Cofres da prefeitura de Jaguarari já receberam mais de 3 milhões de reais em apenas 20 dias

A prefeitura de Jaguarari, no Piemonte Norte do Itapicuru, que atravessa uma das piores crises jurídica e política de sua história, que até a presente data não pagou os salários dos servidores da educação (efetivos e concursados), recebeu nos últimos 10 dias, ou seja, entre os dias 1º e 20 de novembro, o valor de R$ 3.273.017,16 (três milhões, duzentos e setenta e três mil, dezessete reais e dezesseis centavos).
Confira o detalhamento:
FPM - Fundo de Participação dos Municípios: R$ 1.756.324,31
ITR - Imposto Territorial Rural: R$ 358,17
ICS - ICMS Estadual: R$ 849.113,60
CFM - Departamento Nacional de Produção Mineral: R$ 1.378,72
IPM - IPI Exportação - Cota Município: R$ 6.885,59
FUNDEB - Fundo Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais da Educação: R$ 613.208,01
SNA - Simples Nacional: R$ 4.723,90
IPV - IPVA-Imposto sobre Prop. Veículos Automotores: R$ 34.599,97
CBA - FCBA-Fundo de Cultura da Bahia-LEI EST 9431: R$ 6.424,89
TOTAL: R$ 3.273.017,16

Fonte: Banco do Brasil