Ex-prefeito deixa de pagar transporte escolar e atraso pode levar a paralisação dos serviços

Os prestadores de serviços à educação de Jaguarari ameaçam parar. A situação insustentável, descrita pelos queixosos, é insuportável e chegou ao limite. Os donos de ônibus e demais veículos que transportam estudantes, relatam que o ex-prefeito Everton Rocha não pagou o mês de março, deixando todos no prejuízo. Únicos responsáveis pelo abastecimento e manutenção de seus veículos, eles afirmam que o pagamento de março tem causado prejuízos e a única solução no momento é parar. Na gestão do ex-prefeito, a empresa RGB Transportes e Locações, era a responsável pela contratação e fazia os pagamentos assim que recebia da prefeitura, mas segundo vários donos de transportes que prestam serviços à secretaria de educação, a empresa RGB não efetuou o pagamento do mês de março.
A prefeitura de Jaguarari disse ao blog Jaguarari Online, que o atual prefeito, Fabrício D’Agostino, que assumiu a gestão no início de abril, aguarda que a empresa RGB apresente a documentação referente ao mês de março para que as devidas providências sejam adotadas. Afirmou ainda, que o mês de abril deve ser pago até o final desta semana e uma nova empresa deverá ser contratada em regime emergencial.