "somos". Uma "nota" digna de uma direção altamente preparada para ocupar tal cargo.

Ainda no parágrafo acima citado é mencionado que o respeito à pessoa humana depende da educação que recebe, como se apenas as pessoas que passam pelo processo educacional fossem educadas para tal, ignorando que independa da personalidade e caráter de cada um ser ou não respeitoso para com os demais.

As pérolas são inúmeras, mas a "nota" fecha com "dez", em um parágrafo sem conexão, sem concordância e com a demonstração de total despreparo de quem a escreveu, sem contar o texto todo escrito em "caixa alta", demonstração cristalina de que quem a escreveu estava em um estado emocional totalmente alterado. Levando-se em conta que o objetivo seria "explicar" o que não foi explicado, os convites dos auxiliares de serviços gerais jogados no lixo, "gritar" através das palavras à sociedade, enseja pensarmos que coisas piores ocorrem naquele ambiente escolar.



João Conceição Silva, acusado de matar a ex mulher, Marlucia Moreira da Silva, em abril, de 2015, foi condenado pelo júri popular de Jaguarari, há 21 anos de cadeia em regime fechado, após alegações do Ministério Público, que pleitou a conde nação do réu.

O Tribunal do Júri, esteve reunido nesta quarta-feira, 13, e o réu, não compareceu, sendo considerado foragido da justiça.

A prisão preventiva foi decretada imediatamente após resultado final.


Relembre o caso:

O motorista João Conceição Silva, de 36 anos, que assassinou a ex-mulher Marlucia Moreira da Silva, 32,na cidade de Jaguarari (BA), foi preso, na quinta-feira (23), ao comparecer à sede da 19ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Senhor do Bonfim), acompanhado de seu advogado. Ele tinha mandado de prisão temporária em aberto. O crime aconteceu no dia 17 de abril.

João matou Marlucia com dois tiros na cabeça dentro da casa onde ela residia desde que se separou dele. Os dois estavam separados há dois anos. Na ocasião, ele foi até o endereço da ex-mulher buscá-la. Os dois iriam juntos ao fórum de Jaguarari para assinar a autorização de casamento deles, que tem apenas 16 anos. Assim que entrou no imóvel, o acusado sacou um revólver calibre 38 e efetuou os disparos.

Vizinhos disseram à polícia que ouviram o barulho dos tiros e que viram o momento em que o motorista saiu correndo do imóvel com a arma na mão. Ele disse à polícia que jogou a arma em um matagal durante a fuga. João encontra-se custodiado na carceragem da 19ª Coorpin/Senhor do Bonfim, à disposição da Justiça

Fonte: Blog do Walterley Khuyn


No dia 08/12(DOMINGO), às 16h, será realizado na QUADRA DE ESPORTE do CATUNI DA ESTRADA/JAGUARARI (BA), um BINGO beneficente em prol do José Milton (MILTINHO DO CATUNI), conhecido em toda região por trabalhar no CARRO DO OVO.

Miltinho Luta contra INÍCIO DE INFARTO e outros problemas de saúde, hoje se encontra sem PODER TRABALHAR, necessitando de uma série de exames e medicamentos. 

Está em circulação na cidade e região a cartela no VALOR DE 10,00 REAIS que tem como PRÊMIO: UM VEICULO MODELO PARATI. 
PARA CARTELAS DO BINGO E DEMAIS CONTRIBUIÇÕES:
  • Em Jaguarari (SALÃO DO PRESENÇA).
  • Estiva no MERCADO DO (JIVALDO).
  • Catuni da Estrada (PAULINHO DA IZI).
  • Abóbora (DONA ROSA).
  • Gameleira (ZAU).
  • Juacema procurar (RUBENS DA MINERAÇÃO).

  • ÔNIBUS saindo de GAMELEIRA passando por JACUNàe SEDE (Jaguarari).
Portall Gameleira


Por volta das 17h moradores da Rua do Bem- Te-Vi compartilham fotos e vídeos em grupos de whatsapp indignados com a situação que se encontra a rede de esgoto da Rua do Bem-Te-vi na Altura do número  59-E.
De acordo com a publicação do blog da Web Rádio Pignatari, a gerencia da empresa de saneamento básico, Embasa, já ciente do problema destinou funcionários para o local e informou que ainda hoje iria solucionar o problema da rede de esgoto.
Os moradores relatam que não é a primeira vez que acontece esta situação na rua e que já houve outros problemas semelhastes. 


O prefeito Rogério Teófilo anunciou, na noite da última quinta-feira (7), em vídeo publicado nas suas redes sociais (Instagram e Facebook), uma decisão da Justiça Federal autorizando o acordo e, consequentemente, rateio de recursos do Fundef para os professores da Rede Municipal de Educação.

Durante seu pronunciamento, Teófilo ratificou seu compromisso com os professores, principalmente no tocante ao rateio dos 60% dos precatórios do Fundef, e relembrou lei sancionada por ele que permite o acordo para que quase R$ 20 milhões possam ser divididos entre os professores.

