Empresa de Salvador vence licitação da prefeitura de Jaguarari no valor de R$ 690.000,00 para combater piolho de pombos, entre outras pragas

A prefeitura de Jaguarari, que não reformou sequer uma escola municipal, vem realizando uma série de licitações para aquisição de diversos serviços e bens.
No último dia 10 de maio a prefeitura publicou no Diário Oficial, a ATA de uma licitação que tem como objeto o combate a piolho de pombos, descupinização, desratização, controle de aracnídeos, lavagem de reservatórios de água, roçagem e capinagem de prédios públicos. De acordo com os dados constantes da ATA, a empresa vencedora tem sede no Bairro de Pernambués, em Salvador, e o valor global da licitação é de R$ 690.000,00 (seiscentos e noventa mil reais).
Mas o que chama a atenção, de fato, é que, fora o aumento de muriçocas, não temos o conhecimento de reclamações da presença de outras pragas, sem contar que, pombos não são vistos, muito menos os seus piolhos. O que a população vê é a falta de reforma nos prédios escolares, postos de saúde e pavimentações irregulares ou esburacadas.