A Embasa informa que vândalos tentaram, na manhã de hoje (31), furtar um equipamento transformador de tensão de energia elétrica da estação elevatória responsável por bombear água para Santa Rosa de Lima, Bom Despacho, Sussuarana e outras localidades do município de Jaguarari.

A ação dos vândalos gerou danos no equipamento e em cabos elétricos, e, por isso, uma equipe da Divisão de Manutenção Eletromecânica da Embasa já está no local para a realização de serviço emergencial de reparo e manutenção. 

A conclusão dos trabalhos está prevista para ocorrer até amanhã de manhã (01 de setembro), permitindo a retomada gradativa do fornecimento de água nas localidades afetadas.

Atenciosamente

Assessoria de comunicação da Embasa

Dois bandidos em uma motocicleta assaltaram na noite desta quarta-feira (28/08), por volta das 19h46, uma padaria localizada à Rua Custódio Barbosa, centro de Jaguarari.

A dupla chegou ao local em uma motocicleta de cor vermelha não identificada e sem placa, o carona adentrou ao estabelecimento, deu voz de assalto, mostrou um objeto prateado, aparentando ser um revolver, deu uma sacola a vítima ordenando que lhe entregasse todo o dinheiro que estava no caixa, inclusive as moedas e o dinheiro que a vitima possuía em seu bolso, roubou também dois celulares modelo Asus Zenfone do jovem do caixa e de uma outra funcionária, em seguida a dupla fugiu sentido à Praça da Feira.

As imagens das câmeras de segurança registraram o assalto que durou menos de 40 segundos. O assaltante vestia um casaco preto, mangas cinzas, calças jeans e calçava sandálias, já o piloto da moto, vestia casaco verde com a marca da "Puma" nas costas, short jeans e calçava sandália, ambos estavam de capacetes o piloto de cor vermelha, o carona de várias cores, o que impediu a identificação dos mesmos.

O caso foi registrado na DT de Jaguarari, onde será investigado.

Portal Jaguarari


O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta quarta-feira (28) as estimativas de população dos 5.570 municípios brasileiros para 2019. A data de referência, para os números atualizados, é 1º de julho deste ano.

Os dados revelam que houve acréscimo populacional em cidades como Jaguarari, Senhor do Bonfim e Campo Formoso, na atual estimativa, se comparado aos números de 2018. Em paralelo, houve decréscimo populacional em cidades como Andorinha e Uauá.

No caso de Jaguarari, a estimativa do IBGE mostra que em 2019 existam 33.570 habitantes, acima dos 33.385 da estimativa de 2018, uma diferença de 185 habitantes a mais. Levando em consideração a estimativa de 2017, o município teve uma baixa de 929 moradores.

O acréscimo também foi identificado em Senhor do Bonfim, onde são 79.015 em 2019, contra 78.588 de 2018, segundo estimativas do IBGE, o que representa 427 habitantes a mais, e Campo Formoso, são 71.206 em 2019 e contra 70.912 de 2018, com aumento de 885. A presença de presídios nessas duas cidades, cujos detentos são computados no universo populacional, repercutem nesses números.

Já em relação a outras duas cidades pesquisadas pelo JAGUARARI NOTICIAS a situação foi inversa, segundo as estimativas do IBGE. Em Uauá, são 24.240 habitantes neste ano de 2019, contra 24.486 no ano passado, um saldo de 246 habitantes a menos. Em Andorinha são 14.595 habitantes em 2019, quando em 2018 eram 14.690, permitindo um saldo de 95 habitantes a menos.

A expectativa maior é pela realização do Censo e 2020, para atualizar os últimos dados, apurados em 2010, que permitirão mencionar uma realidade mais objetiva sobre o cenário populacional dessas cidades.

