Servidores que acumulam irregularmente cargos ou excedam teto remuneratório estão na mira da prefeitura de Jaguarari

A prefeitura de Jaguarari, administração do prefeito Everton Rocha (PSDB), publicou nesta sexta-feira, 14, Portaria 002/2018, onde fica nomeada comissão que irá apurar casos de servidores municipais que acumulem irregularmente cargos, empregos ou funções públicas e/ou excedam o teto remuneratório.
[
A comissão está composta por Mércio Ferreira Lopes – Controlador Geral, Verilândia Maria da Silva Cardoso – Assessora Técnica, Carolina Veras Batista – Coordenadora, Márcio Luciano Gomes do Nascimento – Diretor de Direção e Gestão de Pessoas; cabe aos nomeados, coordenados pelo Controlador Geral, a responsabilidade de acompanhar e encaminhar ações com o objetivo de regularizá-los.

Nesta Portaria, três pontos chamam a atenção:
1. O “pente fino” será usado para todos, inclusive pessoas próximas e de confiança do prefeito?
2. Não há a necessidade de participação de representantes dos servidores, no caso o SINDSPUJ?
3. Se a Lei Orgânica foi reformulada e publicada no Diário Oficial da Câmara em 30/11/2017, por que a Portaria trata da Lei Orgânica de 11 de maio de 1990?

Decerto, esta comissão vai dá o que falar e se atuar de forma isenta, sem levar em conta questões políticas e pessoais, muitos benjamins serão encontrados.