O Novo Governo Municipal, legalmente empossado em 29 de março de 2018, no sentido de garantir a ordem pública, como também, para assegurar a devida prestação dos serviços públicos à população jaguarariense, convoca a todos os servidores municipais (concursados, efetivos, comissionados e contratados), a realizarem as suas atividades normalmente. Caso contrário, a Prefeitura Municipal de Jaguarari adotará as medidas administrativas ou até judiciais cabíveis para garantir a continuidade dos serviços e o bom funcionamento da máquina pública.                
Portanto, se você tem algum vínculo com a Prefeitura de Jaguarari, compareça ao seu posto ou local de trabalho obedecendo regularmente sua escala para o pleno exercício da sua função.       

Fabrício Santana D'Agostino
Prefeito Municipal

Dr. Fabrício Santana D’Agostino, foi empossado no cargo de prefeito pela Câmara de vereadores, na noite desta quinta-feira (29/03). D’Agostino foi eleito como vice-prefeito na chapa junto com Everton Rocha prefeito. Já no segundo mês de mandato, Rocha perdeu o apoio de seu vice que não compactuou com a forma de governar, diferente da maneira prometida no período de campanha.
Rocha, um popular apresentador do jornal da rádio local, conquistou forte apoio popular, mas grande parte de seus discursos não foram postos em prática, o que afastou até mesmo 5 de seus 6 vereadores. Com apenas 11 meses de governo, Everton já era alvo de 9 procedimentos investigatórios do Ministério Público e em 30 de novembro de 2017 a primeira denúncia foi aceita por 12 dos 13 vereadores. No início de 2018, mais duas denúncias foram aceitas contra Rocha, que a esta altura só restava apelar as “brechas” judiciais e/ou “convencer” 4 dos 12 vereadores a apoiá-lo, assim evitaria possíveis cassações na Casa Legislativa.
A primeira “queda” política de Rocha veio em 21 de fevereiro, onde 12 vereadores votaram para cassá-lo, inclusive Dourival Borges e Reges do Joel, que após muitos questionamentos, cederam ao gestor e passaram a defende-lo, mesmo com todas as denúncias na Câmara e MP. Pouco tempo após sofrer a primeira cassação, uma liminar do Desembargador Roberto Frank postergou o fim do mandato de Everton.
A segunda situação crítica da administração de Everton veio à tona no dia 4 de março, quando o MP pediu o seu afastamento por 180 dias, que ainda não foi deliberada pela Juíza da Comarca de Jaguarari, porém o multou e bloqueou seus bens e quebrou sigilos bancários e fiscais.
Já na tarde desta quarta-feira (28), uma ampla operação do Ministério Público Estadual (Jaguarari, Bonfim e Irecê) deixou mais evidente que a licitude dos atos administrativos do prefeito de Jaguarari, não “cheira a honestidade”. Durante a ação, computadores, celulares, documentos e um cofre foram apreendidos. De acordo com informações, o ex-secretário de saúde, Dr. Amilton Soares e o atual pregoeiro da prefeitura de Itiúba, Aldenor, foram abordados por prepostos operação “Fallitur Visio” com o objetivo de cumprirem mandados de busca e apreensão de leptop’s, computadores, celulares e documentos. Os promotores e as polícias envolvidas (Civil, Militar e Rodoviária Federal) adentraram a prefeitura de Jaguarari às 11h40 e só saíram às 15h50.
Por fim, na tarde desta quinta-feira (29), a Câmara votou pela cassação do mandato de Everton Rocha que foi acusado de cometer fraude em uma licitação de software do setor de tributos. A votação pelo fim do mandato do gestor foi determinada por 10 votos contra 3. Dourival Borges e Reges do Joel, que por várias vezes disseram em público que defenderiam o povo de Jaguarari, desta vez optaram por apoiar Everton Rocha, responsável pela estagnação da saúde, educação e grande parte dos serviços públicos e que minou com o crescimento econômico do município.
Diante de todo este cenário turbulento, a Câmara empossou Dr. Fabrício D’Agostino, que prometeu fazer uma real transformação de Jaguarari, mas que para tal, necessita do apoio do Legislativo e da população de modo geral. Após a posse na Câmara, D’Agostino foi até a prefeitura onde tomou, de fato, a posse do cargo. Em mensagem a população, através do Jaguarari Online, Fabrício desejou paz e tranquilidade por parte da população e frisou que estará anunciando nas próximas horas, parte da sua equipe de trabalho.