Fonte: Jaguarari Notícias

Na data de 27.08.2019, por volta de 10h30min a pessoa de EDINEIDE DA SILVA compareceu a esta DT de Jaguarari para prestar queixa contra seu ex-companheiro JOHNNY GOMES DA COSTA, que havia descumprido Medida Protetiva de Urgência no dia 23, no momento em que buscava atendimento, já no interior da delegacia, a vítima deparou-se com a entrada súbita do agressor tentando intimidá-la com a sua presença no local, imediatamente ao ver que a Autoridade Policial se fazia presente o agressor tentou evadir-se sendo contido pela Delegada que o deu voz de prisão com base no art. 24-A da Lei 11.340/2006, após o quê, foi lavrado o Auto de Prisão em Flagrante, estando o flagranteado recolhido a cadeia pública de Senhor do Bonfim a disposição da justiça de Jaguarari.

Fonte: DT de Jaguarari / 19ª. COORPIN

Nesta segunda-feira (26/08), policiais militares do 2º Pelotão da 3ª Companhia, conduziram a Delegacia um homem de 50 anos suspeito de roubar e estuprar uma mulher de 55, no distrito de Pilar.

Segundo as informações a então vítima acionou a PM informado que o suspeito teria lhe roubado um perfume no valor de R$ 360,00 (Trezentos e sessenta reais) na noite de domingo, posteriormente os militares tomaram conhecimento que a mulher também teria sido vítima de estupro e que o acusado seria o mesmo que subtraiu o objeto, diante disso a guarnição iniciou diligências encontrando o suspeito e o apresentando na Delegacia Territorial de Policia Civil de Jaguarari, aonde o caso segue sobe investigação. 

Portal Jaguarari

Caóticaa a situação do município de Jaguarari, administrado pelo prefeito Everton Rocha (PSDB). O município que arrecadou mais de 210 milhões em pouco mais de dois anos não consegue se quer realizar de forma adequada a limpeza das ruas do Distrito Pilar, responsável por grande parte dos recursos que caem nas contas da prefeitura municipal. 
O que a população do município passa hoje, nesta administração, jamais deveria acontecer, haja vista o município possuir recursos financeiros suficientes, mas padece de um gestor com competência, vontade de trabalhar de verdade e que ao invés de arrotar hipocrisia, exercesse as funções do cargo para o qual foi eleito. 


Por volta das 16h10, desta segunda-feira (26/08), durante patrulhamento na BR 407, altura do km 101, próximo a entrada da estrada que da acesso ao distrito de Gameleira, a Polícia Rodoviária Federal visualizou um homem caminhando as margens da rodovia com uma arma de fogo, tipo espingarda de fabricação artesanal.

Os patrulheiros abordaram o homem identificado como José Barroso dos Santos, deram voz de prisão e o conduziram até a Delegacia Territorial de Policia Civil de Jaguarari, aonde a Delegada titular Drª Maria Elisa Padilha Patriota estipulou fiança para soltura do acusado, que foi paga e o mesmo foi liberado. 

Portal Jaguarari

COMUNICADO


        
O SINDSPUJ – Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Jaguarari, comunica aos seus associados que o Dr. Elói Correia Júnior, assessor jurídico deste sindicato, estará dando plantão, nesta terça, dia 27/08/2019, das 08h30 as 15h30. Os servidores interessados deverão ficar atentos a esta data e a este horário, para se dirigir à nossa sede, localizada em Novo Endereço, na Travessa José Amaro, nº 02, nas proximidades da Agência do INSS, no centro de nossa cidade.

Portanto, se você é servidor público, compareça! O seu direito é a nossa causa.
     
       Atenciosamente,



DIRETORIA EXECUTIVA DO SINDSPUJ

        

        
                                                                    
  

