Julgamento de Agravo de Instrumento contra a CPP 01/2017 que cassou o mandato de Everton Rocha acontece na terça-feira, 6 de novembro

Resultado de imagem para julgamento
Foi divulgada pelo Tribunal de Justiça da Bahia – TJ-BA, a data de 6 de novembro para o julgamento do Agravo de Instrumento Nº 8002857-38.2018.8.05.0000 movido por Everton Rocha, contra a CPP 01/2017, que culminou com a cassação de seu mandato. A Sessão da Câmara que julgou o então prefeito aconteceu em 21 de fevereiro de 2018. Na ocasião, um grupo de pessoas entrou na Justiça pedindo a anulação da cassação, sob a alegação que não tiveram o direito de assisti-la. A Justiça local acatou o pedido, mas a Câmara recorreu e conseguiu derrubar a decisão. Na mesma CPP, Rocha conseguiu uma outra decisão que acabou por suspender a decisão dos edis, minutos após a posse de Fabrício D’Agostino, por decisão liminar do Desembargador Roberto Maynard Frank que será o relator deste caso na Sessão de Julgamento.