O Presidente do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, Desembargador GESIVALDO BRITTO determinou a suspenção da liminar que suspendia a realização da Sessão de julgamento do prefeito EVERTON ROCHA pela Câmara de Vereadores de Jaguarari. A decisão proferida ontem em favor de Rocha, que tenta desesperadamente fugir do julgamento pelos crimes a que é acusado, fraudar licitação, conforme denúncia apurada pela CPP 001/2018, fere a ordem pública, porquanto representa uma indevida interferência do Judiciário nos atos interna corporis da Câmara Municipal de Jaguarari, fragilizando o princípio da separação e harmonia entre os poderes, concluiu Gesivaldo.
Com a decisão do Desembargado / Presidente do TJ-BA, os trabalhos da Câmara de Vereadores estão mantidos e a sua realização, marcada para esta quinta-feira, 29 de março, às 14h cumprem todos os requisitos legais.


A Escolinha de Atletismo Flamengo recebeu nessa semana duas remessas de tênis usados e em bom estado, além de camisetas de corrida vindas de Petrolina, de São Paulo e de Minas Gerais.
Isso já acontece desde a fundação da entidade, visto que sem a solidariedade das pessoas jamais o projeto estaria funcionando há tanto tempo, mais precisamente 12 anos.
A cada ano novos alunos/atletas são. matriculados e um calçado faz a diferença, já que o mesmo tênis que serve para fazer as atividades do espetacular atletismo também é usado para ir à escola e até mesmo a diversão do domingo. Essa é a diferença que vem acontecendo nesse povoado de nome emblemático.
A entidade beneficiada gostaria de agradecer aos atletas da Fonte São Paulo, Equipe Labex Unicamp, alunos do professor Cristiano Amaral de Valinhos, Clube Cultura Artística de Campinas e da Corpo Ativo Assessoria Esportiva, por acreditarem na campanha e ter doado os respectivos tênis, meias, bonés e camisetas de corrida.
Ao professor Dr. Luiz Vieira e sua equipe da faculdade de engenharia de Unicamp e a Patrus, uma empresa conhecida em todo o Brasil, que mantém a sua ação solidária em diversos projetos, levando alegria e esperança para comunidades que muitas vezes não têm objetos que as pessoas, as vezes jogam fora.
Agradecimento especial ao Professor Ronaldo Dias e Sérgio Leocádio que ajudam na perpetuação dessa escolinha que cumpre seu primeiro objetivo que é alimentar em todos esses que é um dos sentimentos mais nobres da natureza humana: a SOLIDARIEDADE.
"Somos um elo de ligação entre os que tem dois e os que não têm nenhum", diz sempre o idealizador, professor e treinador Antônio Ferreira, o FERREIRINHA.
Ele finaliza dizendo: "A nossa sobrevivência está garantida pois dependemos da bondade das pessoas e isso o esporte desperta facilmente"


Uma operação de combate a fraudes em licitações foi deflagrada pelo Ministério Público estadual hoje, dia 28, em três municípios do centro norte da Bahia. Mandados de busca e apreensão foram cumpridos pela “Operação Fallitur Visio” na sede da Prefeitura de Jaguarari e nos municípios de Senhor do Bonfim e Irecê. Computadores, documentos, telefones celulares e um cofre foram apreendidos durante a ação desencadeada pela Promotoria de Justiça de Jaguarari, com apoio da Promotoria de Justiça Regional de Senhor do Bonfim e da Promotoria de Justiça de Irecê, e parceria das Polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal. Segundo as investigações, diversas fraudes foram efetivadas em processos licitatórios e contratações da Prefeitura de Jaguarari, a exemplo de contratos firmados para execução de serviços de locação de veículos, de hospedagem e alimentação de pacientes que fazem tratamento fora do domicílio, e com cooperativa de profissionais de Saúde.

