Servidora concursada da Prefeitura de Jaguarari diz que seu salário foi descontando indevidamente

A servidora pública concursada Kelli Reijane Barbosa lotada na Prefeitura de Jaguarari chamou de irresponsável a ação que descontou o valor de R$ 640,00 de seu salário . Em relato enviado ao blog a mesma explica como tudo aconteceu, e acrescenta que não foi a unica prejudica com valores descontados. Confira:

"Indignação é o que me define como servidora publica da Prefeitura Municipal de Jaguarari-Ba. A referida prefeitura no ultimo dia 20/06/18 anunciou, publicou nas redes sociais e blogs da cidade que naquele dia estaria antecipando o pagamento dos servidores públicos e que pagaria 100% do salario. Para surpresa de alguns servidores ao acessarem suas contas, haviam valores exorbitantes descontados dos seus proventos indevidamente. Em busca de procurar a melhor forma de solucionar o problema, eu, Kelli Reijane, professora concursada do município de Jaguarari, no dia 21/06/18 fui até o setor de Recursos Humanos da prefeitura , o famoso setor pessoal, que no ensejo o responsável por tal setor me prometeu solucionar o caso e a devolução do dinheiro no dia 26/06/2018.

No entanto a partir desta data 26/06/1018 é só enrolação, ligam, mandam mensagem informando que será dia 29/06/18, outra hora dia 03/07/18 e continuo a esperar pelo o que é meu por direto R$ 640,00 que foi descontado indevidamente do meu salario.

Sabemos que hoje 06/07/18 estão pagando os trabalhadores contratados qual será a desculpa que o secretario de finanças irá informar desta vez?

Senhor Prefeito Fabricio Dagostinho, cadê a agilidade dos seu secretários? Foram ágeis para descontarem, por que não são ágeis para consertar seus erros?"

Por Kelli Reijane Barbosa

O espaço está aberto para a Prefeitura se pronunciar sobre o caso.