Prefeito e vereador de Jaguarari são denunciados ao Ministério Público

O atual prefeito de Jaguarari, Fabrício D’Agostino e o vereador William Rogers foram denunciados ao Ministério Público acusados de praticar os crimes de improbidade administrativa, danos ao erário público, violação aos princípios administrativos e enriquecimento ilícito. Os fundamentos que ensejaram as denúncias, de acordo os protocolos, estão baseados em suspeitas de supostas irregularidades praticadas pelos acusados, na realização dos festejos da padroeira do distrito Gameleira e na prestação dos serviços de coleta de lixo nas localidades de Jacunã e Gameleira.
Os autores das referidas denúncias, foram os ex-funcionários contratados pelo ex-prefeito Everton Rocha, o Sr. Robeilson Conceição de Oliveira (contratado até o mês de março de 2018 na função de servente, no distrito de Gameleira) e Gleison Carvalho dos Santos que ocupava o cargo de Diretor de serviços de atendimento ao cidadão e era considerado com responsável pelos eventos festivos no município.
Para apurar os possíveis crimes praticados pelos denunciados, o Ministério Público instaurou Inquérito Civil para investigar se houve o cometimento de crime ou não.