“A Justiça suspendeu os efeitos da Lei, mas nós recorremos. Agora a pouco recebi a notícia que a Justiça Federal acatou nosso recurso e a possibilidade de acordo voltou a vigorar”, disse ele.

Apesar da decisão não ser definitiva, o prefeito está confiante. “O entendimento da Justiça a nosso favor é um importante passo para que, em breve, consigamos garantir o rateio do Fundef, o que, no meu entendimento, é um direito dos professores”, finalizou, ratificando o compromisso com a categoria.

A decisão foi emitida pelo juiz federa Aloísio Cavalcanti Lima, titular da 12ª Vara.


O 3º Beic/Juazeiro fará no distrito de Abóbora, no dia 15/11 um evento com o objetivo de homenagear os dois soldados que foram mortos por Lampião e seu bando no dia 07 de janeiro de 1929 naquele distrito.

Confiram na integra o relato do fato que faz parte de um período da história do Brasil:

A caçada começou em Curaçá, Bahia, o tenente Odonel, com mais quinze homens, embrenhados pela catinga brava e sol escaldante, como um mateiro, seguia o rastro do bando de Lampião. A volante chegou ao distrito de Juremal... era tarde demais! O bando havia assaltado o distrito há poucos minutos, tomando a caatinga por destino. A volante, já reduzida a oito homens – os demais foram retirados de combate pelo ambiente – seguia de forma obstinada em busca do bando.

Lampião, contando com ajuda de coiteiros, evitava o combate direto com a volante do tenente Odonel, entretanto, após saírem de Juremal, o bando estacionou no distrito de Abóbora. Ali fez farra e regalou-se. Mas... foram surpreendidos pela volante baiana. E lá, em Abóbora, Lampião sofreu sua primeira baixa em solo baiano. Um dos seus estimados líderes, conhecido por Mergulhão, tombou em combate! Além de Mergulhão cogita-se que mais três cangaceiros foram baleados.

Do lado da força policial, morreram dois soldados: José Rodrigues da Silva e Manoel Nascimento Sousa. Este episódio, foi o início de um derramamento de sangue impiedoso nas plagas do norte. Aquele 07 de Janeiro de 1929, foi o preâmbulo de chacinas brutais que o bando executaria em sua trajetória no Estado da Bahia, até serem mortos e decapitados em 28 de julho 1938, na grota de Angicos, Sergipe.

O diretor do CFAP/PMBA, Cel PM Carlos Alberto Neves da Silva, juntamente com o comandante do 3º BEIC, TC PM José Carlos Soares Mariano, tem grata satisfação de convidar a comunidade em geral, sobretudo as autoridades civis, militares e religiosas, além de toda a comunidade acadêmica, da região do Sertão do São Francisco e da Região do Piemonte Norte do Itapicuru, para comparecerem ao distrito de Abóbora, no dia 15/11/19, às 09h, quando será realizado um Parada Militar, em justa homenagem aos soldados que tombaram no cumprimento do dever, no dia 07 de janeiro de 1929, quando do enfrentamento a Lampião e seu bando.

Naquela ocasião, os soldados: José Rodrigues e Manoel Nascimento, em sacerdócio ao povo baiano, foram gigantes e destemidos, legando suas vidas ao firme propósito da função policial militar.

Ascom 3º BEIC

Poucos dias após a reunião do dia 01/11, com o presidente da Cerb, Antônio Matos, o deputado estadual Bobô (PCdoB) celebra as ações da companhia para melhorar a qualidade da água em duas comunidades de Jaguarari.
Uma equipe de técnicos esteve em Bendó, onde ficam os três poços artesianos que abastecem as localidades de Gameleira e Jacunã. "Foi um pedido do ex-prefeito Antônio Nascimento, que havia nos enviado fotos mostrando a água suja e, agora, nos informou do trabalho dos profissionais da Cerb", destaca Bobô. 

De acordo com o parlamentar, o trabalho consistiu em limpeza, aspiração e coleta de água nos poços artesianos para estudo e uma solução mais efetiva ao problema, beneficiando cerca de 5 mil famílias que merecem água de qualidade.


ANTÔNIO GONÇALVES

Em Antônio Gonçalves, a Cerb também concluiu o procedimento de coleta para análise da água, visando garantir que as famílias que moram na comunidade de Sapé passem a ver jorrar água própria para consumo humano, agricultura familiar e criação de animais.
"São pedidos importantes, de prefeitos e lideranças locais, que chegam ao nosso gabinete e que encaminhamos às secretarias, empresas e órgãos do governo estadual. O resultado não poderia ser mais gratificante para nós, deputados", afirma Bobô.

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Jaguarari, vem convocar Agentes Comunitários de Saúde, a participar de uma Reunião, no dia 13/11/2019 (nesta quarta), das 09:30h as 11:30hs, no Centro Comunitário de nossa cidade. 