                                                             
                                                           Jaguarari, 26 de agosto de 2019

Com a participação de mais de 800 estudantes atletas com faixa etária de 12 a 17 anos, tem início, nesta quarta-feira, 21, a etapa estadual dos Jogos Escolares da Bahia, reunindo alunos de mais de 80 escolas públicas e privadas da capital, da região metropolitana e do interior do estado.
A Escola Municipal de Produção e o Colégio Estadual Valter Brandão de Jaguarari; o Colégio Municipal de Araras, o Colégio Estadual Roberto Santos e o Colégio Estadual Luzia de Freitas de Campo Formoso são as escolas inscritas da nossa região na modalidade ATLETISMO.
A etapa estadual dos Jogos Escolares da Bahia é uma realização do Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação, da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esportes e sua autarquia Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), com apoio da Federação Baiana de Esporte Escolar, segue até 24 de agosto (sábado), dia em que terá a participação de cerca de 500 atletas que irão disputar as provas das modalidades individuais – natação, atletismo, badminton, xadrez, tênis de mesa, vôlei de praia, judô, ginástica rítmica e luta olímpica.
As diversas provas de velocidade, meio fundo e fundo, além de saltos, arremessos e lançamentos acontecerão no sábado, às 13h, na Pista do Colégio da Polícia Militar que fica localizada no Bairro de Pituba em Salvador.
Ao final da seletiva estadual, serão conhecidos os atletas que representarão a Seleção de Atletismo Bahia na etapa Nacional, organizadas pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB):  em Blumenau, de 15 a 30 de dezembro.

Vergonha, descaso, abandono, desrespeito! Estes são os mais sensatos conceitos que a população de Gameleira, Santa Rosa de Lima e região pode sentir na noite desta quarta-feira, 21 de agosto, quando foram ignorados pelo prefeito municipal e seu secretariado, os quais não compareceram para o diálogo que permitirá o consenso de como será feito o conserto da estrada que liga a sede ao distrito de Santa Rosa de Lima, passando por Gameleira.
A comunidade já fez duas outras reuniões, as quais foi ignorada por prepostos da prefeitura juntamente com o vereador da localidade, Dourival Borges.
Na reunião desta quarta-feira, apenas os vereadores William Rogers, Valdemilson Vieira e Zé Galego compareceram e demonstraram seu apoio a iniciativa da população.
Mais de 200 (duzentas) pessoas e líderes comunitários de várias comunidades que necessitam da estrada em tela compareceram e puderam notar a importância da união de todos. Todos os presentes lamentaram e repudiaram as ausências de outros vereadores, bem como do prefeito municipal e do secretário de infraestrutura (Fábio Vieira).
Após as duas primeiras reuniões, o estopim da indignação da comunidade foi a atitude sorrateira do vereador Dourival Borges com o apoio da prefeitura de Jaguarari, que sem ouvir e respeitar a opinião dos moradores deram início a colocação de um barro inadequado ao invés de utilizar cascalho.
Durante a ida da nossa reportagem ao distrito de Gameleira pudemos notar o péssimo serviço e a inadequação do material que está sendo colocado na estrada. Esta seria uma oportunidade ímpar para o vereador Dourival Borges e o prefeito Everton Rocha demonstrarem estar atentos aos reclames da população, que só quer o que lhe é de direito: trabalho, obras e aplicação justa e adequada dos recursos públicos.

Fundada no ano de 1985, a ASSOCIAÇÃO DE MORADORES E PRODUTORES DA AGRICULTURA FAMILIAR DE GAMELEIRA, que por muitos anos vem beneficiando as comunidades, também disponibilizando trator agrícola para homens do campo, e que tem também como referência, a conquista da água tratada, encanada e rede de esgoto nas residências, vem passando por dificuldades.
A presidenta da associação nos relatou que por diversas vezes foi a PREFEITURA MUNICIPAL DE JAGUARARI com esperança de receber a doação de um terreno público localizado nas margens da BR-407 próximo a POUSADA JAGUAR na Cidade de Jaguarari – BA, mas que continua até então sem resposta do poder público. Isto levou a associação a procurar o site PORTALL GAMELEIRA para tornar público a situação.
É de estrema urgência que se consiga esse local pois, sem um terreno com apenas 15M (quinze metros) largura por 15M (quinze metros) de comprimento, a ASSOCIAÇÃO DE MORADORES E PRODUTORES DA AGRICULTURA FAMILIAR DE GAMELEIRA corre o risco de perder convênio junto com a CAA e PRO-SEMIÁRIDO no valor total de R$: 450.000,00 (quatrocentos e cinquenta mil reais).
O terreno seria de grande importância para a construção de um ponto comercial (loja), local usado para escoamento, venda dos PRODUTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR: frutas, legumes, artesanato, laticínios, mel... O Projeto gera emprego e renda para 140 famílias de quatro comunidades: Gameleira, Jacunã, Malhada da Areia e Várzea das Pedras.

