Jaguarari: Bate-boca com colega de bancada, ao vivo, teria sido o motivo do “desligamento” da apresentadora do “Jornal do Meio Dia” da Rádio Liderança?

Na última sexta-feira, 17, após Geraldo Santos chamar de “sem moral”, um ouvinte que lhe criticou ao vivo, as apresentadoras Verilândia Cardoso e Eugênia Silva deram início a uma discussão um tanto quanto inusitada, ao vivo. A situação, diga-se de passagem, constrangedora, foi motivo de piadas e deboches em toda a região, principalmente por conta do bate-boca entre Geraldo e Eugênia, em que, ao que pareceu, Eugênia demonstrou-se insatisfeita com a postura do colega, por este não criticar o governo do prefeito Fabrício D’Agostino e afirmar que a outras prefeituras de região ele descia o “malho”.
Diante de toda a repercussão, ficam as perguntas no ar: Teria sido o bate-boca, a causa da saída de Eugênia do “Jornal”?
O certo é, conforme publicou em sua rede social, que Eugênia Silva, não mais trabalha na Rádio Liderança, o que em si é uma grande perda, pois, apesar do momento cômico em que se submeteu, detinha o carisma de parte dos ouvintes que o “Jornal” ainda possui.
Mensagem postada por Eugênia em seu Facebook: