Vereador Márcio Gomes rebate críticas após manifestar seu posicionamento político diante da atual conjuntura política de Jaguarari

O vereador e presidente da Câmara de Jaguarari, Márcio José Gomes de Araújo, criticado por adotar posicionamento neutro, frente a briga política e jurídica travada entre Everton Rocha e Fabrício D’Agostino, prefeito e vice, respectivamente, se pronunciou oficialmente na manhã desta segunda-feira, 12. Márcio Gomes, um dos vereadores mais aguerridos, enfrentou e colocou-se em posição de risco ao pautar todas as denúncias contra o prefeito Everton Rocha, acusado de cometimento de crimes político-administrativos.
Ao tornar pública a sua atuação, de agora em diante, e por entender que, mesmo não tomando partido (lado) diante dos conflitos de interesses do prefeito e vice, Márcio afirma que nunca foi, não é e nem será um vereador omisso e caso venha a ocorrer qualquer irregularidade que prejudique os interesses do município, não se furtará de denunciar e tornar de conhecimento da Justiça, da Câmara e da comunidade jaguarariense.
Por todas as críticas disparadas contra a sua pessoa, Márcio se diz decepcionado, porque é seu direito enquanto Chefe do Legislativo, de não brigar em defesa de nenhum dos membros do executivo. Gomes disse que seu compromisso é lutar pelo povo de Jaguarari.
Confira a íntegra da manifestação do vereador Márcio Gomes:

Bom dia a todos!


Todos sabemos que Jaguarari vive dias de insegurança político-administrativa. Mas tais questões estão jurisdicionadas, a Justiça está ciente de tudo e só depende dela para restaurar a harmonia e governabilidade em nosso Município. Resta, a nós, Vereadores, o papel que sempre coube, fiscalizar e observar os acontecimentos. Querem fazer politicagem com os últimos fatos, mas lhes digo que nessa “onda do aproveitamento e usurpação” não entrarei. Somos mais fortes do que isso. E Deus proverá e a população enxergará quem está querendo se locupletar e se “aproveitar” desse momento instável.
Seguiremos firmes e fortes em nosso propósito de vereador!
A Justiça tarda, mas não falha! Não deixarei que atos pequenos e sem noção sujem a minha imagem.
Não sou NEUTRO, até porque já dei demonstrações da minha coragem e hombridade, e não fico me escondendo e fazendo jogo duplo, precisamos seguir respeitando a independência entre os poderes e aguardando um desfecho jurídico rápido.
Espero que todos tenham consciência. Jaguarari clama por mudanças! Quem não ouvir o recado das ruas está fadado ao fracasso.
Abraços à todos,

Márcio José Gomes de Araújo
Vereador