Funcionários contratados da prefeitura de Jaguarari denunciam prefeito por pagamento seletivo

Enquanto a Câmara de Vereadores retira processo de cassação do prefeito de Jaguarari, Everton Rocha e apoia seu retorno ao cargo, funcionários municiais contratados entram em contato com o Jaguarari Online para denunciarem atitude covarde e politiqueira do então gestor. Segundo denunciaram à nossa reportagem, a prática adotada pelo alcaide é típica de um regime arbitrário e perseguidor. Ainda segundo a denúncia, quando Everton Rocha foi recolocado na cadeira, pela Justiça Baiana, em 1º de novembro, a população não ficou sem os serviços, pois eles continuaram trabalhando até o dia em que foram oficialmente dispensados.

Hoje, ao tomarem conhecimento dos pagamentos dos contratados, foram até o banco e notaram que seus salários não estavam em conta e que somente os escolhidos pelo gestor, em seu retorno, receberam; o que denota que os pagamentos foram seletivos, não respeitando todos os profissionais que trabalharam.

O caso é bizarro! É estarrecedor para um município o qual seu gestor persegue, segundo relatos, aqueles que não são partidaristas a seu grupo e assim são penalizados com o não pagamento dos dias e plantões prestados ao município.

Até onde Jaguarari vai conviver com políticos mesquinhos, birrentos, perseguidores e desprovidos de sentimentos bons no coração?

Se este ou qualquer outro prefeito não quer pagar os funcionários por suas serviços, que enxotasse-os a pontapés logo no primeiro minuto que adquiriu o direito de decidir o que vai ou não fazer!

E perguntamos: É este o valor que o prefeito, que recebeu da Câmara de Vereadores o título de cidadão jaguarariense, dar aos profissionais filhos de Jaguarari e que trabalharam para o povo?

Os profissionais que nos procuraram, vários, esperam que o prefeito pense que o quanto seria doloroso ver seus filhos pedindo um presente de Natal e não ter condições de dá-los, e é assim, segundo os queixosos, que estão sentindo a dor, já que até o momento não possuem qualquer previsão de receberem os seus salários pelos serviços prestados.

Lamentavelmente Jaguarari, com a política atual, vice o pior momento de sua história.