Pauta:

1.Reclamação Trabalhista de 2009 e Precatório respectivo;

2.Possíveis encaminhamentos.

Portanto, se você pertence a esta categoria e está inserido neste precatório, compareça! Sua presença é indispensável!

Lembramos que nessa reunião, contaremos com a presença do Dr. Elói Correia Júnior, assessor jurídico deste sindicato, exclusivamente para discorrer sobre detalhes deste precatório, e para fazer qualquer esclarecimento que se faça pertinente.

Contamos com a adesão em massa! Não perca!

Atenciosamente!

              DIRETORIA EXECUTIVA DO SINDSPUJ

Por volta das 06:00 horas da manhã desta terça-feira, dia 12, o corpo da Jacobinense Vitória Nascimento, 18 anos, foi encontrado por mergulhadores voluntários  de Filadélfia.
Segundo informações, uma equipe do 9° Grupamento do Corpo de Bombeiros, sob o comando do Tenente Coronel Tarcísio esteve mergulhando durante todo o dia ontem a procura do corpo da jovem porém sem exito. Uma equipe da Marinha estava para assumir as buscas, com a utilização de um sonar, para detectar objetos no fundo da barragem, porém não foi preciso.
No sábado (9) a estudante e modelo Vitória realizava um passeio de jet ski, vindo a cair da garupa da moto aquática e desaparecer nas águas escuras da barragem, para desespero de familiares e comoção pública.
O clima é de forte comoção nas redes sociais e segundo um morador do Bairro Jacobina II, a mãe da jovem está em ‘choque’, acredita que a notícia e um fake news e aguarda o retorno de Vitória para casa.
Nesta segunda-feira, 11, as aulas foram suspensas no Colégio CEEP Felicidade, onde Vitória estudava e concluía este ano o ensino médio.

Filadélfia em Notícias.

A imagem pode conter: texto
O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Jaguarari, no uso de suas atribuições estatutárias, respaldado na Constituição Federal, nas leis do FUNDEF/FUNDEB e na PFC nº 181/2018, convoca todos os professores que atuaram na época do FUNDEF, para uma Mobilização nesta quinta (14/11/2019), das 8:30 as 11:30hs, no Centro Comunitário de nossa cidade.

Estamos falando de Mobilização em defesa de 60% do precatório do FUNDEF, recurso disponível neste município, que de forma legítima pertence aos professores que atuaram no período de 1998 a 2006, período de vigência deste fundo.

Refere-se a movimento sindical pacífico, também com o intuito de fazer com que o Governo Municipal utilize a segurança jurídica apontada pela Câmara de Vereadores deste município, assim como vem agindo diversas prefeituras do Nordeste, em favor da partilha legítima deste precatório.

Contamos com adesão da categoria, em massa!

Atenciosamente,


DIRETORIA EXECUTIVA DO SINDSPUJ

Um fato lamentável chegou até a imprensa através de uma denúncia de suposta discriminação praticada pela direção de uma escola da rede municipal de ensino de Jaguarari. De acordo com a denúncia que chegou à nossa redação, os convites que deveriam ter sido entregues aos funcionários públicos da referida escola, para participar de uma homenagem ao dia do servidor público não teria chegado a estes, porque foram jogados na lixo, de acordo com uma fonte que pediu para não ter a identidade revelada.

A mensagem de revolta deixa claro que o clima no ambiente de trabalho não é dos melhores na escola que não tem bons resultados nos índices de aprendizado medidos pelo IDEB - Índice de Desenvolvimento da Educação Básica.

Uma outra fonte disse ao Jornal da rádio TOP FM que a direção da escola João de Matos, escola que teria praticado ato de preconceito, segundo a denúncia, nega até mesmo um simples biscoito de água e sal as merendeiras e demais servidores de serviços gerais, segundo ainda esta outra fonte, a direção maltrata e humilha o tempo todo a equipe de merendeiras e auxiliares de serviços gerais.

a seguir a denúncia que chegou ao nosso blog e também WhatsApp:
 
"Venho através deste informar a todos a atitude vergonhosa e descabida do grupo gestor da escola municipal João Ferreira matos juntamente com alguns professores, onde realizaram uma festa que seria em homenagem ao dia do funcionário público no dia 26/11, excluindo de forma desumana e preconceituosa os funcionários de serviços gerais. Os mesmos ficaram perplexos ao encontrarem seus convites jogados na lata do lixo. Atitudes como essas são inaceitáveis, pois ferem a dignidade humana. Torna-se contraditório quando se fala em educação de qualidade e uma cidade para todos."

"Diretora lá não deixa os serviços gerais comer um biscoito daqueles de sal."
"São humilhados."
"A todo tempo."
"Lamentável."

Aguardamos o posicionamento da direção da Escola Municipal João Ferreira de Matos e também da Secretaria Municipal de Educação sobre estes fatos repugnantes.

