COM FALTA DE LOSARTANA POTÁSSICA NOS POSTOS DE SAÚDE, PREFEITURA DE JAGUARARI GASTA 40 MIL EM TRÊS ATRAÇÕES REGIONAIS

O critério para a escolha e pagamento de bandas para festejos realizados pela prefeitura de Jaguarari é um dos mais absurdos da região. Recentemente populares reclamaram da falta de losartana potássica de 50 mg, medicação utilizada para o controle da hipertensão, mas na contramão das necessidades da população carente, a citada prefeitura realiza a contratação de três artistas para se apresentarem nos festejos do distrito Gameleira por incríveis R$ 40.000,00 (quarenta mil reais). Uma das atrações que estará se apresentando na cidade de Juazeiro por volta das 21h do sábado (01/06), a prefeitura desembolsará o montante de R$ 25.000,00 (cinte e cinco mil reais). Em contato com alguns produtores de eventos da região, estes disseram que a referida atração não cobra mais do que R$ 15.000,00 (quinze mil reais) e por se tratar da sua segunda atração na mesma noite, o valor de 25 mil soa extremamente desproporcional, pra não dizer outra coisa.
Para se ter uma ideia dos super cachês pagos pela prefeitura de Jaguarari a artistas de renome local e/ou regional, ano passado a prefeitura, na administração do vice-prefeito, pagou R$ 16.000,00 (dezesseis mil reais) a uma banda da região do vale do São Francisco que se apresentou em 02 (dois) festejos, este ano, a mesma banda foi contratada para 01 (uma) única apresentação pelo valor de R$ 25.000,00 (cinte e cinco mil reais).
Existe falta de dinheiro para o desenvolvimento do município ou o excesso de vontade de pagar mais do que o normal com atrações musicais?
Ou existe algum produtor destes eventos obtendo vantagem indevida?
Qual o papel da Câmara de Vereadores do município, no tocante a estas contratações artísticas por valores acima do normal?
Vejam abaixo os contratos e valores de três das atrações dos festejos de Gameleira;