CECOM/MP - Telefones: (71) 3103-0446 / 0449 / 0448 / 0499 / 6502

Fotos: Carlos / Jaguarari Online


O prefeito de Jaguarari, Everton Rocha (PSDB), cassado em 21 de fevereiro por 12 votos a 1 (CPP 001/2017), pela Câmara de vereadores do município, vem se mantendo no cargo por força de uma liminar concedida por um Desembargador do TJ-BA, poderá ser cassado pela segunda vez. O prefeito enfrentará o julgamento pelo crime de fraude em licitação (CPP 001/2018), acusação feita à Câmara e ao Ministério Público por um funcionário do setor de tributos. O prefeito ainda é alvo de outra ação (CPP 002/2018) sob a acusação de entrega fora do prazo legal, da LOA – Lei Orçamentária Anual. A Sessão que poderá cassar o gestor acontecerá nesta quinta-feira, 29 de março às 14h na Câmara Municipal de Jaguarari. Além deste processo, o então chefe do executivo enfrenta outra denúncia na Casa e recentemente teve o pedido de afastamento, desta vez na justiça, solicitado pelo Ministério Público, mas que ainda não foi deliberado pela Juíza local. Para que seja cassado, o prefeito precisa que pelo menos 9 dos 13 vereadores votem favoráveis à denúncia, caso contrário será arquivada, caso Se cassado, assumirá o cargo de prefeito do município, o vice-prefeito Dr. Fabrício Santana D’Agostino.

Embasa estará entroncando adutora no Sistema Águas do Sertão

A Embasa informa que o fornecimento de água será reduzido em Euclides da Cunha nesta quarta-feira (27) durante a execução de entroncamento da adutora do Sistema de Abastecimento e Água Tucano I ao Sistema de Abastecimento Águas do Sertão, cujas obras estão em fase de conclusão. O Águas do SertãoTucano Noroeste é um grande empreendimento da Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia (Cerb), empresa da Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (Sihs), e vai beneficiar com mais água as sedes municipais de Euclides da Cunha e Monte Santo e mais 16 localidades destes municípios.

De acordo com a gerente da Embasa de Euclides da Cunha, Luzia Géssica Fontes, a intervenção da Embasa durará até as 18. de hoje, retomando o abastecimento de água em sua vazão normal em seguida. Imóveis com reservação adequada e suficiente poderão não sentir os efeitos da medida.

Atenciosamente
Assessoria de Comunicação da Embasa

O abastecimento de água foi interrompido nesta segunda-feira (26) no município de Uauá e nas localidades de Pilar, Bom Despacho, Santa Rosa de Lima e Sussuarana, em Jaguarari, após rompimento da adutora de água bruta. Os serviços de manutenção estão sendo executados pela empresa Mineração Caraíba e devem ser concluídos até as 18h. de hoje (26).
Após a conclusão, a Embasa reiniciará os processos de adução, tratamento e distribuição de água, com previsão de retomada do abastecimento às 22h. em Pilar e, na manhã do dia seguinte, em Uauá e nas demais localidades pertencentes a Jaguarari. A regularização total, no entanto, ocorrerá gradativamente.