Portall Gameleira

Imagem relacionadaNa manhã desta quarta-feira, 21/08 por volta das 6h10, uma motociclista colidiu com um caminhão na entrada do Distrito de Pilar. Segundo informações do site da web rádio Pignatari, após o acidente o SAMU foi acionado, porém ao invés da ambulância da base de apoio de Pilar não foi utilizada, sendo enviada uma ambulância SAMU da base de Jaguarari, deixando a população local indignada com a postura do município.
Em nota, o município de Jaguarari diz que a equipe do SAMU de Pilar está em treinamento e só após que poderá está a disposição da população de Pilar.

Motoristas de transporte alternativo, que fazem linha Jaguarari à Senhor do Bonfim realizaram uma paralisação nesta segunda-feira (21/08) em protesto a modificação a artigos do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), aprovada pela Lei 13.855/19, que aumenta a punição para os transportes alternativos.

Os motoristas estacionaram seus veículos na entrada da cidade, ás margens da BR 407, sem alterar o transito da rodovia, no município de Filadélfia também foi registrado paralisação, além de algumas cidades e capitais pelo Brasil.

A lei que altera o Código de Trânsito Brasileiro, classificando o transporte alternativo como infração gravíssima, foi sancionada em julho pelo presidente Jair Bolsonaro.

Os artigos 230 e 231 determinam que “conduzir o veículo sem portar a autorização para condução de escolares, na forma estabelecida no art. 136“, e de “transitar com o veículo efetuando transporte remunerado de pessoas ou bens, quando não for licenciado para esse fim, salvo casos de força maior ou com permissão da autoridade competente“.

No caso do transporte escolar, a infração passa de “grave” para “gravíssima“, multiplicado o valor da multa em cinco vezes, incluindo a remoção do veículo. A infração por transporte remunerado de passageiros sem autorização, que atualmente é média, passará a gravíssima, também acompanhada de remoção do veículo.

A Lei prevê a remoção do veículo em ambos os casos, de forma a adequar a redação desses dispositivos à supressão da pena de apreensão veicular, que deixou de ser possível desde a edição da Lei nº 13.281, de 2016.

Quem for considerado irregular e for pego atuando no transporte alternativo, terá de pagar uma multa de R$ 1.467,35. Além disso, serão registrados sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) do condutor e seu será removido.

Portal Jaguarari

A imagem pode conter: céu, nuvem, atividades ao ar livre e natureza
A população de Gameleira há dias vem se organizando para exigir do prefeito de Jaguarari o cascalhamento da estrada vicinal que conecta o distrito de Santa Rosa de Lima à Jaguarari passando por Gameleira. Diante de vários prejuízos e riscos em decorrência do estado crítico em que se encontra a vicinal, moradores criaram uma comissão e duas reuniões já aconteceram, sem que um dos vereadores, que também é morador da localidade, participasse, mesmo caminho adotado pela gestão municipal.

No entanto nesta terça-feira, 20 de agosto, a prefeitura de Jaguarari iniciou uma ação de recuperação, segundo publicação, “atendendo a solicitação do vereador Dourival Borges”, que deixou a comunidade boquiaberta, pois os moradores já vinham solicitando o paliativo, inclusive com uma reunião agendada para esta quarta-feira, 21/08, para discutir as melhorias com a participação do legislativo, moradores e executivo e, nenhuma resposta oficial teria sido dada à comissão dos moradores acerca da “obra”.

Frente a suposta reforma, muitos moradores contestaram a qualidade do cascalho colocado na via, segundo eles, de péssima qualidade e que poderá agravar ainda a estrada, caso chova.

[Jaguarari: MPF recomenda que prefeitura suspenda pagamento de advogados com verba do Fundeb]O Ministério Público Federal (MPF) recomendou à prefeitura de Jaguarari, no Centro-Norte da Bahia, que sejam suspensos pagamento de honorários advocatícios com verba do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef), antecessor do atual Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb). A recomendação é assinada pela procuradora da República Analu Paim Cirne Pelegrine.