A imagem pode conter: 8 pessoas
A assembleia Extraordinária do SINDSPUJ realizada em 05/11/2019, com os Agentes Comunitário de Saúde e Agentes de Combate as Endemias deste município, analisou uma proposta de plano de carreira para estes profissionais, cujo o evento contou com participação expressiva desta categoria.

Nesta assembleia, a comissão da categoria dos ACS e ACE, os diretores do sindicato e sua assessoria jurídica esclareceram sobre a importância de um plano de carreira que valorize e estimule a qualificação dos servidores que integram esta importante categoria.

Após a discussão da pauta e explanação do assessor jurídico do SINDSPUJ (respondendo a questionamentos), a proposta de plano de carreira foi aprovada, restando apenas que a comissão referida com apoio do sindicato e sua assessoria jurídica, aponte os possíveis ajustes necessários neste documento para em seguida encaminhá-la ao gestor municipal, onde se espera que esta proposta seja acolhida e que os passos necessários para torná-la lei sejam dados pelo referido governo, mediante diálogo com a categoria e este sindicato.

Firme na luta pela efetivação do direito, aberta ao diálogo,

Diretoria Executiva do SINDSPUJ


Duas motos de dados não anotados se envolveram em um acidente de trânsito na noite desta segunda-feira (11) em Uauá, no norte do estado. O acidente aconteceu na Avenida João Borges de Sá, em frente ao restaurante de Careca, próximo a “Orla Seca”.

De acordo com informações de testemunhas, um casal seguia em uma moto que se chocou em outra conduzida por um ancião.

Os evolvidos tiveram ferimentos e foram socorridos pelo SAMU para o Hospital Municipal Dr. Jair Braga. Não há informações do estado de saúde das vítimas.

Da Redação: UAUA.COM.BR


O União é finalista do Campeonato Jaguarariense de Futebol 2019. A equipe da sede do município venceu a Gameleira por 2 a 0 no Estádio João Monteiro, na tarde deste domingo (10/11) e agora aguarda o vencedor da partida entre Asa Branca e Pilar, que será realizado no próximo domingo (17). Os gols da vitória só saíram no segundo tempo, quando a partida se encaminhava para a decisão nos pênaltis. Felipão aos 30 minutos e Élton aos 49, deram a classificação ao União.

1.556 pessoas compareceram ao estádio neste domingo, para uma renda de R$ 7,780.00 (Sete mil, setecentos e oitenta reais).

No sábado (09), a garotada do juvenil do São José se classificou para a final, após vencer o São João por 3 a 1, e espera o vencedor da partida entre União e 6 de Agosto, que acontecerá domingo dia 17.

Foto: Ewerton Marcos/Ascom PMJ

Portal Jaguarari

Estão abertas, até o próximo dia 13 de novembro (quarta-feira), as inscrições para o Processo Seletivo simplificado para contratação temporária de pessoal para a Policlínica de Saúde da região de Senhor do Bonfim.
As vagas são para médicos anestesiologista, angiologista, cardiologista para ergometria, cardiologista para ecocardiografia, cardiologista clínico, mastologista, urologista, além de 5 técnicos de enfermagem.
O regime de contratação será celetista, com validade de um ano, podendo ser renovado por igual período. A inscrição será feita somente de forma presencial e compreenderá análise curricular para aferir conhecimentos e habilidades. Ficha de inscrição e demais informações estão disponíveis no edital do certame.
Os interessados devem entregar ficha de inscrição, currículo e documentos comprobatórios, presencialmente, no período de 8 a 13 de novembro, das 8h às 12h e das 14h às 17h (exceto finais de semana e feriados), na Prefeitura Municipal de Senhor do Bonfim, localizada na Praça Juracy Magalhães, nº 126, Centro, Senhor do Bonfim, Bahia.
Clique aqui para ter acesso ao edital completo.

Fonte: Sesab


A décima quarta Policlínica Regional de Saúde foi entregue à população pelo governador Rui Costa, nesta segunda-feira (11), em Senhor do Bonfim, no norte do estado. Com um investimento de R$ 23 milhões, a unidade dará assistência a 11 municípios da região que formam o Consórcio Interfederativo de Saúde: Andorinha, Antônio Gonçalves, Campo Formoso, Cansanção, Filadélfia, Itiúba, Jaguarari, Nordestina, Ponto Novo, Queimadas e Senhor do Bonfim.

“Esta é mais uma unidade de saúde na Bahia planejada e construída num modelo integrado. O Governo do Estado construiu a policlínica e o custeio com a manutenção será dividido entre o Estado e as cidades que fazem parte do consórcio, sendo que cada município pagará de forma proporcional a sua população”, explicou o governador.

A Policlínica de Senhor do Bonfim já começa a funcionar a partir desta terça-feira (12), oferecendo atendimento gratuito para cerca de 350 mil moradores da região. A unidade conta com uma equipe formada por 67 profissionais, incluindo médicos, enfermeiros, psicólogo, farmacêutico, nutricionista, ouvidor, assessores técnicos, assistente social, técnicos em enfermagem, técnicos em radiologia e assistentes administrativos. Ônibus equipados com ar condicionado e internet wi-fi realizarão o transporte dos pacientes que moram nos municípios vizinhos.