Atenciosamente


Assessoria de Comunicação da Embasa


Na condição de SINDICATO DE BASE, LEGALMENTE CONSTITUÍDO PRA DEFENDER OS INTERESSES DOS SEUS SÓCIOS, vem o SINDSMU REPUDIAR À MANEIRA COMO FOI ATINGIDO por alguém que deveria ter na base, a palavra RESPEITO.
Primeiro, não postamos nenhuma acusação leviana, ao informar que os REINTEGRADOS estavam sendo tratados como SERVIDORES SEM NENHUMA ESTABILIDADE, isso consta no Mandado de Segurança assinado pelo Senhor advogado.
O que corrobora isso são as palavras digitadas pelo advogado ao afirmar que OS DEMAIS PROFESSORES DEVERIAM TER PREFERÊNCIA ÀS LOTAÇÕES, sobre os REINTEGRADOS, dando a entender, que os mesmos não dispunham de preparo técnico para pleitear vagas, ou seja, tentou sim desqualificar os servidores e agora quer posar de vítima.
Ainda tiveram a insensatez de citar nomes de outros professores.
Isso não É FALTA DE ÉTICA?
Em sua TENTATIVA de justificar o INJUSTIFICÁVEL, o advogado fala tanto e não consegue ser objetivo.
Seu único direcionamento é TENTAR ATINGIR À HONRA DE PESSOAS DE BEM, e isso é de praxe sua, afinal, é um ser humano que em todos os ambientes que faz parte, planta a discórdia, um destruidor de grupos, basta levantar sua passagem nos partidos políticos.
Só terminou com a última gestão porque recebia como cargo de confiança...
A quem o advogado pensa que engana?
Tentou de todas as formas desqualificar o nosso SINDICATO, porém, temos consciência do trabalho sério que fazemos, respaldado por nossos SÓCIOS.
Vossa Senhoria é uma vergonha, sua falta de postura confirma isso. Um profissional com tantos anos de serviço, deveria ser mais educado.
Fala tanto em respeito ao próximo...
Cadê esse respeito?
Por mais que tente dizer o contrário, SUAS PALAVRAS não irão COBRIR o que o senhor mesmo digitou.
Foi um tiro no pé, pra não usar uma expressão chula.
Atingiu sim em cheio os reintegrados.
As DUAS únicas verdades proferidas é quando afirma que participou da fundação do SINDSMU e quando foi às ruas com os reintegrados (que falaremos adiante).
Inclusive, Vossa Senhoria dizia que SE FOSSE NECESSÁRIO, assessoraria o sindicato, até de graça, pra tirar o sono do gestor à época, POR PURA POLITICAGEM SUA, uma de suas especialidades.
Seu passado por nossa entidade não nos traz boas lembranças.
Faltava a compromissos, reuniões e até sua dispensa foi cogitada, mas por GRATIDÃO, permanecemos até que nos indicou um substituto.
Ressalte-se que não foram serviços GRATUITOS, existia um contrato entre as partes.
Nosso SINDICATO nunca esteve a mando de qualquer gestão.
Quem esteve a serviço de gestão é quem em uma, afirmava que o município "não tem condições de honrar o piso" e n'outra, se comporta totalmente diferente, enfrentando os mesmos problemas.
Isso é FALTA DE COERÊNCIA.
Essas pessoas sim, andam abraçadas com gestões, tanto é que as fotos provam isso.
Nunca deixamos de dar atenção a qualquer servidor, porém, há pessoas que querem que falemos o que querem ouvir e nós SEMPRE TRABALHAMOS EM CIMA DA VERDADE, de dados técnicos, não temos o costume de discurso de vendedor, somente pra atrair sócios.
Vossa Senhoria hoje fala tão bem do outro sindicato, e ficamos felizes por ter aparado as arestas, pq não faz muito tempo que trocava farpas nas redes sociais porque teve os serviços DISPENSADOS.
Naquele tempo, o senhor, de fato acompanhou os reintegrados, junto com o SINDSMU e Pe. Carlos e fez  questão de falar, num microfone, que o verdadeiro SINDICATO DE UAUÁ ERA O SINDSMU, e o outro, que HAVIA LHE DISPENSADO, ERA PELEGO.
Isso foi dito praticamente na frente daquela entidade.
Mas como o senhor sempre foi conveniente a si mesmo, hoje tem que falar o contrário, tudo isso associado à sua ira com a atual gestão, das quais não temos nada a ver.
Tenha RESPEITO pelo nosso sindicato.
Não nos meça com sua régua, diante de acusações levianas.
Lhe falta informação ao afirmar que não somos filiados a nenhuma central.
Busque se atualizar.
Nossas ações não precisam ser informadas em qualquer lixo chamado jornal. Informamos aos SÓCIOS, em assembleia ou rede social.
Não precisamos colocar melancia no pescoço...