No procedimento, a representante do órgão federal recomenda que também que sejam anulados os contratos “decorrentes de processo de inexigibilidade e tenham previsão de pagamento a partir de recursos recebidos pela via dos precatórios, promovendo, inclusive, a anulação do referido contrato nesse particular, por ilegalidade e lesão ao erário, ou o ajuizamento de ação judicial para essa anulação”.

Na recomendação, foi considerado que alguns Municípios firmaram contratos advocatícios lesivos ao patrimônio público, prevendo honorários contratuais incompatíveis com o alto valor e a baixa complexidade da causa. Segundo a procuradora, os honorários contratuais têm chegado, por vezes, a 20%.

Considerando como exemplo um precatório de R$ 5 milhões, isso resultaria no pagamento de R$ 1 milhão com recursos públicos, para uma causa com peças-padrão. Não se pode esquecer, ademais, que os escritórios de advocacia já receberam honorários sucumbenciais no próprio processo judicial, arbitrados igualmente sobre o valor da causa. Se, além desses, receberem também honorários convencionais (contratuais) em altos percentuais, ter-se-á efetiva desproporcionalidade e lesão ao erário”, explica.

A procuradora recomendou também ao Executivo Municipal que aplique as verbas decorrentes de precatórios do Fundef exclusivamente na manutenção e desenvolvimento do ensino e valorização do magistério. Os recursos devem ser usados conforme plano de aplicação previamente elaborado, salvo autorização literal e expressa em decisão judicial para emprego em finalidades distintas.

Agora, o MPF aguardará o envio, pela prefeitura, de resposta indicando o acatamento ou não das medidas.


O Ministério Público estadual sediou hoje, dia 15, uma reunião para apresentação de diretrizes aos gestores municipais acerca da contratação de serviços de transporte escolar. Estiveram presentes promotores de Justiça, prefeitos, vereadores, gestores da educação dos municípios baianos e controladores internos. Na ocasião foi apresentada a Orientação Técnica (OT) nº 07 da Rede de Controle da Gestão Pública destinada a fornecer recomendações que podem subsidiar as prefeituras na contratação de empresas para o serviço de transporte escolar. “Nosso propósito é fazer com que a gestão pública funcione melhor. Por isso, a Rede de Controle analisou os modelos atuais de contratação do transporte escolar e elaborou essa nova orientação que possibilita aos entes municipais contratações mais vantajosas”, destacou o promotor de Justiça Luciano Taques. Ele dividiu a mesa de abertura com o vice-presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Antônio Carvalho da Silva Neto; o promotor de Justiça Valmiro Macedo, coordenador do Centro de Apoio Operacional da Educação (Ceduc); o auditor Ricardo Jonas, representando o Tribunal de Contas da União (TCU); o advogado Waldir Santos, representando a Ordem dos Advogados do Brasil - Seção Bahia (OAB-Ba); Ronaldo Machado de Oliveira, superintendente da Controladoria Regional da União no Estado da Bahia (CGU); o auditor Luciano Chaves do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE); Ronaldo Santana, do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM); e o procurador de contas do Ministério Público de Contas (MPC), Antônio Tarcísio Souza.

“A educação deve ser prioridade dos governantes. Além de inibir a criminalidade, reduz a pobreza e assegura o desenvolvimento do país”, destacou o promotor de Justiça Valmiro Macedo. O objetivo da Orientação Técnica é otimizar os procedimentos que devem ser praticados pelos Municípios sem prejuízos à administração pública. “Fizemos um diagnóstico da realidade dos municípios e constatamos que as empresas e cooperativas são meras intermediadoras financeiras do Poder Público com os efetivos prestadores de serviço, que assumem todo o ônus da atividade”, destacou o auditor da CGU, Márcio Augusto Andrade Sampaio. Ele ressaltou que em diversos municípios há superfaturamento expressivo no serviço de transporte escolar. “O modelo atual é ineficiente, antieconômico e altamente permissivo a fraudes, e, portanto, o não atende às finalidades da licitação”, destacou. Ele complementou que a orientação da Rede de Controle é inibir o intermediário de ‘fachada’ e, assim, permitir a contratação dos efetivos prestadores via MEI. Além disso, a licitação deve ser feita por item/rota específica e, caso não seja possível essa modalidade, deve ocorrer o credenciamento. “Isso representará uma redução significativa de custos”, afirmou.