A unidade oferece consultas em especialidades como angiologia, cardiologia, endocrinologia, gastrenterologia, neurologia, ortopedia, oftalmologia, otorrinolaringologia, ginecologia/obstetrícia, mastologia e urologia. Também serão realizados exames como ressonância magnética (com e sem contraste), tomografia (com e sem contraste), mamografia, ultrassonografia com doppler, ecocardiografia, ergometria, mapa, holter, eletroencefalograma, raio-X, eletrocardiograma, endoscopia, colonoscopia, nasolaringoscopia, colposcopia, histeroscopia, cistoscopia, entre outros, ligados às especialidades de oftalmologia.

Na ocasião, o governador recebeu o título de Cidadão Bonfinense, entregue pela Câmara Municipal e entregou nove ambulâncias e um aparelho de ultrassom para municípios da região, totalizando um investimento de R$ 960 mil.

Policlínicas Regionais
Treze Policlínicas Regionais de Saúde já estão em funcionamento na Bahia. As unidades oferecem atendimentos a cidadãos das regiões de Guanambi, Jequié, Irecê, Alagoinhas, Feira de Santana, Valença, Santo Antônio de Jesus, Teixeira de Freitas, Paulo Afonso, Juazeiro, Vitória da Conquista e Jacobina e Itabuna. Ao todo, mais de sete milhões de baianos, em 279 municípios, já são contemplados pelas unidades. Além das que já estão em funcionamento e da entrega em Senhor do Bonfim, outras cinco policlínicas estão em construção nos municípios de Salvador (duas unidades), Barreiras, São Francisco do Conde e Simões Filho.
Infraestrutura
Ainda em Senhor do Bonfim, o governador autorizou a Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) a publicar o edital de licitação para a construção do Aerodrómo de Senhor do Bonfim, que contempla a construção da pista de pouso e decolagem, taxiway e pátio de estacionamento de aeronaves. Com investimento de mais de R$ 19 milhões, a obra terá uma configuração e infraestrutura básica, capaz de atender a operação de aeronaves típicas da aviação geral regional em atividade no país.

Rui também inaugurou obras de pavimentação na BA-131, na rotatória e no trecho que dá acesso à Policlínica. Também foram inaugurados quatro quilômetros de pavimentação com capa selante no trecho que dá acesso à BR-407, no povoado de Umburanas. Um investimento de R$ 2,3 milhões.
Outras ações

Rui Costa ainda autorizou um convênio no Âmbito do Projeto Pró-Semiárido com a Central das Associações da Agricultura Familiar do Território do Piemonte Norte do Itapicuru (CAAFTIPNI), para implantação do Empório da Agricultura Familiar, e outros dois convênios no Âmbito do Projeto Bahia Produtiva com a Associações dos Camponeses e Camponesas do Projeto de Assentamento Jiboia.

Na área de abastecimento, foi autorizada a implantação de um Sistema de Abastecimento de Água para abastecer o povoado de Picada. As obras irão receber um investimento de R$ 287 mil.

Também na oportunidade, o governador anunciou a implantação do sinal de telefonia celular da operadora Claro nas localidades de Tijuacu, Missão do Sahy e Quicé, através do Programa Fala Bahia.
Fotos: Paula Fróes/GOVBA

Um grupo no Whatsapp, formado por empresários apoiadores de Bolsonaro, se organizaram para contratar um snipper para atirar no ex-presidente Lula, durante discurso neste sábado (9) no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Paulo.
Nas mensagens, obtidas pela Revista Fórum, um empresário ressalta que Lula estaria desprotegido: “O Lula amanhã estará no ABC às 10h. Se alguém conhece algum snipper freelancer pode mandar… Nem escolta ele vai ter”, escreveu.
Outr empresário afirmou que Adélio não conseguiu concluir o atentado contra Bolsonaro, mas com Lula seria diferente: “Vamos fazer uma vaquinha! Se aquele débil que atacou o Bolsonaro quase conseguiu, a gente consegue com certeza!”
Segundo a revista, o Partido dos Trabalhadores foi informado sobre o grupo e os planos dos empresários.



A prefeitura de Jaguarari, por meio da Secretaria Municipal de Educação realizou na manhã desta quinta-feira (07), um lindo desfile que celebrou os 25° aniversário da Escola Municipal Marcelino Crisóstomo, com o tema: "Gameleira, Tão Real, Tão Nossa, Tão Rica quanto sua história".
Durante o desfile os alunos da escola mergulharam no passado e prestaram uma linda homenagem as personalidades e a cultura local.

O desfile foi aberto pela apresentação da Fanfarra Municipal de Jaguarari – FAMUJA. Nas demais alas foram lembrados alunos, personalidades que marcaram historia como o homem que deu nome a escola, a religiosidade de seus moradores, a economia local, os esportistas e as manifestações culturais presentes na localidade.

