Presidente do Comitê 9840 contra a corrupção não quer fazer parte do governo “Uma cidade para Todos”, será por quê?

O presidente do Comitê 9840 contra a corrupção, em Jaguarari, Sr. Admilson Ferreira da Silva, conhecido como Admilson da guarda, ferrenho no combate aos erros administrativos na administração pública do município de Jaguarari, que por diversas vezes, em seus posicionamentos contra supostas arbitrariedades a pessoas que precisaram dos serviços públicos, foi taxado de partidarista ao atual prefeito Everton Rocha, inclusive por ter sempre o espaço aberto nos microfones da rádio do então prefeito Everton Rocha, e que recentemente esteve dando entrevista na dita emissora de rádio, hoje surpreendeu a todos que acharam que, assim como um dos membros da diretoria do referido comitê, também teria espaço na gestão do governo “Uma cidade para Todos”, manifestou-se publicamente através de Ofício enviado à imprensa e publicado na redes sociais, onde afirma “QUE NÃO DESEJA PARTICIPAR DA GESTÃO PÚBLICA DA CIDADE DE JAGUARARI, POIS COMO É DE CONHECIMENTO DE TODOS, O REFERIDO COMITÊ É DE TOTAL ISENÇÃO E IMPARCIALIDADE”.
A atitude de Admilson é louvável, pois não fazendo parte da gestão, com certeza continuará denunciando aos microfones da rádio Liderança e ao Ministério Público a ausência de médicos no Hospital Municipal, Postos de saúde, bem como a correta aplicação do dinheiro público à serviço da sociedade Jaguarariense.
A população jaguarariense, nesta atitude, parabeniza a atitude do Sr. Admilson, em não misturar a árdua missão desempenhada no combate à corrupção com a política local.