A programação incluiu ainda uma apresentação da promotora de Justiça Mirella Brito, que falou sobre os resultados do projeto estratégico ‘Saúde + Educação’ no município de Irecê e na comarca de Nazaré. “Recebemos um número expressivo de reclamações sobre o transporte escolar e instauramos procedimentos administrativos para acompanhamento da execução das políticas públicas”, destacou. Ela falou também sobre a obrigatoriedade do Município registrar os veículos que fazem o transporte escolar no órgão de trânsito e que os motoristas que prestam esse tipo de serviço precisam estar habilitados na categoria D. Além do MP estadual, também fazem parte da Rede de Controle da Gestão Pública a Advocacia-Geral da União, a Auditoria-Geral do Estado da Bahia, Controladoria-Geral da União, Ministério Público Federal, Polícia Federal, Procuradoria-Geral do Estado, Tribunal de Contas do Estado, Tribunal de Contas dos Municípios, Tribunal de Contas da União, Receita Federal do Brasil, Ministério Público de Contas, Tribunal Regional Eleitoral e Departamento Nacional de Auditoria do SUS (Denasus).



A escola, a estrada e o posto de saúde da comunidade de Serra dos Morgados estavam em total estado de abandono e, conforme depoimento de uma moradora local, o prefeito Everton Rocha (PSDB) tinha conhecimento da situação desde o início de 2017 e mesmo assim só veio tomar uma atitude após a repercussão negativa ocasionada pelas cobranças da população através das redes sociais, deste blog e vários veículos de comunicação da capital e interior do estado.

Após perceber que a imagem de sua administração estava mais “encardida” que as paredes das estruturas do posto de saúde e escola da comunidade em comento, o então gestor tratou de se reunir com os moradores onde assumiu o compromisso de autorizar o início das obras, mesmo que atrasadas.

Conforme combinado com a população, as obras prometidas foram iniciadas, mas ainda não há uma previsão de conclusão, tampouco a qualidade dos serviços.

Foto: ASCOM

Escritor e Poeta Matheus Diniz fala da emoção de sua Poesia "Nosso Distrito Pilar" ser trabalhada, ilustrada e recitada por alunos no Colégio Pedro Calmon em Homenagem ao Aniversário de Jaguarari sob orientação das Professoras Silvana Lígia e Rosângela Lima.

"Quando sua Poesia é entoada por anjos me recordo que O Poeta outrora gritou nas entranhas da alma que é possível andar com os 'pés floridos', para isso requer de uma força invisível que movimenta as batidas do semear, do regar e do contemplar. É com muita emoção que vejo essas crianças andando com seus pés floridos suavemente pela proeza da poesia de cada dia, para isso elas tem mestres, mediadores, anjos que os guiam para esses caminhos da POESIA, DO LIVRO E DA LEITURA, assim PARABENIZO E AGRADEÇO as PROFESSORAS Silvana Lígia Gonçalves e Rosângela Lima pelo brilhante trabalho com essas crianças no Colégio Municipal Pedro Calmon em Pilar. Vocês me ensinam que é possível lapidar e pintar o mundo com Poesia... Obrigado, Obrigado e Obrigado! A Poesia sobre a História de Pilar ficou esplêndida na voz de cada anjinho desse e ainda contemplar cada ilustração feita por eles nas estrofes, isso me dá mais inspiração e combustível pra continuar semeando em terrenos diversos. Contem comigo sempre! Abraço!" 

Sabedor da magnífica história de Pilar, tentei em algumas estrofes sintetizar um pouco a imensurável memória desse lugar.