A diretora da Escola Municipal Marcelino Crisóstomo, Edineide Lourenço destacou a importância da escola ao longo dos anos. "São muitos anos de luta e crescimento, sempre com o objetivo de fornecer uma educação de qualidade para os nossos alunos", destacou.

ASCOM – Prefeitura de Jaguarari



O corpo da jovem Vitória Nascimento, 18 anos, ainda não foi localizado na barragem de Ponto Novo. A jovem se afogou na tarde deste sábado (9), enquanto fazia um passeio de jet ski. Frequentadores do local disseram que, após algumas manobras, Vitória e o condutor do jet ski, que seria um músico de uma banda de forró ainda não identificado, se desequilibraram e caíram na água.

Vitória submergiu nas águas e, desde então, não foi mais localizada. Após mais de 24 horas do ocorrido, a jovem continua desaparecida. O Jacobina Notícias apurou que, nesta segunda-feira (11), homens do Corpo de Bombeiros da cidade de Senhor do Bonfim darão início às buscas na barragem para encontrar o corpo da jovem. Até a publicação desta matéria, o condutor do jet ski não havia se apresentado para a polícia.

Vitória, que residia no bairro Jacobina II, é filha única. A tragédia envolvendo a jovem causa comoção em Jacobina e muitas são as mensagens de pesar nas redes sociais, por conta do ocorrido. Outras mensagens de amigos externam um sentimento de esperança. "A esperança é a última que morre. Que ela esteja viva, já que não encontrou o corpo, ainda há esperança".

Moradores da região onde ocorreu o afogamento contaram que, nessa época do ano, a quantidade de piranhas na barragem é motivo de preocupação. Por conta do risco, um alerta teria sido emitido para os banhistas há mais de um mês.


Fonte: Jacobina Notícias


No início da noite deste sábado (09), uma fatalidade foi registrada, quando um senhor de aproximadamente 65 anos, ou mais, seguia com sua bicicleta de marca Monark, cor vermelha, pela BR 407, trecho entre o Momentos Motel e o COHAB, Minha Casa Minha Vida, e foi atropelado no fundo de sua bicicleta, falecendo no local.



Ainda não sabemos a identidade da vítima, mas as características são as seguintes:

  • Aparenta entre 65 anos aproximadamente.
  • Cor morena
  • Altura aproximadamente 1,60 a 1,65 cm
  • Cabelos grisalhos
  • Usa camisa de botão, nas cores branca com listras azuis
  • Short de cor preta
  • Botas canos curtos
  • Ainda não se sabe que tipo de veículo atropelou o senhor, sua bicicleta ficou jogada na banca ao lado da pista, amassada principalmente na traseira, conforme mostra a imagem.


A PM e PRF estiveram no local, o DEP deverá recolher e providenciar a identificação da vítima.

Blog do Netto Maravilha

AS INVESTIGAÇÕES do assassinato de Marielle Franco estão contaminadas desde o início. Polícia Civil e Ministério Público do Rio de Janeiro, que deveriam estar atuando em conjunto, não param de bater cabeça, trazendo mais dúvidas do que respostas. Um ano e meio se passou e ainda não se sabe quem são os mandantes do crime. A única certeza até aqui é a de que há gente envolvida na investigação tentando boicotá-la para proteger assassinos e cúmplices.

Logo após o atentado, a então procuradora-geral da República Raquel Dodge tentou federalizar a investigação do caso, mas recuou após o MP-RJ questionar formalmente a sua interferência  junto ao Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). O caso se manteve no Rio cercado por fraudes e falhas inexplicáveis, como o sumiço das imagens que possibilitariam identificar os assassinos. No último dia do seu mandato, Dodge tentou novamente federalizar o caso junto ao Superior Tribunal de Justiça. O El País obteve acesso ao pedido em que a procuradora afirma que há no Rio uma “relação de promiscuidade” entre as polícias e os milicianos, o que impede que se chegue aos mandantes do crime. “Tal contaminação, além de gerar óbvia ineficiência (…) indica que existirão com absoluta certeza atividades deletérias [prejudiciais] feitas por criminosos infiltrados na Polícia”.

Depois que o nome do presidente da República surgiu na investigação, a coisa degringolou de vez. Em depoimento à Polícia Civil, um porteiro do condomínio onde o presidente mora no Rio de Janeiro afirmou que foi Jair Bolsonaro quem autorizou, horas antes do crime, a entrada de Élcio Queiroz, um dos milicianos suspeitos do assassinato de Marielle. Ele se encontraria com Ronnie Lessa, o outro suspeito, que também morava naquele condomínio. A informação foi vazada ilegalmente para o Jornal Nacional, que publicou na terça-feira e fez o bolsonarismo entrar em parafuso.

