Prefeito de Jaguarari persegue blogueiro, que é funcionário municipal, e revoga licença legítima e de direito

O prefeito de Jaguarari, Sr. Everton Carvalho Rocha (PSDB), retornou ao cargo com sede de vingança, desta vez, o alvo de sua ira foi o blogueiro do único meio de comunicação que torna público a verdadeira situação caótica em que o município de encontra.

Não satisfeito com a repercussão negativa causada pela perseguição de seu secretário de administração a telefonista, que possui limitações físicas, o gestor revogou, sem nenhuma justificativa, um direito legal concedido ao funcionário público municipal, Sr. Carlos Roberto dos Santos.

A revogação da licença prêmio, que duraria até o dia 3 de março do próximo ano, mostra claramente à sociedade jaguarariense, que o atual prefeito de Jaguarari visa, dentre outras coisas, perseguir aqueles, que, no seu modo de ver, são “pedras” em seu caminho.

Não há argumentos!

Não há justificativas!

O setor de combate as endemias, local onde o blogueiro/servidor municipal é lotado, via concurso público desde 01/06/2012, possui um quadro de funcionários suficiente para atender a demanda do município e, inclusive muitos outros agentes acabam ficando ociosos por não terem condições de trabalho. Assim, o que justifica ao então prefeito revogar um direito legal adquirido, senão perseguição política?

É de conhecimento de toda a Jaguarari, que entre a imprensa local, apenas o Blog Jaguarari Online publica denúncias e reclamações dos moradores contra as incoerências administrativas, e não é apenas da gestão atual, basta olhar para 2015 e 2016, quando por diversas vezes o Blog denunciou supostas irregularidades na administração do ex-prefeito Antônio Nascimento. Nos meses em que o vice-prefeito Fabrício D’Agostino, o blogueiro também tornou pública várias situações, como por exemplo a falta de iluminação em Juacema, falta de médicos no Hospital Municipal, São João 2018, atraso de pagamentos de transportes da saúde, falta de transporte para o TFD Pilar, dentre outros.

É vergonhoso, repugnante e inadmissível que este tipo de perseguição ocorra, justamente partindo de um homem que atuou na comunicação por mais de 20 anos e que por diversas vezes foi mal interpretado, ameaçado, espancado e até a vida em risco teve, como no episódio em que tentaram mata-lo a tiros de arma de fogo.

É incompreensível como o poder, a ambição e a arrogância ultrapassam os princípios religiosos e morais pregados nos microfones, tudo por conta do poder; para mostrar que manda, que é superior aos demais.

Espera-se que este seja o único e último ato de vingança praticado por esta gestão, e os seus, contra o blogueiro/funcionário público. Que outras ações covardes, mesquinhas e desumanas não venham a ser praticadas contra o responsável por este Blog, pois já está mais do que explícito os interesses da atual administração em silenciar o blogueiro do Jaguarari Online.