O processo dos servidores que tiveram seus salários achatados está sim em andamento e como é de seu conhecimento, a justiça negou o pedido, tanto é que entramos com outro tipo de ação, e já que incomoda a tantos, termos uma boa relação de diálogo, NUNCA DE SUBSERVIÊNCIA, com a gestão municipal, estamos discutindo fazer tais correções no PLANO DE CARGOS E SALÁRIOS, já que contratamos um técnico pra produzir uma peça COESA, totalmente diferente daquela que parece ter sido feita por AMADORES, que continha vários erros e que sequer foi posto em pauta.
Através do diálogo, temos conseguido resolver muito problema. Se outros não tem capacidade de dialogar, o problema não é nosso.
Várias foram as vezes que nos reunimos com os servidores pra corrigir aqueles absurdos, que estranhamente somente chegou à Câmara, após o pleito eleitoral, sendo que passamos quase 4 anos cobrando da gestão, mas não manteve interesse.
Vossa Senhoria olhe pra sua sombra, ao chamar de vendidas as pessoas de bem; de repente, ela poderá lhe mostrar algo.
Falta, MAIS UMA VEZ COM A VERDADE, ao dizer que os REINTEGRADOS NÃO TÊM ADVOGADO DO SINDSMU, no processo que tramita no STJ.
Vá lá no site do STJ e releia, e se tiver hombridade, RETRATE-SE.
O SINDSMU FOI A ÚNICA ENTIDADE SINDICAL que abraçou os REINTEGRADOS e eles SABEM DISSO.
Por fim, pode continuar a investigar a vida da atual diretoria, porque não temos o que temer, afinal, NUNCA VIVEMOS DE APADRINHAMENTO, ou de acordos escusos ou ainda, algo similar.
Se quer ver nossas ações, dê uma olhada no nosso facebook, lá há registros de atuações até com aqueles que hoje são nossos inimigos declarados, aqueles mesmos que o senhor chamou-os de PELEGO e hoje, por CONVENIÊNCIA, venera.
É lamentável que um advogado, com mais de 40 anos de serviço se refira à queima do fórum, como algo positivo, conforme declarou na Rádio Luz do Sertão, algo que quase tira a vida de várias pessoas, mas vindo do Senhor, não é novidade.
O Senhor já parou  pra pensar pq SOMENTE AGORA foi contratado?
Aqui encerramos nossa participação, que tem apenas a finalidade de levar a nossos SÓCIOS, A VERDADE, doa a quem doer.
Ao contrário de outros, nosso sindicato não é um palanque partidário, orquestrado por quem deveria servir de exemplo e colocar os interesses profissionais acima de qualquer outra coisa, e que sequer disfarçam.
Sindicato SÉRIO É NEUTRO.

SINDSMU: RESPEITO PELO SERVIDOR.


Dando início à celebração da Semana Santa, o Domingo de Ramos (25/03) reuniu vários fiéis, em Jaguarari. Com ramos nas mãos, os religiosos saíram em procissão pelo centro da cidade e depois acompanharam a Missa na Paróquia São João Batista.

Domingo de Ramos é uma festa móvel cristã celebrada no domingo antes da Páscoa. A festa comemora a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém, um evento da vida de Jesus mencionado nos quatro evangelhos canônicos (Marcos 11:1, Mateus 21:1-11, Lucas 19:28-44 e João 12:12-19). 