Segue a Poesia Completa:

Nosso Distrito Pilar

O que seria de nossa existência
Sem uma história pra contar
Sobre causos de uma cultura
Que tem muito pra mostrar
Conheça um pouco mais
O nosso Distrito Pilar

Para atender a Mineração Caraíba
Nasceu esse núcleo residencial
Que se tornou uma comunidade aberta
Graças ao desenvolvimento local
E é o mais importante distrito
Pelo poder econômico e cultural

Foi chegando gente de todo lugar
Com disposição e punho forte
Pois naquele sertão se encontrava
Uma grande produtora de COBRE
Que alavancou os rumos daquele povo
Por se tratar de um mineral de valor nobre

Em sua organização social
Tem a CDL, Rotary Club e Maçonaria
Associações de produtores e estudantes
Fincando elos de pura harmonia
Centro Espirita, Igreja Católica e Evangélica
Aposentados, esportistas e muita alegria

Do Rio São Francisco vem à água
Que abastece uma grande adutora
Leva água para comunidades vizinhas
Regando o chão de cada lavoura
Porque água é sinônimo de vida
Que potencializa as famílias produtoras

Nossa Educação é referência
Temos escolas de qualidade
Ensino infantil, médio ou superior
Formamos pessoas de todas as idades
Para exercerem bem cada papel
Com sabedoria, conhecimento e capacidade

A produção de Caprinos e Ovinos
É grande força na região de Pilar
A água irrigada gera riqueza
Para a Agricultura Familiar
Trazendo renda e comida da mesa
De famílias acostumadas a lutar

O deposito da Mina Caraíba
Foi descoberto em 1874 no vale do Curaçá
Lugar que pertence a Jaguarari
E muita riqueza veio proporcionar
Em 1974 a estatal Caraíba Metais
De fato começou a explorar

Se tornando a única fabricante
De Cobre eletrolítico do Brasil
Começou explorando a céu aberto
Com isso ela se expandiu
Criando a Mina Subterrânea
Trabalho e renda desse povo varonil

A construção da Vila Pilar
Se deu por detalhes de cada habitação
Casa de engenheiro tinha quatro janelas
A de uma janela era a de peão
Também com muitos apartamentos
Hoje muito mudou, mas continua a boa interação

Não existiam espaços de diversão
Com isso, Pignatari, dono da Fazenda Caraíba
Construiu a casa Pignatari para eventos
Um lugar para gente alegre e festiva
Mais tarde foi criado o Clube CVC e o Pilar
Espaços onde a descontração habita

Quem outrora pousou aqui
Com o intuito de apenas trabalhar
Foi fincando raízes sólidas
Se apaixonando por esse lugar
Pois aqui se encontra um paraíso
Com ótimas possibilidades para morar

Cada um com seu dom e talento
Fez de Pilar uma grande morada
Com a força da Mineração Caraíba
Alonga a esperança na jornada
Fazendo brotar em cada coração 
O desejo de continuar nessa terra abençoada

Que possamos continuar unidos
Em nosso município Jaguarari
Cada canto com seus encantos
São marcas próprias do povo daqui
Que vivem com a resiliência
E a fé de compartilhar e servir

Completar idade nova é uma dádiva
Parabéns Jaguarari, meu xodó do sertão
Sua força vem do povo forte
Que habita em toda sua região
O Distrito de Pilar parabeniza
Com todo o amor do coração

Matheus Diniz

Imagem relacionada
A Prefeitura de Jaguarari, administrada pelo prefeito Everton Rocha (PSDB) recebeu até o dia 21 (vinte e um) de agosto a quantia de R$ 3.921.448,77 (três milhões, novecentos e vinte e um mil, quatrocentos e quarenta e oito reais e setenta e sete centavos). Com o valor atual, os cofres da Prefeitura já receberam o montante de R$ 210.541.092,42 (duzentos e dez milhões, quinhentos e quarenta e um mil, noventa e dois reais e quarenta e dois centavos).

São inúmeras as deficiências notadas nos serviços públicos, onde em dois anos sete meses e vinte e um dia, desde que o governo “uma cidade para todos” assumiu a responsabilidade e o compromisso para com a aplicação dos recursos públicos, não se viu até aqui nenhuma informação ou obra que justifique o gasto de todo este dinheiro.

Sem nenhuma obra realizada no município, perguntamos: aonde e de que forma foi e está sendo empregado o dinheiro da população do município de Jaguarari?


