Jaguarari: Funcionalismo público municipal decide e greve geral deve iniciar a qualquer momento

Neste momento a Diretoria do Sindicato dos Servidores públicos municipais de Jaguarari,  em pronunciamento na Tribuna da Câmara, acaba de informar que a Assembleia dos Servidores aprovaram a greve geral no município, pelos descumprimentos legais do prefeito Fabrício Santana D'Agostino, que não aceita pagar o piso nacional do magistério e se recusa a pagar aumento salarial para todas as demais categorias com retroativo à data base. Por este motivos, o município deve enfrentar a greve geral a qualquer, podendo ser abortada apenas se o município recuar e voltar atrás de suas propostas. 
Mais informações serão atualizados após a Sessão.