Demitido por apontar irregularidades na 1ª fase da gestão atual, Fábio Vieira retorna como secretário de obras do prefeito Everton Rocha

O prefeito de Jaguarari, Everton Rocha (PSDB), que em 2017 exonerou, segundo informações que circulou no meio político à época, Fábio Vieira Marques, por apontar diversos indícios de supostas irregularidades na gestão “Uma Cidade para Todos”, o nomeia para a atual administração, secretário de infraestrutura de obras públicas. Fabinho, como é conhecido, é filho do ex-vereador Marcos Vieira, do distrito Santa Rosa de Lima.

Quando vereador, Marcos Vieira, pai do atual secretário de obras, na gestão do ex-prefeito Antônio Nascimento (PT), foi um dos edis que mais criticou, cobrou e denunciou o gestor por supostas irregularidades e por contratar profissionais de outras cidades e deixar para os filhos de Jaguarari apenas a vassoura.

A postura séria e honesta de Fábio Vieira, não condiz com ilegalidades, foram dele e equipe da corregedoria uma série de apontamentos ao prefeito Everton Rocha de possíveis danos ao erário público, o que levou, de acordo com informações obtidas à época pelo Jaguarari Online, a pedirem a exoneração de Fábio, o que logo aconteceu.

Jaguarari passa por um dos mais sombrios períodos de sua história, onde em 25 meses de administração nenhuma obra foi realizada, nem por Everton Rocha, tampouco por Fabrício D’Agostino e, nestes mais de dois anos, 4 secretários ficaram à frente da pasta, mais de 165 milhões foram arrecadados e sequer uma pintura foi realizada nos prédios públicos, a começar pelo Hospital Municipal que tem a aparência de um imóvel abandonado.