População de Gameleira e região volta a ficar sem médico: PSF encontra-se fechado há 3 dias

O sofrido e prejudicado distrito de Gameleira, que terminou o ano de 2017 e entrou em 2018 sem médico em sua unidade de saúde, que atende também as comunidades de Jacunã e adjacências volta a sofrer o desprezo por parte da atual administração. Segundo informou moradores daquele distrito, desde que o prefeito Everton Rocha reassumiu a prefeitura, a população voltou a ficar sem assistência médica e para piorar, o PSF foi fechado no final da terça-feira, 6, e até o início da noite desta sexta-feira, 9, permanece de portas trancadas. Pacientes que faziam fisioterapia e acompanhamento de diversas enfermidades estão totalmente abandonados e não se sabe quando será normalizado o atendimento, já que nem secretário de saúde o gestor nomeou.
Cadê a prioridade com a saúde pública?