O JN apontou uma contradição no depoimento do porteiro: Bolsonaro estava em Brasília e não poderia ter autorizado a entrada. O jornalista Luis Nassif, porém, apurou que a comunicação da portaria com os moradores é feita por celular ou telefone fixo. Desse modo, Jair Bolsonaro poderia ter autorizado a entrada de Élcio mesmo estando em Brasília. Essa informação até agora não foi confirmada nem contestada por ninguém.

Depois da publicação da bomba, o presidente apareceu em uma live alucinada no Facebook negando tudo e dizendo que não irá renovar a concessão da Globo. Confirmou saber do surgimento do seu nome no caso desde o dia 9 de outubro, quando foi informado pelo governador Witzel, que teria cometido um crime ao repassar informação de um processo sigiloso. Aos berros, com palavrões e xingamentos, Bolsonaro se disse perseguido pela Globo. Tentava-se criar a narrativa de que o porteiro foi forçado a mentir para prejudicar o presidente.

No dia seguinte, o Brasil acompanhou pelo Twitter o trabalho do perito Carluxo, que gravou dois vídeos mostrando áudios do sistema de comunicação da portaria que provariam que o porteiro mentiu. Essa seria só mais uma nova bizarrice envolvendo a investigação, mas muitas outras ainda estariam por vir.

Promotoras do MP-RJ, então, correram para confirmar em entrevista coletiva a narrativa bolsonarista que o porteiro mentiu, o que é estranho, já que o próprio MP chegou a consultar a Procuradoria-Geral da República e o Supremo Tribunal Federal sobre o caso devido ao foro privilegiado do presidente. Uma consulta que foi feita sem o juiz do caso saber, o que é nada menos do que escandaloso. Alguém consultaria a corte suprema do país com base apenas em um depoimento suspeito contra o presidente da República? Não faz sentido.

O MP-RJ, depois de meses sem fazer nenhuma perícia no sistema de gravação do condomínio, correu para apresentar uma que confirmou a mentira do porteiro. Acontece que essa perícia no sistema de comunicação —  o mesmo que havia sido “periciado” por Carluxo anteriormente — não avaliou se houve adulteração na integridade do arquivo. Pior: os peritos receberam os arquivos, mas não tiveram acesso ao computador em que foram gravados. Neste sábado, 2 de novembro, o presidente confessou ter obstruído a justiça ao afirmar que pegou a gravação das ligações da portaria para que não fossem adulteradas. Ou seja, um dos citados em um inquérito criminal teve acesso a uma prova antes dos peritos, que, depois, não verificaram se houve adulteração. A perícia é uma farsa criada para validar a narrativa bolsonarista.

O Sindicato dos Peritos Oficiais do Rio de Janeiro rechaçou a perícia em nota, apontando que ela não foi feita por peritos oficiais, mas “por técnicos do Ministério Público, e teve como objeto um CD apresentado pelo síndico do condomínio”.  

A história apresentada pelo Ministério Público não fecha. Apesar da convicção das promotoras na entrevista coletiva, há muitas questões sem respostas. E o histórico da investigação não nos permite confiar nem por um segundo na atuação da parte do MP carioca responsável pelo caso.

Se o porteiro mentiu nos depoimentos, por que, no dia do crime, escreveu no livro de registros que Élcio pediu autorização da casa de Bolsonaro para entrar no condomínio? Ele pode ter se confundido, mas, entre tantas casas do condomínio, iria escrever justamente o número da de Bolsonaro? Por que a perícia do MP só foi feita após a divulgação do caso no Jornal Nacional? Por que a perícia não avaliou a possibilidade de adulteração do sistema?

Dois dias antes de Ronnie Lessa e Elcio Queiroz prestarem o primeiro depoimento, a esposa de Lessa enviou para ele uma mensagem com a foto da planilha de controle de visitantes na portaria do condomínio, indicando o acesso de Élcio para a casa de Jair Bolsonaro. Na mensagem ela pede para que Elcio Queiroz seja avisado. Qual é a explicação para isso?

Há muitos fios soltos e peças desencaixadas que o MP parece não fazer muita questão de explicar. Tudo fica ainda mais nebuloso quando ficamos sabendo que uma das promotoras que acusaram o porteiro de mentir é uma bolsonarista fanática que demonstra nojo de “esquerdopatas” nas redes sociais. Essa mesma promotora também é responsável pelo arquivamento do caso Amarildo, que foi sequestrado, torturado e assassinado por policiais militares, que ainda ocultaram o cadáver. O caso foi encerrado apesar da avalanche de provas incontestáveis. Ela também já pediu a soltura de dois PMs que foram filmados assassinando um suspeito que estava deitado no chão e desarmado. Esses policiais já haviam sido investigados por outras 37 mortes durante operações, entre elas uma criança de 11 anos.

Portanto, desconfiar de tudo o que vem dessa investigação não é nada mais do que uma obrigação moral.