Portal Jaguarari


O Sindicato dos Servidores Municipais de Uauá (Sidsmu) emitiu uma nota repudiando veemente a forma como a Aplb-Uauá, sindicato dos professores do município, se refere aos servidores reintegrados em um mandado de segurança. Segundo o Sindsmu, os termos usados para citar os profissionais, infelizmente, tem o único objetivo de ofender, desqualificar e humilhar os servidores.
Outro ponto que chama atenção é que os profissionais citados são professores, profissionais que a própria Aplb representa. Essa questão também é mencionada na nota do Sindsmu.
Confira a nota na íntegra:
Nota de repúdio do SINDSMU frente à forma que os REINTEGRADOS são citados em Mandado de Segurança impetrado pelo sindicato (que se diz) representante dos professores.
Desde quando houve todo o movimento para REINTEGRAR OS SERVIDORES demitidos em 1998, que passaram por maus bocados, o ÚNICO SINDICATO que estendeu a mão àqueles servidores foi o SINDSMU.
Enquanto ALGUNS diziam que os REINTEGRADOS ERAM O PROBLEMA DA EDUCAÇÃO, o SINDSMU lhes forneceu apoio, foi PARA AS RUAS com os mesmos para garantir a REINTEGRAÇÃO.
Nesse período, muitos “representantes” cruzaram os braços…
Hoje, os REINTEGRADOS são citados em um MANDADO DE SEGURANÇA como servidores SEM ESTABILIDADE, dizendo que eles são os causadores por determinadas lotações de outros professores.
Onde estão o CONHECIMENTO, O RESPEITO, O EQUILÍBRIO, A SENSATEZ e a ÉTICA de quem afirmou isso?
A Constituição Federal, CARTA MAGNA DO NOSSO PAÍS DIZ QUE A ESTABILIDADE FUNCIONAL é adquirida ao completar 3 anos de efetivo exercício.
Os REFERIDOS SERVIDORES FORAM REINTEGRADOS em 10/06/2011, e após isso tiveram direitos NEGADOS, tanto é que somente em 2016 puderam mudar de nível.
Que entidade é essa que ATINGE MORALMENTE os SERVIDORES REINTEGRADOS?
O MANDADO diz ainda que os demais professores DEVERIAM TER PREFERÊNCIA sobre aqueles que são considerados “SEM ESTABILIDADE” (OS REINTEGRADOS), já que consta no mandado a expressão “REINTEGRAÇÃO PROVISÓRIA, expressão essa que sequer é utilizada mais nem mesmo pelo município.
Ao longo do tempo, o SINDSMU vem dando todo tipo de APOIO AOS SERVIDORES, e a quem interessar possa, os mesmos NUNCA TIVERAM NENHUMA DECISÃO JUDICIAL DESFAVORÁVEL, após a reintegração.
Sindicato que tem respeito pelos servidores age totalmente contrário a quem APENAS QUER A CONTRIBUIÇÃO MENSAL.
Lamentamos, que existam pessoas que andem tanto na CONTRAMÃO DOS REINTEGRADOS.
Tudo isso tem o ÚNICO OBJETIVO DE OFENDER, DESQUALIFICAR E HUMILHAR OS REINTEGRADOS, como se esses fossem o problema da educação municipal, ou como se não tivessem capacitação técnica para pleitear vagas.

SINDSMU: RESPEITO PELO SERVIDOR


A iluminação pública de Jaguarari, tanto na sede quanto na zona rural ultrapassa um período incomum, mesmo o município tendo recebido mais de 18 milhões de reais até aqui. Várias denúncias já foram postadas aqui no Jaguarari Online, enviadas por moradores de diversas regiões do município, mas desta vez nossa equipe flagrou na noite desta quinta-feira (22) na Rua que reside o vereador Zé Galego um situação de total abandono com a segurança dos moradores daquela rua e outros tantos que passam por ali, pois é um ponto de ligação entre as Ruas Cajazeiras e Alto de São João. Diante do caso “raro”, perguntamos: SERIA RETALIAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL AO VEREADOR, POR ESTE SER OPOSIÇÃO? E A POPULAÇÃO, PRECISA SER PENALIZADA POR DIVERGÊNCIAS POLÍTICAS?

SNOOKER, um dos esportes que mais tem crescido aos longos dos anos no Brasil, que inclusive teve um brasileiro como campeão mundial recentemente, que estará entre as modalidades olímpicas em 2020 em Tóquio, é também muito praticado em Jaguarari e região e neste final de semana, 24 e 25 (sábado e domingo) acontecerá o SEGUNDO TORNEIO DE SNOOKER ENTRE AMIGOS, EM JAGUARARI. Atletas de várias regiões do Vale do São Francisco já confirmaram suas presenças, a exemplo de Juazeiro, Petrolina, Antônio Gonçalves e Jaguarari.
O Torneio está previsto para iniciar às 15h deste sábado e no domingo às 9h, na Rua José Gonçalves, em frente ao estádio aqui em Jaguarari e terá transmissão ao vivo pela página facebook.com/jaguararionline
Contato e informações: (74) 99934-5016
PATROCÍNIO:
Policlínica de Jaguarari
Casa da Ração
Tempero da Terra
Tintas Yallen
Vereador Franco Melo
Vereador Val
Tinho do Catuni
Cardoso
Salão Presença


