Vereador quer derrubar liminar que determina a realização de nova eleição da mesa diretora da Câmara de Jaguarari

A eleição da mesa diretora da Câmara de Vereadores de Jaguarari, que aconteceu em 7 de junho do corrente ano, foi suspensa pelo TJBA e uma nova eleição está marcada para a próxima quinta-feira, 20. A decisão liminar que barra a reeleição do atual presidente Márcio Gomes, foi protocolada na Justiça pelos vereadores Marcos Quito, Neném do Catuni, Zé Galego, Paulinho Morgado, Josimar Zuza e William Rogers sob a alegação que o rito atropelou a Lei Orgânica do município que prevê a eleição para a última Sessão do segundo ano da mesa diretora, no caso o próximo dia 20.
Por ter sido eleito como segundo secretário na chapa com Márcio Gomes e alegando está sendo prejudicado pela decisão, o vereador Franco Melo ajuizou um Agravo de Instrumento (recurso) contra a decisão liminar que suspende o resultado da Sessão que elegeu a chapa para o biênio 2019-2020, caso o AI seja acolhido, o resultado será mantido, caso contrário poderá ter uma nova composição na mesa diretora.
O recurso aguarda julgamento e toda e qualquer decisão caberá recurso.