ESCOLA MUNICIPAL DE PILAR COBRA EXTENSA LISTA DE MATERIAL ESCOLAR E MUITOS PAIS ESTÃO SEM CONDIÇÕES DE COMPRAR. EM NOTA SEMEC DIZ QUE LISTA DE MATERIAL É LEGAL.


Na noite da última quarta-feira (14), uma lista de material escolar solicitado pela Escola Municipal de Pilar, de crianças do 2º período escolar, foi divulgada nas redes sociais. De acordo com as informações que chegaram ao Jaguarari Online e que também circularam nas redes sociais, mães/pais destas crianças que estão matriculadas na referida Unidade de Ensino, estavam com as mãos na cabeça, pois diante de toda a crise e desemprego, não possuem condições de comprar o material solicitado e tampouco deixar seus filhos irem para a aula sem este material.
Conversamos com a secretária de educação, Sra. Edinéia Ferreira, que se comprometeu a buscar as informações com a diretora da Escola, e hoje, quinta-feira (15) nos enviou a nota abaixo onde afirma serem previstos em Lei, a solicitação aos pais, dos materiais solicitados.

Nota de esclarecimento
Escola Municipal de Pilar
Venho através desta, esclarecer a este meio de comunicação a informação passada à respeito da lista de materiais escolar individual de aluno alegando que a mesma não condiz com o permitido pela Lei de n°12886/13 (sessenta itens proibidos pelo MEC).
 Desde o início do seu funcionamento no ano de 1990 solicitou os materiais individuais aos alunos e não deixando de atender por falta do mesmo (Quem não tem condições não é obrigatório levar).
Grupo gestor.
Diretora da Escola Municipal de Pilar.