POPULAÇÃO DE SANTA ROSA, GAMELEIRA E JACUNÃ DENUNCIAM DESCASO COM A SAÚDE: DESDE DEZEMBRO NÃO HÁ MÉDICOS NOS PSF’S

A fama de má pagadora e os constantes atrasos de pagamentos aos profissionais da saúde se espalhou em toda a região fez com que a prefeitura de Jaguarari sinta dificuldades em contratar médicos, mesmo os recém-formados, para atuar nos Postos de Saúde da Família, até mesmo o quadro de profissionais que atuam no Hospital Municipal sofre constantes alterações. 
Cansados do abandono e o descaso em que se encontram, moradores dos Distrito de Santa Rosa de Lima, Gameleira e Jacunã, situados a 45km, 11km e 12km, respectivamente, entraram em contato com a redação do Jaguarari Online para tornar público a situação complicada em que se encontram desde dezembro de 2017.
Enquanto ainda estava em campanha política, bem como após assumir o município, o prefeito Everton Rocha enfatizou a a saúde como prioridade número 1, no entanto não é bem isso que a população tem tido como “serviço de excelência”.
Hoje, após a aprovação da LOA 2018, onde foi disponibilizado 90 milhões para aplicação, investimentos e manutenção dos serviços à população, nada de diferente fora notado, exceto o abandono e mais uma viagem do prefeito para fora do município, o que frustra ainda mais o povo que votou e elegeu um prefeito para ser presente em Jaguarari e não para viver fazendo “turismo”, algo que tem sido rotineiro, ou seja, raramente encontramos o prefeito Everton Rocha no município.
Como disse a locutora do jornal da rádio local, no início do mandato, “Com a tecnologia que temos hoje, o Sr. pode administrar o município remotamente”, disse Eugênia, provavelmente adivinhando que o gestor adotaria outras cidades como prioridade, ao invés da cidade que o elegeu para administrar.