Por falta de doação de um terreno público, produtores da agricultura familiar de gameleira e adjacências podem perder recurso estadual no valor de R$ 285 mil reais

Fundada no ano de 1985, a ASSOCIAÇÃO DE MORADORES E PRODUTORES DA AGRICULTURA FAMILIAR DE GAMELEIRA, que por muitos anos vem beneficiando as comunidades, também disponibilizando trator agrícola para homens do campo, e que tem também como referência, a conquista da água tratada, encanada e rede de esgoto nas residências, vem passando por dificuldades.
A presidenta da associação nos relatou que por diversas vezes foi a PREFEITURA MUNICIPAL DE JAGUARARI com esperança de receber a doação de um terreno público localizado nas margens da BR-407 próximo a POUSADA JAGUAR na Cidade de Jaguarari – BA, mas que continua até então sem resposta do poder público. Isto levou a associação a procurar o site PORTALL GAMELEIRA para tornar público a situação.
É de estrema urgência que se consiga esse local pois, sem um terreno com apenas 15M (quinze metros) largura por 15M (quinze metros) de comprimento, a ASSOCIAÇÃO DE MORADORES E PRODUTORES DA AGRICULTURA FAMILIAR DE GAMELEIRA corre o risco de perder convênio junto com a CAA e PRO-SEMIÁRIDO no valor total de R$: 450.000,00 (quatrocentos e cinquenta mil reais).
O terreno seria de grande importância para a construção de um ponto comercial (loja), local usado para escoamento, venda dos PRODUTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR: frutas, legumes, artesanato, laticínios, mel... O Projeto gera emprego e renda para 140 famílias de quatro comunidades: Gameleira, Jacunã, Malhada da Areia e Várzea das Pedras.

Portall Gameleira