Jaguarari: Exploração mineral sem retorno social leva moradores a protestarem nesta quinta, 20

Na manhã desta quinta-feira, 20 de setembro de 2018, a nossa redação recebeu vídeos e fotos de moradores que fecharam a estrada que liga Jaguarari – Lagoinha – Sítio do Meio – Oliveira – Mucambo – Campo Formoso. Os manifestantes, segundo informações passadas a nossa equipe, estão revoltados com a exploração mineral naquela região, concedidas pela prefeitura de Jaguarari, em 2017, na gestão do ex-prefeito Everton Rocha, onde foi, segundo eles, prometido que as mineradoras empregariam  a mão-de-obra local, faria a manutenção das estradas por onde suas máquinas e caminhões trafegam, contribuiriam com a saúde e perfuração de poços artesianos. Como nada do prometido pelo ex-prefeito, justificando a liberação das tais licenças ambientais está acontecendo, segundo um morador que não quer ser identificado, as comunidades resolveram fazer um protesto para que as autoridades fiscalizem as licenças de exploração mineral e também leve saúde, água e façam a manutenção das estradas.
Fato é, que a exploração de vários minerais estavam emperrados a anos, mas em menos de um ano de governo, o ex-prefeito liberou mais de 10 empresas para extraí-los, mas até o momento não há sinal algum de melhoria da vida da população em torno delas, muito menos foi colocado em prática algum plano de preservação ambiental das áreas destruídas com a atividade extrativista.


Será se a liberação desordenada destas licenças rendeu alguma vantagem para o ex-prefeito?
Que medidas o Ministério Público e o Conselho de Ambiente irão adotar para fiscalizar a exploração em curso?