Servidores da Prefeitura de Jaguarari seguem sem reajuste salarial, data base continua descumprida pela gestão municipal

Os servidores públicos da Prefeitura de Jaguarari, sem piso estabelecido em Lei, seguem com seus direitos atropelados pela administração municipal. A data base, fevereiro, pelo terceiro ano consecutivo continua sem ser cumprida. Enquanto municípios de menores arrecadações, como Filadélfia, por exemplo, os servidores que recebem um salário mínimo, o município paga o auxílio alimentação no valor correspondente a 11% do salário mínimo, Jaguarari continuam sem ao repor a inflação as diversas categorias que doam seu tempo e dedicação à população Jaguarariense.
Em 2017 os servidores que não contam com piso salarial, não foram respeitados e ficaram sem aumento salarial. 
Em 2018 apenas no último bimestre obtiveram um mísero reajuste de 5%, onde não foi respeitado o retroativo relativo à data base de fevereiro de 2018 e os meses contemplados no “acordo” foi parcelado em 20 meses, uma verdadeira mixaria.
Este ano, 2019, a Lei que estabelece o piso nacional foi aplicada a professores, agentes de saúde e de combate às endemias, já que não havia outra alternativa, mas mais uma vez os servidores, em grande parte, que recebem apenas um salário mínimo, continuam com seus direitos sendo ignorados e desrespeitados. Até quando?