Após o surgimento do nome de Jair Bolsonaro nas investigações, novas forças entraram em cena para defender a versão bolsonarista. Augusto Aras, o procurador-geral da República, chamou o caso envolvendo o presidente de “factoide” e afirmou ter arquivado a questão antes mesmo da reportagem. Com base em que ele afirma isso se nem a perícia no sistema havia sido feita? Por que ele só decidiu pelo arquivamento do deslocamento do caso para o STF depois da publicação do JN?

Em janeiro, quando ainda sentia uma certa necessidade de vestir o terno do republicanismo, Moro disse que ministros da Justiça de governos anteriores se “sentiam à vontade para defender membros do governo”, o que ele considerava inadequado. Pois bem. Bolsonaro ordenou que Moro interviesse no caso Marielle, fazendo o ministro cumprir o papel de seu advogado. Moro então mandou o MPF abrir inquérito para apurar se o porteiro mentiu, interferindo na esfera estadual, o que é uma bizarrice bem típica do modo freestyle de Sergio Moro em lidar com as instituições. Agora temos a PGR e o Ministério da Justiça atropelando a ordem institucional para defender a narrativa bolsonarista.

Bom, o fato é que não há nada até aqui que ligue diretamente Bolsonaro ao assassinato de Marielle Franco. Qualquer insinuação nesse sentido é equivocada. Isso não anula o fato de que a família Bolsonaro há tempos mantém uma relação de promiscuidade com integrantes da quadrilha suspeita de matar a vereadora. Os Bolsonaros já prestaram apoio político e financeiro para alguns dos ex-policiais suspeitos de integrar o Escritório do Crime, considerado pelo Ministério Público como o maior grupo de extermínio do Rio de Janeiro. Essas são afirmações incontestáveis. E, portanto, se o nome de alguém da família Bolsonaro surgiu na investigação, é necessário ser investigado profundamente. Mas, ao contrário, há claramente uma pressa dos órgãos competentes em apontar o porteiro como mentiroso.

Ligações perigosas
A teia que envolve a família Bolsonaro e a milícia suspeita de assassinar Marielle é extensa e vem de longa data. É importante relembrar. O chefe dessa organização criminosa, Adriano Magalhães de Nóbrega, é um ex-policial condenado a 19 anos de prisão por assassinar um guardador de carro que, segundo seus familiares, havia denunciado PMs que praticavam extorsões na favela onde morava. Quatro dia após a sua condenação, o então deputado federal Jair Bolsonaro usou seu mandato para prestar apoio ao criminoso condenado. Em pronunciamento no plenário da Câmara em 2005, disse ter acompanhado pessoalmente o julgamento desse que considera ser um “brilhante oficial” e repudiou sua condenação.

Adriano conseguiu o direito de ter um novo julgamento e foi absolvido em 2007. Mas acabou sendo preso novamente por participar de um atentado a um pecuarista numa guerra do jogo do bicho no Rio. Ele atuava como segurança de bicheiro. Enquanto esteve preso, Flávio Bolsonaro ajudou a família de Adriano, empregando a mãe e mulher em seu gabinete na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. Antes, já havia usado seu mandato de deputado estadual para, por mais de uma vez, render homenagens na Assembleia ao policial corrupto.

Fabrício Queiroz, um amigo de 30 anos do presidente da República, é parceiro de décadas do chefe do Escritório do Crime. Os dois se conheceram quando eram policiais na região de Rio das Pedras, bairro hoje dominado por essa milícia. No gabinete de Flávio Bolsonaro, Queiroz comandou a farra das rachadinhas com ajuda da mãe de Adriano.

É importante lembrar que Queiroz depositou R$ 24 mil na conta de Michelle Bolsonaro que, segundo o presidente, foi o pagamento de um empréstimo (feito sem nenhum registro) que ele teria feito ao amigo que estava em dificuldades financeiras. Um fato curioso já que esse mesmo amigo pagou recentemente R$ 133 mil em dinheiro vivo por um tratamento de câncer no Hospital Albert Einstein.

Élcio e Ronnie Lessa, os dois suspeitos pelo atentado contra Marielle e o motorista Anderson Gomes, são subordinados de Adriano dentro da milícia. Lessa não é apenas vizinho de condomínio de Jair Bolsonaro e Carlos Bolsonaro, como também é pai da ex-namorada de Jair Renan Bolsonaro, o filho mais novo do presidente. É difícil acreditar que Élcio e Ronnie Lessa matariam a vereadora sem o conhecimento de Adriano, o ex-policial corrupto homenageado por Flávio Bolsonaro que conseguiu empregar parentes no seu gabinete e ainda teve o privilégio de contar com apoio de Jair Bolsonaro no julgamento em que foi condenado por um homicídio.

Bolsonaro pode não ter nada a ver com o assassinato de Marielle, mas tem tudo a ver com os suspeitos pelo crime. Esse fato somado à lambança deliberada dos órgãos de investigação e às certezas infundadas do PGR e do Ministério da Justiça de que o porteiro mentiu mostram que há algo de muito estranho no ar.

The Interpept Brasil

MARI themes

Tecnologia do Blogger.