Apoio: JAGUARARI ONLINE

Como parte das atividades em torno do Dia Mundial da Água, a Embasa estará promovendo em Senhor do Bonfim, na manhã deste sábado (24), diversos serviços à população em um estande montado no Calçadão da Praça Dr. José Gonçalves. Na oportunidade, a população poderá solicitar ligação e religação de água, negociação de débitos, impressão de segunda via de faturas, cadastro de tarifa social da Embasa, além de conferir dicas de como economizar água, conhecer os processos de captação, tratamento e distribuição da água no município e desfrutar de um sorteio de brindes e de uma exposição fotográfica que ilustra grandes investimentos realizados pela Embasa e o Governo do Estado na região.

A Embasa tem promovido, desde a semana passada, diversas atividades educativas e prestado serviços comerciais em todas as regiões da Bahia em celebração ao Dia Mundial da Água, cujo tema de campanha deste ano é “Cuide da água: proteja a vida!”. Ontem (22), o Núcleo Socioambiental da empresa esteve em Jacobina, e, na próxima terça-feira (27), estará em Euclides da Cunha.

Atenciosamente
Assessoria de Comunicação da Embasa

A Embasa informa que o fornecimento de água na sede de Jaguarari e nos povoados de Aroeira e Catuabo foi afetado desde ontem (22) devido ao rompimento da adutora que atende o município. Técnicos já iniciaram os trabalhos de reparo e manutenção na tubulação danificada e devem concluir os serviços na tarde de hoje (23). Após a conclusão, o abastecimento de água será reiniciado, atendendo todos os moradores de forma gradativa.

Atenciosamente

Assessoria de Comunicação da Embasa
(74) 3541 - 8400


O jaguarariense que atua no futebol português, João Vitor “garrote”, entrou em campo no último dia 18 e ajudou a sua equipe, o time FC MARINHAS, de Portugal a vencer mais uma partida. Desta vez o Futebol Clube Marinhas, da cidade de Braga em Portugal, derrotou o Porto Ave pela 26ª rodada e soma agora 21 pontos em 26 jogos. O próximo desafio do time do João Vitor será fora de casa no próximo domingo, às 16h (hora local) contra a equipe do São Paio dArcos, que ocupa a 8ª posição com 43 pontos.


A Polícia Rodoviária Federal, após várias denúncias feitas por alunos que utilizam o transporte escolar que parte de Santa Rosa x Pilar x Jaguarari, à noite, fez uma blitz nos ônibus “caminhos da escola”, os “amarelinhos” e detectou uma série de irregularidades. A secretária de educação, cultura, esporte e lazer, Sra. Edineia Ferreira e o chefe dos transportes, Ronaldo, acompanharam as vistorias e ouviram as observações feitas pela PRF e também as cobranças dos estudantes.
O subcomandante Montenegro relatou que devido os estudantes terem saído dos ônibus não foi possível detectar superlotação nos ônibus, mas apontou falhas, como problemas nos tacógrafos, pneus (em um dos ônibus), cinto de segurança e saída de segurança quebrados, poltronas com pontas de ferros expostos, vidro de uma das janelas ausente, dentre outros. O policial destacou que irá emitir um relatório oficial com todos os problemas que a SEMEC/PMJ precisará corrigir, assim como o prazo a ser cumprido. Por conta da queda de energia, os equipamentos tiveram dificuldades de conexão com a internet e inviabilizaram a consulta de possíveis atrasos de pagamentos de IPVA, LICENCIAMENTO e DPVAT, mas todas as placas foram anotadas e se houver algum atraso, multas poderão ser aplicadas.
Os policiais ouviram todas as queixas dos estudantes, que pontuaram os constantes problemas enfrentados, os PRF’s parabenizaram os estudantes pelas cobrança e preocupação com a segurança, mas também recomendaram o uso adequado dos cintos de segurança que funcionam.
A secretária de educação justificou que a culpa dos ônibus estarem lotados seria da direção do CETEP que informou uma quantidade de alunos inferior a real situação. A vice-diretora Regina Célia, do CETEP, esteve no local e disse que desconhece tal solicitação, mas que tomará as providências para que seja enviada a relação com a quantidade real de estudantes que utilizam tais veículos.
Questionada acerca da precariedade dos transportes, Edineia culpou o atraso da aprovação da LOA 2018 e reafirmou que a colocação de outro ônibus para reduzir a superlotação será providenciada assim que a lista de alunos seja enviada pelo CETEP. Convidada por nossa reportagem à adentrar em um dos ônibus para ver a realidade que os estudantes enfrentam, Edineia preferiu não aceitar o convite.
Todo o movimento aconteceu às margens da BR 407 bem em frente a residência do prefeito Everton Rocha, que não estava em casa.