Um fato inusitado aconteceu na última sexta-feira, 16 de agosto, em Jaguarari. De acordo com informações estudantes de Jaguarari que fazem cursos técnicos em Petrolina-PE foram barrados de adentrarem no ônibus pago pela Prefeitura de Municipal para o transporte destes. De acordo com o apurado por nossa redação, a líder do ônibus impediu que os estudantes tivessem acesso ao interior do ônibus sob a alegação que a prioridade é dos universitários, como se os impostos que geram o pagamento do transporte fossem direito exclusivo daqueles que cursam o ensino superior.
A decisão causou revolta e requer uma postura imediata do prefeito municipal, Sr. Everton Rocha, o qual a cada dia quer passa se ver cercado de pessoas que aparentam possuir total liberdade para impor as suas próprias vontades e decisões.
Em uma cidade onde as oportunidades de empregos estão cada vez mais “minguadas”, corroboradas com a enorme contratação de mão-de-obra “estrangeira”, a Prefeitura Municipal deveria incentivar a iniciativa de nossos jovens que buscam adquirir conhecimento técnico a fim de romperem a dependência do cabide de emprego chamado “padrinho político”, mas não, ao invés disso se omite e permite que “apadrinhados” decidam quem deve ou não o que fazer.
Entramos em contato com Maria Isabel, líder do transporte universitário de Juazeiro / Petrolina, a qual disse que “tem que dar prioridade aos universitários”, disse também que os estudantes “tem que ser gratos” ao prefeito de Jaguarari por pagar o transporte escolar. Isabel ainda disse que o número de estudantes excede o número de vagas e que estão tentando resolver a situação junto a Prefeitura.
Enquanto isso os estudantes de cursos técnicos seguem sem poder ir assistir as aulas.

Na última quinta-feira (dia 15/08/19), foi deflagrado na cidade de Senhor do Bonfim-BA, mas especificamente na sede da promotoria da mesma, a oitiva de supostos integrantes de organização criminosa com ligação com o Primeiro Comando da Capital (PCC).

Aconteceu o chamado Procedimento Investigatório Criminal (PIC), método instaurado pelos membros do Ministério Público que tem a finalidade de apurar a ocorrência de infrações penais de natureza pública, servindo como preparação e embasamento para o juízo de propositura, ou não, da respectiva ação penal.

Ao todo Nove Grupos de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaecos) do Ministério Público brasileiro realizaram, operações contra integrantes de organizações criminosas em todo o país. A ação nacional é articulada pelo Grupo Nacional de Combate às Organizações Criminosas (GNCOC) - colegiado que reúne os Gaecos de todos os estados brasileiros.

Na Bahia foram 19 mandados de prisão e 25 de busca e apreensão. A operação foi realizada nos municípios de Senhor do Bonfim, Jacobina, Juazeiro, Capim Grosso, Serrolândia e Lauro de Freitas.

Participaram da operação realizando a condução e a oitiva dos indiciados: onze promotores de Justiça, 74 policiais militares e 99 policiais rodoviários federais, sendo que inclusive alguns advogados puderam fazer a defesa técnica de seus clientes, podendo ter acessos aos mesmos com as devidas diligências que a Lei propicia, como por exemplo conversa reservada e direito ao silêncio.

Mas a final o que seria tal direito ao silêncio por parte dos investigados?

 "O exercício do direito contra a autoincriminação, além de inteiramente oponível a qualquer autoridade ou agente do Estado, não legitima, por efeito de sua natureza constitucional, a adoção de medidas que afetem ou restrinjam a esfera jurídica daquele contra quem se instaurou a persecução criminal.

Portanto cabe ao Estado demonstrar a veracidade de suas acusações para poder juntar o necessário de provas robustas que vise denunciar qualquer cidadão que seja investigado.

Diogo Costa
Advogado



Por volta das 23h00min noite dessa sexta-feira (16), um Caminhão de cor amarela, tombou na altura do Km 143, da BR 407, trecho do Distrito de Tijuaçu, zona rural de Senhor do Bonfim.

Nossa reportagem em contato com a PRF, foi informada que o veículo seguia sentido Bonfim a Filadélfia, carregado de papelão, quando tombou no local citado acima. Não houve vítima, apenas danos materiais.

Blog do Netto Maravilha

MARI themes

Tecnologia do Blogger.