Prefeitura de Jaguarari arrecadou mais de R$ 5 milhões apenas no mês de março, segundo dados do Banco do Brasil

A Prefeitura de Jaguarari atualmente administrada pelo prefeito tucano, Sr. Everton Carvalho Rocha arrecadou no mês de março do corrente ano, o valor de R$ 5.077.078,55 (cinco milhões, setenta e sete mil, setenta e oito reais e cinquenta e cinco centavos). É um valor expressivo para um município que em 27 (vinte e sete) meses não conseguiu realizar sequer uma obra com recursos próprios. 
O que continua a causar estranheza é que nenhum dos dois gestores (vice e prefeito), em seus momentos à frente da administração não conseguiram fazer nenhuma ação transformadora, que foi a promessa de ambos no período de campanha.

Para o fim desta gestão, faltam apenas 21 (vinte e um) meses e levando-se em conta que os processos burocráticos travam muitos anseios dos chefes do poder executivo, que o município segue com pendências no CAUC (Serviço Auxiliar de Informações para Transferências Voluntárias), que é um serviço que disponibiliza informações acerca da situação de cumprimento de requisitos fiscais por parte dos municípios, dos estados, do Distrito Federal e de organizações da sociedade civil (OSC), necessários à celebração de instrumentos para transferência de recursos do governo federal, Jaguarari CONTINUA APRESENTANDO IRREGULARIDADES EM CINCO ITENS:
1. Regularidade quanto a Tributos, a Contribuições Previdenciárias Federais e à Dívida Ativa da União

2. Regularidade quanto a Contribuições para o FGTS
3. Regularidade perante o Poder Público Federal

4. Encaminhamento do Relatório Resumido de Execução Orçamentária - RREO;
5. Aplicação Mínima de recursos em Educação.