Moradores de Catuni da Estrada e também barraqueiros daquela comunidade entraram em contato com a redação do Jaguarari para repudiar a ausência da realização dos festejos e pior, a falta de informação por parte do setor se eventos. De acordo com os responsáveis pela reclamação, a Prefeitura de Jaguarari não realizou os festejos em 2017 e em 2018 não deu nenhuma definição se irá ou não realizá-los. Também mostraram indignação com o Coordenador de eventos, Gleyson Carvalho, que não dá nenhuma resposta, raramente atende as ligações dos moradores e barraqueiros e quando atende, segundo eles, é com desculpas e muitas vezes arrogante. Os 14 barraqueiros estão apreensivos e muito preocupados, pois compraram bebidas e comidas para comercializar nos dias de festejos, mas se quer a PMJ chegou a sinalizar a possível alteração de data, o que os expõem ao risco de prejuízos. Os barraqueiros disseram que eventuais prejuízos serão levados à Justiça e pedirão a aplicação de punição aso responsáveis. 
Nossa equipe conversou com o Gleyson Carvalho agora há pouco, segundo o que foi informado à nossa redação, os eventos não serão realizados no próximo final. Gleyson disse que há a possibilidade de que sejam realizados nos dias 31 de março e 1º de abril, que inclusive já está com as atrações confirmadas, esperando apenas o parecer do setor jurídico da PMJ. Quanto as reclamações dos moradores e barraqueiros, Gleyson disse que não autorizou que os barraqueiros adquirissem mercadorias, pois em uma reunião com eles, deixou claro que não havia data definida e que, portanto, quem fez despesas para os festejos, o fez por sua conta e risco. GC ainda frisou que, apesar de demorado, o evento surpreenderá a comunidade com a qualidade dos artistas que se apresentarão.


Chegou ao WhatsApp (74998111272) do Jaguarari Online na noite desta terça-feira (20) a reclamação vinda da Comunidade de Jacunã, informando que a Escola Municipal José Antônio dos Santos está com o estoque de gás de cozinha ZERADO. De acordo com as informações, a merenda escolar desta quarta-feira (21) poderá ficar comprometida, se a secretaria de educação não fizer o reabastecimento do estoque de gás à unidade escolar. Ainda conforme foi passado ao JO que a merenda desta terça-feira (20) não teve cardápio mais completo porque já não havia mais nenhum botijão com gás.
Vamos continuar aguardando a solução deste problema e deixamos o espaço disponível para que a secretaria de educação possa esclarecer a solução esperada.


Um flagrante do descaso com a conservação dos ônibus “Caminhos da Escola”, utilizados no transporte escolar em Jaguarari: um dos ônibus utilizados para trazer e levar estudantes do município de Jaguarari foi fotografado pelas lentes do Jaguarari Online na tarde desta terça-feira (20) ao lado da estação ferroviária aqui em Jaguarari. Os faróis do lado direito do veículo estão sendo sustentados com o auxílio de Adesivo Epóxi em Massa – DUREPOXI e um dos referidos faróis possui apenas a lanterna. O péssimo estado de conservação, externa, do automóvel é visivelmente precário, como pode ser visto nas fotos abaixo:

MARI themes

Tecnologia do Blogger.