Pacientes da “casa de apoio” bebem água filtrada em filtro de barro. Água mineral é artigo de luxo

A “melhor casa de apoio” de todos os tempos de Jaguarari, que recebe pacientes com diversas enfermidades e em busca de diagnósticos não tem acesso a água mineral, mesmo tendo uma licitação de 4 mil garrafas de 20 litros a R$ 9,00 cada.
De acordo com uma pessoa que faz tratamento na capital Salvador, a única forma de beber água “limpa” na referida hospedagem é através de um filtro de barro, pois água mineral não existe lá para os hospedes, e que água mineral é artigo de luxo.
A publicidade que chega ao município é a de que tudo lá é de luxo e com alta qualidade, mas sem água mineral, sendo os pacientes obrigados a beber água da torneira coloca um xeque muitas das afirmações da administração municipal.